serw-MX  [xml]  
 


    
 Categorias DeCS

D12 Aminoácidos, Peptídeos e Proteínas .
D12.776 Proteínas .
D12.776.097 Proteínas de Bactérias .
D12.776.097.521 Repressores Lac .
D12.776.260 Proteínas de Ligação a DNA .
D12.776.260.703 Proteínas Repressoras .
D12.776.260.703.600 Repressores Lac .
D12.776.631 Proteínas do Tecido Nervoso .
D12.776.631.750 Sinapsinas .
D12.776.744 Fosfoproteínas .
D12.776.744.840 Sinapsinas .
D12.776.831 Proteínas de Répteis .
D12.776.930 Fatores de Transcrição .
D12.776.930.780 Proteínas Repressoras .
D12.776.930.780.625 Proteínas Correpressoras .
D12.776.930.780.781 Repressores Lac .
F01 Comportamento e Mecanismos Comportamentais .
F01.393 Mecanismos de Defesa .
F01.393.821 Repressão Psicológica .
G04 Fenômenos Fisiológicos Celulares .
G04.144 Ciclo Celular .
G04.144.220 Divisão Celular .
G04.144.220.220 Divisão do Núcleo Celular .
G04.144.220.220.687 Meiose .
G04.144.220.220.687.444 Prófase Meiótica I .
G05 Fenômenos Genéticos .
G05.113 Divisão Celular .
G05.113.220 Divisão do Núcleo Celular .
G05.113.220.687 Meiose .
G05.113.220.687.500 Prófase Meiótica I .
SP4 Saúde Ambiental .
SP4.021 Abastecimento de Água .
SP4.021.197 Captação de Água .
SP4.021.197.123 Construções Hidráulicas .
SP4.021.197.123.579 Represas .
SP8 Desastres .
SP8.946 Administração de Desastres .
SP8.946.819 Prevenção e Mitigação .
SP8.946.819.865 Obras Civis .
SP8.946.819.865.810 Edifícios .
SP8.946.819.865.810.809 Construções Hidráulicas .
SP8.946.819.865.810.809.838 Represas .
 
 Termos
 Sinônimos e Históricos
Documentos
LILACS e MDL
 
Proteínas Repressoras .
Moléculas Repressoras .
Fatores Silenciadores da Transcrição .
Fatores de Silenciamento da Transcrição .
Fatores de Silenciamento Transcricional .
Proteínas que mantêm a dormência transcricional de GENES ou ÓPERONS específicos. As proteínas repressoras clássicas são as proteínas ligantes de DNA que estão normalmente ligadas à REGIÃO OPERADORA de um óperon, ou os ELEMENTOS FACILITADORES de um gene até que ocorra algum sinal que ocasione seu desprendimento. .
0.71
 
Sinapsinas .
Sinapsina I .
Sinapsina II .
Sinapsina III .
Proteína I .
Proteína III .
Família de proteínas associadas às vesículas sinápticas envolvidas na regulação de curto prazo da liberação de NEUROTRANSMISSORES. A sinapsina I, o membro predominante desta família, liga as VESÍCULAS SINÁPTICAS a FILAMENTOS DE ACTINA no terminal nervoso pré-sináptico. Essas interações são moduladas pela FOSFORILAÇÃO reversível da sinapsina I através de várias vias de transdução de sinal. A proteína também é um substrato para PROTEÍNAS QUINASES DEPENDENTES DE C-AMP e para PROTEÍNAS QUINASES DEPENDENTES DE CÁLCIO-CALMODULINA. Acredita-se que essas propriedades funcionais também sejam compartilhadas pela sinapsina II. .
0.58
 
Proteínas Correpressoras .
Subclasse de proteínas repressoras que não se ligam diretamente a DNA. Ao contrário, os correpressores geralmente agem por meio de sua interação com PROTEÍNAS LIGANTES DE DNA, tais como FATORES DE SILENCIAMENTO TRANSCRICIONAL ou RECEPTORES NUCLEARES. .
0.54
 
Repressão Psicológica .
Memória Tardia .
Síndrome de Falsa Memória .
Memória Reprimida .
Repressão .
Processo mental de manter fora e expulsar, banindo da consciência as ideias e impulsos que são inaceitáveis a ela. .
0.48
 
Repressores Lac .
Proteínas bacterianas repressoras que se ligam ao OPERON LAC e, assim, impedem a síntese de proteínas envolvidas no catabolismo da LACTOSE. Quando os níveis de lactose estão altos, os repressores passam por uma alteração alostérica que causa sua liberação do DNA e a retomada da transcrição do operon lac. .
0.44
 
Prófase Meiótica I .
Diacinese .
Diplóteno .
Estágio Diacinese .
Estágio Diplóteno .
Estágio Leptóteno .
Estágio Zigóteno .
Leptóteno .
Zigóteno .
Prófase 1 .
Prófase I .
Prófase Meiótica 1 .
Estágio Zigóteno .
Estágio de Leptóteno .
Estágio de Zigoteno .
Prófase da primeira divisão da MEIOSE (na qual ocorre a SEGREGAÇÃO DE CROMOSSOMOS homólogos). É dividida em cinco estágios: leptóteno, zigóteno, paquíteno, diplóteno e diacinese. .
0.44
 
Proteínas de Répteis .
Proteínas Reptilianas .
Proteínas obtidas de espécies de RÉPTEIS. .
0.44
 
Represas .
Barragem .
Açude .
AÇUDES .
1) Barreira dotada de uma série de comportas ou outros mecanismos de controle, construída transversalmente a um rio, para controlar o nível das águas de montante, regular o escoamento ou derivar suas águas para canais; 2) Estrutura que evita a intrusão de água salgada num rio sujeito à influência de marés; 3) Barreira construída transversalmente a um vale, para represar a água ou criar um reservatório. Pequenas barragens: barreiras construídas nos cursos de rios temporários ou nascentes, visando ao represamento de água e seu aproveitamento na irrigação, consumo animal e humano (Material III - Ministério da Ação Social, Brasília, 1992). Açude: 1) Pequeno reservatório de água, natural ou artificial; 2) Obra de terra para conter as águas de um rio, em um determinado trecho, ou para evitar as inundações decorrentes de ondas de cheia ou de maré (Material VII - Ministério do Planejamento e Orçamento. Glossário de Defesa Civil. Estudos de risco e Medicina de Desastres. Brasília, 1998) .
0.43