serw-MX  [xml]  
 


    
 Categorias DeCS

D12 Aminoácidos, Peptídeos e Proteínas .
D12.776 Proteínas .
D12.776.124 Proteínas Sanguíneas .
D12.776.124.050 Proteínas da Fase Aguda .
D12.776.124.050.250 Fibrinogênio .
D12.776.124.125 Fatores de Coagulação Sanguínea .
D12.776.124.125.500 Fibrinogênio .
D12.776.811 Precursores de Proteínas .
D12.776.811.300 Fibrinogênio .
D23 Fatores Biológicos .
D23.119 Fatores de Coagulação Sanguínea .
D23.119.490 Fibrinogênio .
N02 Instituições de Saúde, Recursos Humanos e Serviços .
N02.278 Instalações de Saúde .
N02.278.216 Administração de Instituições de Saúde .
N02.278.216.500 Administração Hospitalar .
N02.278.216.500.968 Departamentos Hospitalares .
N02.278.216.500.968.603 Serviço de Farmácia Hospitalar .
N02.421 Serviços de Saúde .
N02.421.143 Serviços de Saúde Comunitária .
N02.421.143.221 Serviços Comunitários de Farmácia .
N02.421.668 Assistência Farmacêutica .
N02.421.668.274 Serviços Comunitários de Farmácia .
N02.421.668.556 Serviço de Farmácia Hospitalar .
N03 Economia e Organizações de Saúde .
N03.219 Economia .
N03.219.521 Organização do Financiamento .
N03.219.521.576 Seguro .
N03.219.521.576.343 Seguro Saúde .
N03.219.521.576.343.545 Seguro de Serviços de Enfermagem .
N03.219.521.576.343.575 Seguro de Serviços Farmacêuticos .
N03.219.521.576.343.616 Seguro de Serviços Médicos .
N04 Administração de Serviços de Saúde .
N04.452 Organização e Administração .
N04.452.442 Administração Hospitalar .
N04.452.442.422 Departamentos Hospitalares .
N04.452.442.422.603 Serviço de Farmácia Hospitalar .
SP2 Atenção à Saúde .
SP2.016 Assistência à Saúde .
SP2.016.152 Assistência Farmacêutica .
SP2.031 Serviços de Saúde .
SP2.031.297 Assistência Farmacêutica .
VS3 Vigilância Sanitária de Serviços de Saúde .
VS3.002 Instalações de Saúde .
VS3.002.001 Hospitais .
VS3.002.001.001 Unidades Hospitalares .
VS3.002.001.001.010 Serviços Técnicos Hospitalares .
VS3.002.001.001.010.001 Serviço de Farmácia Hospitalar .
 
 Termos
 Sinônimos e Históricos
Documentos
LILACS e MDL
 
Seguro de Serviços Farmacêuticos .
Planos de Benefício para Medicamentos .
Seguro para Medicamentos .
Seguro para Prescrições .
Seguro que cobre os custos de serviços prestados por um farmacêutico; preparo e distribuição de produtos médicos. .
0.63
 
Seguro de Serviços Médicos .
Seguro que cobre os custos da assistência médica que pode ser ampla ou limitada aos gastos com cirurgia ou pela assistência prestada em um hospital. Frequentemente é chamado de "gastos médicos regulares" ou "gastos com cirurgia". .
0.48
 
Assistência Farmacêutica .
Atenção Farmacêutica .
Cuidados Farmacêuticos .
Serviços de Assistência Farmacêutica .
Serviços Farmacêuticos .
1) Serviços farmacêuticos totais oferecidos por FARMACÊUTICOS qualificados. Além da preparação e distribuição de produtos médicos, podem incluir serviços de consultoria para agências e instituições que não possuírem farmacêutico qualificado. 2) Conjunto de ações voltadas à promoção, proteção e recuperação da saúde, tanto individual como coletivo, tendo o medicamento como insumo essencial e visando o acesso e ao seu uso racional. Este conjunto envolve a pesquisa, o desenvolvimento e a produção de medicamentos e insumos, bem como a sua seleção, programação, aquisição, distribuição, dispensação, garantia da qualidade dos produtos e serviços, acompanhamento e avaliação de sua utilização, na perspectiva da obtenção de resultados concretos e da melhoria da qualidade de vida da população. (fonte: Conselho Nacional de Saúde. Resolução número 338 de 6 de maio de 2004. Aprova a Política Nacional de Assistência Farmacêutica. Disponível em: http://portal.saude.gov.br/portal/arquivos/pdf/resol_cns338.pdf) 3) Atenção Farmacêutica (Pharmaceutical Care): É um modelo de prática farmacêutica, desenvolvida no contexto da Assistência Farmacêutica. Compreende atitudes, valores éticos, comportamentos, habilidades, compromissos e co-responsabilidades na prevenção de doenças, promoção e recuperação da saúde, de forma integrada à equipe de saúde. É a interação direta do farmacêutico com o usuário, visando uma farmacoterapia racional e a obtenção de resultados definidos e mensuráveis, voltados para a melhoria da qualidade de vida. Esta interação também deve envolver as concepções dos seus sujeitos, respeitadas as suas especificidades bio-psico-sociais, sob a ótica da integralidade das ações de saúde. (fonte: Proposta: Consenso Brasileiro de Atenção Farmacêutica. Brasília: Opas, 2002, pp. 16-17. Disponível em: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/PropostaConsensoAtenfar.pdf.) .
0.47
 
Seguro de Serviços de Enfermagem .
Seguro que cobre os custos da assistência prestada por enfermeiras práticas e clínicas, especialmente as enfermeiras práticas e clínicas. .
0.45
 
Serviço de Farmácia Hospitalar .
Serviço de Farmácia Clínica .
Departamento hospitalar responsável pela recepção, armazenamento e distribuição de materiais farmacêuticos. .
0.43
 
Serviços Comunitários de Farmácia .
Serviços farmacêuticos prestados ao público através de farmácias comunitárias. .
0.41
 
Seguro .
Cobertura por contrato no qual uma parte garante a outra contra perdas e contingências específicas. .
0.40
 
Fibrinogênio .
Fator I de Coagulação .
Fator I .
Fator de Coagulação I .
Glicoproteína plasmática coagulada pela trombina, composta por um dímero de três pares de cadeias polipeptídicas não idênticas (alfa, beta e gama) mantidas juntas por pontes dissulfeto. A coagulação do fibrinogênio é uma mudança de sol para gel envolvendo arranjos moleculares complexos; enquanto o fibrinogênio é lisado pela trombina para formar polipeptídeos A e B, a ação proteolítica de outras enzimas libera diferentes produtos de degradação do fibrinogênio. .
0.38