serw-MX  [xml]  
 


    
 Categorias DeCS

B01 Eucariotos .
B01.650 Plantas .
B01.650.940 Viridiplantae .
B01.650.940.800 Estreptófitas .
B01.650.940.800.575 Embriófitas .
B01.650.940.800.575.912 Traqueófitas .
B01.650.940.800.575.912.250 Magnoliopsida .
B01.650.940.800.575.912.250.456 Gentianales .
B01.650.940.800.575.912.250.456.937 Rubiaceae .
B01.650.940.800.575.912.250.456.937.250 Cinchona .
D03 Compostos Heterocíclicos .
D03.132 Alcaloides .
D03.132.206 Alcaloides de Cinchona .
D03.132.206.719 Quinina .
D03.605 Compostos Heterocíclicos de Anel em Ponte .
D03.605.687 Quinuclidinas .
D03.605.687.762 Quinina .
D03.633 Compostos Heterocíclicos de Anéis Fundidos .
D03.633.100 Compostos Heterocíclicos com 2 Anéis .
D03.633.100.810 Quinolinas .
D03.633.100.810.762 Quinina .
D05 Substâncias Macromoleculares .
D05.500 Complexos Multiproteicos .
D05.500.117 Complexo de Sinalização da Axina .
D05.500.117.750 Caseína Quinase I .
D08 Enzimas e Coenzimas .
D08.811 Enzimas .
D08.811.277 Hidrolases .
D08.811.277.656 Peptídeo Hidrolases .
D08.811.277.656.300 Endopeptidases .
D08.811.277.656.300.760 Serina Endopeptidases .
D08.811.277.656.300.760.442 Calicreínas .
D08.811.277.656.350 Exopeptidases .
D08.811.277.656.350.245 Carboxipeptidases .
D08.811.277.656.350.245.450 Lisina Carboxipeptidase .
D08.811.277.656.350.350 Dipeptidil Peptidases e Tripeptidil Peptidases .
D08.811.277.656.350.350.687 Peptidil Dipeptidase A .
D08.811.277.656.350.555 Metaloexopeptidases .
D08.811.277.656.350.555.750 Lisina Carboxipeptidase .
D08.811.277.656.675 Metaloproteases .
D08.811.277.656.675.555 Metaloexopeptidases .
D08.811.277.656.675.555.750 Lisina Carboxipeptidase .
D08.811.277.656.959 Serina Proteases .
D08.811.277.656.959.350 Serina Endopeptidases .
D08.811.277.656.959.350.442 Calicreínas .
D08.811.913 Transferases .
D08.811.913.696 Fosfotransferases .
D08.811.913.696.620 Fosfotransferases (Aceptor do Grupo Álcool) .
D08.811.913.696.620.682 Proteínas Quinases .
D08.811.913.696.620.682.700 Proteínas Serina-Treonina Quinases .
D08.811.913.696.620.682.700.140 Caseína Quinases .
D08.811.913.696.620.682.700.140.300 Caseína Quinase I .
D08.811.913.696.620.682.700.150 Proteínas Quinases Reguladas por Nucleotídeo Cíclico .
D08.811.913.696.620.682.700.150.125 Proteínas Quinases Dependentes de AMP Cíclico .
D08.811.913.696.620.682.700.150.125.750 Proteína Quinase Tipo I Dependente de AMP Cíclico .
D08.811.913.696.620.682.700.494 Quinase I-kappa B .
D12 Aminoácidos, Peptídeos e Proteínas .
D12.644 Peptídeos .
D12.644.360 Peptídeos e Proteínas de Sinalização Intracelular .
D12.644.360.200 Proteínas Quinases Reguladas por Nucleotídeo Cíclico .
D12.644.360.200.125 Proteínas Quinases Dependentes de AMP Cíclico .
D12.644.360.200.125.750 Proteína Quinase Tipo I Dependente de AMP Cíclico .
D12.644.360.361 Quinase I-kappa B .
D12.776 Proteínas .
D12.776.124 Proteínas Sanguíneas .
D12.776.124.125 Fatores de Coagulação Sanguínea .
D12.776.124.125.597 Calicreínas .
D12.776.476 Peptídeos e Proteínas de Sinalização Intracelular .
D12.776.476.081 Complexo de Sinalização da Axina .
D12.776.476.081.750 Caseína Quinase I .
D12.776.476.150 Caseína Quinases .
D12.776.476.150.299 Caseína Quinase I .
D12.776.476.200 Proteínas Quinases Reguladas por Nucleotídeo Cíclico .
D12.776.476.200.125 Proteínas Quinases Dependentes de AMP Cíclico .
D12.776.476.200.125.750 Proteína Quinase Tipo I Dependente de AMP Cíclico .
D12.776.476.378 Quinase I-kappa B .
D23 Fatores Biológicos .
D23.119 Fatores de Coagulação Sanguínea .
D23.119.597 Calicreínas .
 
 Termos
 Sinônimos e Históricos
Documentos
LILACS e MDL
 
Lisina Carboxipeptidase .
Carboxipeptidase N .
Quininase I .
Metalocarboxipeptidase que remove o aminoácido básico C-terminal dos peptídeos e proteínas, com demonstrada preferência para lisina sob arginina. É uma enzima plasmática dependente de zinco que inativa a bradicinina e as anafilatoxinas. .
1.00
 
Caseína Quinase I .
Caseína quinase que foi originalmente descrita como uma enzima monomérica com peso molecular de 30 a 40 kDa. Foram encontradas várias ISOENZIMAS da caseína quinase I que são codificadas por diferentes genes. Demonstrou-se que várias das isoenzimas da caseína quinase I desempenham papéis característicos na TRANSDUÇÃO DE SINAL intracelular. .
0.75
 
Quinina .
Quinino .
Alcaloide extraído da casca da planta arbórea Cinchona. É usado como uma droga antimalárica, sendo o ingrediente ativo nos extratos da Cinchona usado para este fim desde antes de 1633. A quinina também é antipirética e analgésica e tem sido usada em preparações contra o resfriado comum com aquele propósito. Era de uso corrente como um agente amargo e flavorizante, e ainda é usada para o tratamento da babesiose. A quinina também é útil em alguns transtornos musculares, especialmente cãibras noturnas na perna e miotonia congênita, por causa dos seus efeitos diretos na membrana e nos canais de sódio do músculo. Os mecanismos dos seus efeitos antimaláricos não são bem compreendidos. .
0.69
 
Peptidil Dipeptidase A .
Cininase II .
Enzima Conversora de Angiotensina .
Quininase II .
Antígenos CD143 .
Enzima Conversora da Angiotensina .
Peptidil-dipeptidase que catalisa a liberação de um dipeptídeo C-terminal, -Xaa-*-Xbb-Xcc, em que nem Xaa nem Xbb é prolina. É uma glicoproteína com zinco, dependente de Cl(-), que geralmente está ligada à membrana e é ativa em pH neutro. Pode também ter atividade endopeptidase sobre alguns substratos. (Tradução livre do original: From Enzyme Nomenclature, 1992) .
0.67
 
Fosfotransferases .
Transfosforilases .
ATP Fosfotransferases .
Quinases .
Cinases .
Grupo um tanto grande de enzimas, compreendendo não apenas aquelas que transferem fosfato, mas também difosfato, resíduos de nucleotídeos e outros. Também têm sido subdivididas de acordo com o grupo aceptor. EC 2.7. .
0.62
 
Quinase I-kappa B .
I-kappa B Quinase .
Quinase I-Kapa B .
Proteína-serina-treonina quinase que catalisa a FOSFORILAÇÃO DE PROTEÍNAS I KAPPA B. Esta enzima ativa também a transcrição do fator NF-KAPPA B e é composta por sub-unidades catalíticas alfa e beta, que são proteínas quinases e gama, uma sub-unidade regulatória. .
0.60
 
Cinchona .
Casca Tanífera do Peru .
Quina .
Quina-do-Amazonas .
Gênero de árvores rubiáceas da América do Sul que produzem os tóxicos ALCALOIDES DE CINCHONA (suas cascas), QUININA, QUINIDINA, cinchonina, cinchonidina e outros que são utilizados para tratar MALÁRIA e ARRITMIAS CARDÍACAS. .
0.59
 
Proteína Quinase Tipo I Dependente de AMP Cíclico .
Proteína Quinase A Tipo I .
Subtipo de proteína quinase dependente de AMP cíclico encontrado principalmente no CITOPLASMA. São proteínas tetraméricas que contêm duas subunidades catalíticas e duas subunidades reguladoras específicas do tipo I. .
0.58
 
Calicreínas .
Cininogenase .
Quininogenase .
Calicreína .
PADUTINA .
Enzimas proteolíticas da família das serina endopeptidases encontradas no sangue e urina normais. Especificamente, as calicreínas são vasodilatadores e hipotensores potentes que aumentam a permeabilidade vascular afetando a musculatura lisa. Atuam como agentes de infertilidade nos homens. São reconhecidas três formas, a CALICREÍNA PLASMÁTICA (EC 3.4.21.34), CALICREÍNAS TECIDUAIS (EC 3.4.21.35) e ANTÍGENO PROSTÁTICO ESPECÍFICO (EC 3.4.21.77) .
0.58