serw-MX  [xml]  
 


    
 Categorias DeCS

D08 Enzimas e Coenzimas .
D08.811 Enzimas .
D08.811.277 Hidrolases .
D08.811.277.656 Peptídeo Hidrolases .
D08.811.277.656.300 Endopeptidases .
D08.811.277.656.300.760 Serina Endopeptidases .
D08.811.277.656.300.760.420 Serina Peptidase 1 de Requerimento de Alta Temperatura A .
D08.811.277.656.300.760.431 Serina Peptidase 2 de Requerimento de Alta Temperatura A .
D08.811.277.656.350 Exopeptidases .
D08.811.277.656.350.350 Dipeptidil Peptidases e Tripeptidil Peptidases .
D08.811.277.656.350.350.687 Peptidil Dipeptidase A .
D08.811.277.656.959 Serina Proteases .
D08.811.277.656.959.350 Serina Endopeptidases .
D08.811.277.656.959.350.420 Serina Peptidase 1 de Requerimento de Alta Temperatura A .
D08.811.277.656.959.350.431 Serina Peptidase 2 de Requerimento de Alta Temperatura A .
D12 Aminoácidos, Peptídeos e Proteínas .
D12.644 Peptídeos .
D12.644.360 Peptídeos e Proteínas de Sinalização Intracelular .
D12.644.360.075 Proteínas Reguladoras de Apoptose .
D12.644.360.075.429 Serina Peptidase 2 de Requerimento de Alta Temperatura A .
D12.644.822 Proteínas Secretadas Inibidoras de Proteinases .
D12.644.822.750 Inibidores de Serinopeptidase do Tipo Kazal .
D12.644.822.750.500 Inibidor da Tripsina Pancreática de Kazal .
D12.776 Proteínas .
D12.776.124 Proteínas Sanguíneas .
D12.776.124.050 Proteínas da Fase Aguda .
D12.776.124.050.850 Inibidor da Tripsina Pancreática de Kazal .
D12.776.476 Peptídeos e Proteínas de Sinalização Intracelular .
D12.776.476.075 Proteínas Reguladoras de Apoptose .
D12.776.476.075.429 Serina Peptidase 2 de Requerimento de Alta Temperatura A .
D12.776.575 Proteínas Mitocondriais .
D12.776.575.656 Serina Peptidase 2 de Requerimento de Alta Temperatura A .
D12.776.637 Proteínas Associadas à Doença de Parkinson .
D12.776.637.625 Serina Peptidase 2 de Requerimento de Alta Temperatura A .
D12.776.645 Proteínas Secretadas Inibidoras de Proteinases .
D12.776.645.688 Inibidores de Serinopeptidase do Tipo Kazal .
D12.776.645.688.500 Inibidor da Tripsina Pancreática de Kazal .
G01 Fenômenos Físicos .
G01.906 Termodinâmica .
G01.906.595 Temperatura Ambiente .
G01.906.595.543 Temperatura Alta .
G16 Fenômenos Biológicos .
G16.500 Fenômenos Ecológicos e Ambientais .
G16.500.275 Meio Ambiente .
G16.500.275.063 Atmosfera .
G16.500.275.063.725 Tempo (Meteorologia) .
G16.500.275.063.725.710 Temperatura Ambiente .
G16.500.275.063.725.710.380 Temperatura Alta .
G16.500.750 Conceitos Meteorológicos .
G16.500.750.775 Tempo (Meteorologia) .
G16.500.750.775.710 Temperatura Ambiente .
G16.500.750.775.710.380 Temperatura Alta .
N06 Meio Ambiente e Saúde Pública .
N06.230 Meio Ambiente .
N06.230.150 Ambiente Controlado .
N06.230.150.450 Temperatura Ambiente .
N06.230.300 Conceitos Meteorológicos .
N06.230.300.100 Atmosfera .
N06.230.300.100.725 Tempo (Meteorologia) .
N06.230.300.100.725.232 Temperatura Alta .
N06.230.300.100.725.710 Temperatura Ambiente .
N06.230.300.100.725.710.380 Temperatura Alta .
SP4 Saúde Ambiental .
SP4.011 Ciência .
SP4.011.087 Contaminação .
SP4.011.087.698 Contaminação Física .
SP4.011.087.698.389 Contaminação Térmica .
SP4.011.087.698.389.060 Temperatura Alta .
SP4.011.112 Física .
SP4.011.112.333 Temperatura Ambiente .
SP4.016 Recursos Hídricos .
SP4.016.152 Características da Água .
SP4.016.152.683 Características Físicas da Água .
SP4.016.152.683.184 Temperatura Ambiente .
SP5 Epidemiologia e Bioestatística .
SP5.001 Epidemiologia .
SP5.001.012 Estudos Epidemiológicos .
SP5.001.012.033 Epidemiologia Descritiva .
SP5.001.012.033.019 Distribuição Temporal .
SP5.001.012.033.019.005 Estudos de Séries Temporais .
SP8 Desastres .
SP8.473 Risco .
SP8.473.654 Ameaças .
SP8.473.654.412 Ameaças Tecnológicas .
SP8.473.654.412.072 Fatores Físicos e Químicos .
SP8.473.654.412.072.146 Temperatura Alta .
SP8.473.654.587 Meteorologia .
SP8.473.654.587.622 Temperatura Ambiente .
 
 Termos
 Sinônimos e Históricos
Documentos
LILACS e MDL
 
Serina Peptidase 1 de Requerimento de Alta Temperatura A .
Serina Protease HTRA1 .
Serina protease secretada que contém uma região semelhante ao domínio Kazal e um domínio PDZ C-terminal. Possui amplo espectro de alvos que incluem PROTEÍNAS DA MATRIZ EXTRACELULAR, PROTEOGLICANOS e PROTEÍNAS DE LIGAÇÃO A FATOR DE CRESCIMENTO SEMELHANTE A INSULINA. Mutações no gene HTRA1 tem sido associafas com DEGENERAÇÃO MACULAR relacionada a idade do tipo 7 e a arteriopatia cerebral autossômica recessiva com infartos subcorticais e leucoencefalopatia (CARASIL). .
1.00
1301
 
Serina Peptidase 2 de Requerimento de Alta Temperatura A .
Serina Peptidasa HtrA 2 .
Protease HtrA2 .
Serina Protease Omi .
Serina peptidase que contém um domínio PDZ C-terminal. Localiza-se na membrana mitocondrial e no espaço intermembranar, translocando-se para o citoplasma depois do estímulo de APOPTOSE, como o de irradiação UV. Promove a morte celular pela ligação a PROTEÍNAS INIBIDORAS DE APOPTOSE, as quais inibe, o que resulta em um aumento da atividade das CASPASES. Mutações no gene HTRA2 estão associadas com a DOENÇA DE PARKINSON do tipo 13. .
0.87
0280
 
Temperatura Alta .
Alta Temperatura .
Calor .
Temperatura Elevada .
Presença de calor ou de uma temperatura notadamente maior do que a normal. .
0.53
493103140
 
Temperatura Ambiente .
Temperatura .
Propriedade de objetos que determina a direção do fluxo de calor quando eles são posicionados em contato térmico direto. A temperatura é a energia dos movimentos microscópicos (translacionais e de vibração) das partículas dos átomos. .
0.42
1250213664
 
Peptídeo Hidrolases .
Enzimas Proteolíticas .
Peptidases .
Proteinases .
Proteases .
Protease .
PEPTÍDIO HIDROLASES .
Hidrolases que especificamente clivam as ligações peptídicas encontradas em PROTEÍNAS e PEPTÍDEOS. Exemplos de subclasses deste grupo são as EXOPEPTIDASES e ENDOPEPTIDASES. .
0.37
21628511
 
Inibidor da Tripsina Pancreática de Kazal .
Inibidor Secretório da Tripsina Pancreática de Kazal .
Inibidor da Tripsina Pancreática Ácida .
Inibidor da Secreção da Tripsina Pancreática de Kazal .
Inibidor da Secreção da Tripsina Pancreática .
Inibidor de Serina Peptidase do Tipo Kazal 1 .
Inibidor de Serino Peptidase do Tipo Kazal 1 .
SPINK1 .
Inibidor de Serina Protease do Tipo Kazal 1 .
Inibidor de Serino Protease do Tipo Kazal 1 .
Inibidor de serina-peptidase que contém um MOTIVO KAZAL secretado que inibe TRIPSINA. É uma proteína composta por 56 resíduos de aminoácidos e é diferente quanto à composição destes últimos e quanto à atividade fisiológica em relação ao INIBIDOR DA TRIPSINA PANCREÁTICA BOVINA DE KUNITZ (APROTININA). Protege contra a ativação prematura de PRECURSORES ENZIMÁTICOS mediada por tripsina no PÂNCREAS. Mutações no gene SPINK1 est]ao associadas com PANCREATITE CRÔNICA. .
0.36
2920
 
Estudos de Séries Temporais .
Séries Temporais .
Série Temporal .
Série de Tempo .
Séries de Tempo .
Pesquisas nas quais as medidas de frequência de evento(s) em um grupo de indivíduos são realizadas em diferentes momentos, de modo a detectar tendências. Séries múltiplas referem-se a vários grupos, incluindo um grupo controle. (Tradução livre do original: Last, 2001) .
0.36
1910
 
Peptidil Dipeptidase A .
Cininase II .
Enzima Conversora de Angiotensina .
Quininase II .
Antígenos CD143 .
Enzima Conversora da Angiotensina .
Peptidil-dipeptidase que catalisa a liberação de um dipeptídeo C-terminal, -Xaa-*-Xbb-Xcc, em que nem Xaa nem Xbb é prolina. É uma glicoproteína com zinco, dependente de Cl(-), que geralmente está ligada à membrana e é ativa em pH neutro. Pode também ter atividade endopeptidase sobre alguns substratos. (Tradução livre do original: From Enzyme Nomenclature, 1992) .
0.36
18111751