serw-MX  [xml]  
 


    
 Categorias DeCS

D05 Substâncias Macromoleculares .
D05.750 Polímeros .
D05.750.078 Biopolímeros .
D05.750.078.730 Proteínas dos Microfilamentos .
D05.750.078.730.637 Profilinas .
D08 Enzimas e Coenzimas .
D08.811 Enzimas .
D08.811.913 Transferases .
D08.811.913.400 Glicosiltransferases .
D08.811.913.400.725 Pentosiltransferases .
D08.811.913.400.725.115 ADP Ribose Transferases .
D08.811.913.400.725.115.690 Poli(ADP-Ribose) Polimerases .
D08.811.913.400.725.115.690.420 Poli(ADP-Ribose) Polimerase-1 .
D09 Carboidratos .
D09.400 Glicoconjugados .
D09.400.430 Glicoproteínas .
D09.400.430.875 Fibrilinas .
D09.400.430.875.500 Fibrilina-1 .
D12 Aminoácidos, Peptídeos e Proteínas .
D12.644 Peptídeos .
D12.644.360 Peptídeos e Proteínas de Sinalização Intracelular .
D12.644.360.325 Reguladores de Proteínas de Ligação ao GTP .
D12.644.360.325.150 Proteínas Ativadoras de GTPase .
D12.644.360.325.150.500 Proteínas Ativadoras de ras GTPase .
D12.644.360.325.150.500.460 Neurofibromina 1 .
D12.776 Proteínas .
D12.776.157 Proteínas de Transporte .
D12.776.157.464 Proteínas Associadas a Gotículas Lipídicas .
D12.776.157.464.500 Perilipinas .
D12.776.157.464.500.500 Perilipina-1 .
D12.776.210 Proteínas Contráteis .
D12.776.210.500 Proteínas Musculares .
D12.776.210.500.775 Profilinas .
D12.776.220 Proteínas do Citoesqueleto .
D12.776.220.525 Proteínas dos Microfilamentos .
D12.776.220.525.637 Profilinas .
D12.776.395 Glicoproteínas .
D12.776.395.341 Fibrilinas .
D12.776.395.341.500 Fibrilina-1 .
D12.776.395.550 Glicoproteínas de Membrana .
D12.776.395.550.007 Antígeno AC133 .
D12.776.476 Peptídeos e Proteínas de Sinalização Intracelular .
D12.776.476.325 Reguladores de Proteínas de Ligação ao GTP .
D12.776.476.325.150 Proteínas Ativadoras de GTPase .
D12.776.476.325.150.500 Proteínas Ativadoras de ras GTPase .
D12.776.476.325.150.500.460 Neurofibromina 1 .
D12.776.543 Proteínas de Membrana .
D12.776.543.550 Glicoproteínas de Membrana .
D12.776.543.550.023 Antígeno AC133 .
D12.776.624 Proteínas de Neoplasias .
D12.776.624.776 Proteínas Supressoras de Tumor .
D12.776.624.776.610 Neurofibromina 1 .
D12.776.860 Escleroproteínas .
D12.776.860.300 Proteínas da Matriz Extracelular .
D12.776.860.300.400 Fibrilinas .
D12.776.860.300.400.500 Fibrilina-1 .
G04 Fenômenos Fisiológicos Celulares .
G04.144 Ciclo Celular .
G04.144.220 Divisão Celular .
G04.144.220.220 Divisão do Núcleo Celular .
G04.144.220.220.687 Meiose .
G04.144.220.220.687.444 Prófase Meiótica I .
G05 Fenômenos Genéticos .
G05.113 Divisão Celular .
G05.113.220 Divisão do Núcleo Celular .
G05.113.220.687 Meiose .
G05.113.220.687.500 Prófase Meiótica I .
 
 Termos
 Sinônimos e Históricos
Documentos
LILACS e MDL
 
Fibrilina-1 .
Profibrilina 1 .
Profibrilina-1 .
Uma fibrilina (FBN1) que atua como suporte estrutural proteico para as MICROFIBRILAS. Também regula a maturação de OSTEOBLASTOS por meio do controle da disponibilidade e concentração dos níveis de TGF-BETA e das PROTEÍNAS MORFOGENÉTICAS ÓSSEAS. Mutações no gene FBN1 estão associadas com SÍNDROME DE MARFAN. .
1.00
1925
 
Prófase Meiótica I .
Diacinese .
Diplóteno .
Estágio Diacinese .
Estágio Diplóteno .
Estágio Leptóteno .
Estágio Zigóteno .
Leptóteno .
Zigóteno .
Prófase 1 .
Prófase I .
Prófase Meiótica 1 .
Estágio Zigóteno .
Estágio de Leptóteno .
Estágio de Zigoteno .
Prófase da primeira divisão da MEIOSE (na qual ocorre a SEGREGAÇÃO DE CROMOSSOMOS homólogos). É dividida em cinco estágios: leptóteno, zigóteno, paquíteno, diplóteno e diacinese. .
0.63
2332
 
Antígeno AC133 .
Antígeno AC133-1 .
Antígeno AC133-2 .
Antígeno AC141 .
Antígeno CD133 .
Fudenina .
Prominina .
Prominina-1 .
PROML1 .
PROML1 Semelhante a Prominina .
Membro da família prominina, o antígeno AC133 é um antígeno transmembrana que atravessa a membrana 5 vezes que ocorre em várias isoformas produzidas por processamento alternativo a formas maduras. Em humanos, é expresso como um subconjunto de células embrionárias hematopoéticas e em leucemias positivas para CD34. Funcionalmente tem papéis na diferenciação, proliferação e apoptose de células. Especificamente, regula a organização da membrana plasmática apical nas células epiteliais, morfogênese de disco durante o desenvolvimento inicial da retina, nas vias de sinalização de MAPK e Akt e no metabolismo de colesterol. .
0.58
02627
 
Profilinas .
Família de proteínas de baixo peso molecular que se liga a ACTINA e controla sua polimerização. São encontradas em eucariontes e são amplamente expressas. .
0.53
01241
 
Perilipina-1 .
Perilipina .
Perilipina A .
Perilipina B .
Proteína PERI .
Proteína Perilipina .
Proteína Perilipina A .
Proteína Perilipina B .
Proteína Plin .
Proteína de gotículas lipídicas expressa principalmente por ADIPÓCITOS de TECIDO ADIPOSO BRANCO e do TECIDO ADIPOSO MARROM. Colocaliza-se com MACRÓFAGOS e CÉLULAS ESPUMOSAS de lesões ateroscleróticas e estabiliza as GOTÍCULAS LIPÍDICAS por meio da inibição da atividade da ESTEROL ESTERASE. Também pode proteger os TRIGLICERÍDEOS da hidrólise dentro da MEMBRANA PLASMÁTICA e modulam, assim, a atividade da colesterol ester hidrolase (ver ESTEROL ESTERASE). .
0.52
0454
 
Poli(ADP-Ribose) Polimerase-1 .
NAD+ ADP-Ribosiltransferase-1 .
Poli(ADP-Ribose) Sintase-1 .
Poli (ADP-Ribose) Polimerase-1 .
Poli (ADP-Ribose) Sintase-1 .
Poli ADP-Ribose Polimerase-1 .
Poli ADP-Ribose Sintase-1 .
Proteína PARP-1 .
Proteína PARP1 .
Polimerase poli(ADP-ribose) que coném dois DEDOS DE ZINCO naporção N-terminal da região de ligação ao DNA. Ela modifica as PROTEÍNAS NUCLEARES envolvidas na arquitetura da cromatina e no REPARO DE DNA com a POLI ADENOSINA DIFOSFATO RIBOSE. .
0.52
22210
 
Fibrilinas .
Fibrilina .
Família de glicoproteínas de matriz extracelular que é estruturalmente semelhante a PROTEÍNAS DE LIGAÇÃO A TGF-BETA LATENTE, mas contém domínios de ligação a TGF-beta adicionais, além de domínios únicos nas suas regiões N- e C-terminais. As fibrilinas se arranjam em MICROFIBRILAS de 10-12 nm que atuam em uma variedade de interações celulares com a MATRIZ EXTRACELULAR e processos de desenvolvimento como a manutenção e arranjamento do TECIDO ELÁSTICO e o direcionamento de fatores de crescimento para a matriz extracelular. .
0.51
01410
 
Neurofibromina 1 .
Proteína Associada a Neurofibromatose Tipo 1 .
Proteína Associada a Neurofibromatose 1 .
Proteína encontrada em abundância principalmente no sistema nervoso. Defeitos ou deficiências nesta proteínas estão associadas com NEUROFIBROMATOSE 1, síndrome de Watson e síndrome de LEOPARD. As mutações no GENE DA NEUROFIBROMATOSE 1 afetam duas funções conhecidas: a regulação do ras-GTPase e a supressão de tumor. .
0.50
41091