serw-MX  [xml]  
 


    
 Categorias DeCS

C23 Condições Patológicas, Sinais e Sintomas .
C23.550 Processos Patológicos .
C23.550.470 Inflamação .
C23.550.470.099 Reação de Fase Aguda .
D08 Enzimas e Coenzimas .
D08.811 Enzimas .
D08.811.913 Transferases .
D08.811.913.555 Transferases de Grupo de Um Carbono .
D08.811.913.555.500 Metiltransferases .
D08.811.913.555.500.800 Metiltransferases de Proteína .
D08.811.913.555.500.800.750 Proteína-Arginina N-Metiltransferases .
D12 Aminoácidos, Peptídeos e Proteínas .
D12.776 Proteínas .
D12.776.124 Proteínas Sanguíneas .
D12.776.124.050 Proteínas da Fase Aguda .
D12.776.124.050.080 alfa-Macroglobulinas .
D12.776.124.790 Soroglobulinas .
D12.776.124.790.106 alfa-Globulinas .
D12.776.124.790.106.100 alfa-Macroglobulinas .
D12.776.124.790.720 Macroglobulinas .
D12.776.124.790.720.100 alfa-Macroglobulinas .
D12.776.377 Globulinas .
D12.776.377.715 Soroglobulinas .
D12.776.377.715.085 alfa-Globulinas .
D12.776.377.715.085.100 alfa-Macroglobulinas .
D12.776.377.715.647 Macroglobulinas .
D12.776.377.715.647.100 alfa-Macroglobulinas .
D12.776.631 Proteínas do Tecido Nervoso .
D12.776.631.750 Sinapsinas .
D12.776.744 Fosfoproteínas .
D12.776.744.840 Sinapsinas .
G03 Metabolismo .
G03.171 Biotransformação .
G03.171.450 Inativação Metabólica .
G03.171.450.500 Desentoxicação Metabólica Fase I .
G03.787 Farmacocinética .
G03.787.225 Biotransformação .
G03.787.225.450 Inativação Metabólica .
G03.787.225.450.500 Desentoxicação Metabólica Fase I .
G04 Fenômenos Fisiológicos Celulares .
G04.144 Ciclo Celular .
G04.144.220 Divisão Celular .
G04.144.220.220 Divisão do Núcleo Celular .
G04.144.220.220.687 Meiose .
G04.144.220.220.687.444 Prófase Meiótica I .
G05 Fenômenos Genéticos .
G05.113 Divisão Celular .
G05.113.220 Divisão do Núcleo Celular .
G05.113.220.687 Meiose .
G05.113.220.687.500 Prófase Meiótica I .
G07 Fenômenos Fisiológicos .
G07.690 Fenômenos Farmacológicos e Toxicológicos .
G07.690.725 Farmacocinética .
G07.690.725.225 Biotransformação .
G07.690.725.225.450 Inativação Metabólica .
G07.690.725.225.450.500 Desentoxicação Metabólica Fase I .
 
 Termos
 Sinônimos e Históricos
Documentos
LILACS e MDL
 
Proteínas da Fase Aguda .
Reagentes da Fase Aguda .
Proteínas que são secretadas no sangue em quantidade aumentada ou diminuída em reposta de hepatócitos ao trauma, inflamação ou doença. Essas proteínas podem servir como inibidores ou mediadores nos processos inflamatórios. Certas proteínas de fase aguda têm sido utilizadas para diagnosticar e acompanhar o curso de doenças ou como marcadores tumorais. .
0.78
 
Reação de Fase Aguda .
Fase Aguda .
Resposta de Fase Aguda .
Reação inflamatória local imediata a um ferimento ou lesão, constituída de febre, aumento dos fatores humorais inflamatórios e aumento na síntese por hepatócitos de várias proteínas ou glicoproteínas encontradas geralmente no plasma. .
0.65
 
Sinapsinas .
Sinapsina I .
Sinapsina II .
Sinapsina III .
Proteína I .
Proteína III .
Família de proteínas associadas às vesículas sinápticas envolvidas na regulação de curto prazo da liberação de NEUROTRANSMISSORES. A sinapsina I, o membro predominante desta família, liga as VESÍCULAS SINÁPTICAS a FILAMENTOS DE ACTINA no terminal nervoso pré-sináptico. Essas interações são moduladas pela FOSFORILAÇÃO reversível da sinapsina I através de várias vias de transdução de sinal. A proteína também é um substrato para PROTEÍNAS QUINASES DEPENDENTES DE C-AMP e para PROTEÍNAS QUINASES DEPENDENTES DE CÁLCIO-CALMODULINA. Acredita-se que essas propriedades funcionais também sejam compartilhadas pela sinapsina II. .
0.53
 
Prófase Meiótica I .
Diacinese .
Diplóteno .
Estágio Diacinese .
Estágio Diplóteno .
Estágio Leptóteno .
Estágio Zigóteno .
Leptóteno .
Zigóteno .
Prófase 1 .
Prófase I .
Prófase Meiótica 1 .
Estágio Zigóteno .
Estágio de Leptóteno .
Estágio de Zigoteno .
Prófase da primeira divisão da MEIOSE (na qual ocorre a SEGREGAÇÃO DE CROMOSSOMOS homólogos). É dividida em cinco estágios: leptóteno, zigóteno, paquíteno, diplóteno e diacinese. .
0.51
 
alfa-Macroglobulinas .
alfa Macroglobulinas .
Macroglobulinas-alfa .
alfamacroglobulinas .
alfa 2-Globulinas da Fase Aguda .
alfa-Macrofetoproteínas .
Macroglobulinas alfa .
alfa 2-Macroglobulinas Lentas .
Macroglobulinas alfa 2 Lentas .
Glicoproteínas com peso molecular de aproximadamente 620.000 a 680.000. A precipitação pela eletroforese encontra-se na região alfa. Incluem as alfa 1- e alfa 2-macroglobulinas. Essas proteínas exibem atividade ligada à tripsina, quimotripsina, trombina e plasmina e funcionam como transportadoras de hormônios. .
0.46
 
Proteína-Arginina N-Metiltransferases .
Proteína Arginina Metiltransferase .
Proteína-Arginina N-Metiltransferase .
Proteína Metilase I .
Proteína Metiltransferase I .
Enzimas que catalisam a metilação de resíduos de arginina das proteínas, originando N-mono- e N,N-dimetilarginina. Esta enzima é encontrada em muitos órgãos, principalmente cérebro e baço. .
0.39
 
Desentoxicação Metabólica Fase I .
Fase I da Desentoxicação Metabólica .
Funcionalização de substâncias exógenas para prepará-las para a conjugação da DESINTOXICAÇÃO FASE II. As enzimas da fase I incluem as enzimas do CITOCROMO P450 e algumas OXIDOREDUCTASES. A indução excessiva da fase I em detrimento da desintoxicação fase II leva a um aumento dos níveis de RADICAIS LIVRES que podem induzir o CÂNCER e outros danos celulares. A indução ou antagonismo da desintoxicação fase I é a base de várias INTERAÇÕES MEDICAMENTOSAS. .
0.38