serw-MX  [xml]  
 


    
 Categorias DeCS

D05 Substâncias Macromoleculares .
D05.500 Complexos Multiproteicos .
D05.500.099 Apoptossomas .
D08 Enzimas e Coenzimas .
D08.811 Enzimas .
D08.811.277 Hidrolases .
D08.811.277.656 Peptídeo Hidrolases .
D08.811.277.656.300 Endopeptidases .
D08.811.277.656.300.760 Serina Endopeptidases .
D08.811.277.656.300.760.431 Serina Peptidase 2 de Requerimento de Alta Temperatura A .
D08.811.277.656.959 Serina Proteases .
D08.811.277.656.959.350 Serina Endopeptidases .
D08.811.277.656.959.350.431 Serina Peptidase 2 de Requerimento de Alta Temperatura A .
D10 Lipídeos .
D10.532 Lipoproteínas .
D10.532.091 Apolipoproteínas .
D10.532.091.200 Apolipoproteínas A .
D12 Aminoácidos, Peptídeos e Proteínas .
D12.644 Peptídeos .
D12.644.360 Peptídeos e Proteínas de Sinalização Intracelular .
D12.644.360.024 Proteínas Adaptadoras de Transdução de Sinal .
D12.644.360.024.131 Proteínas Adaptadoras de Sinalização CARD .
D12.644.360.024.131.124 Fator Apoptótico 1 Ativador de Proteases .
D12.644.360.075 Proteínas Reguladoras de Apoptose .
D12.644.360.075.358 Proteínas Adaptadoras de Sinalização CARD .
D12.644.360.075.358.124 Fator Apoptótico 1 Ativador de Proteases .
D12.644.360.075.429 Serina Peptidase 2 de Requerimento de Alta Temperatura A .
D12.776 Proteínas .
D12.776.070 Apoproteínas .
D12.776.070.400 Apolipoproteínas .
D12.776.070.400.200 Apolipoproteínas A .
D12.776.157 Proteínas de Transporte .
D12.776.157.057 Proteínas Adaptadoras de Transdução de Sinal .
D12.776.157.057.006 Proteínas Adaptadoras de Sinalização CARD .
D12.776.157.057.006.124 Fator Apoptótico 1 Ativador de Proteases .
D12.776.476 Peptídeos e Proteínas de Sinalização Intracelular .
D12.776.476.024 Proteínas Adaptadoras de Transdução de Sinal .
D12.776.476.024.139 Proteínas Adaptadoras de Sinalização CARD .
D12.776.476.024.139.124 Fator Apoptótico 1 Ativador de Proteases .
D12.776.476.075 Proteínas Reguladoras de Apoptose .
D12.776.476.075.358 Proteínas Adaptadoras de Sinalização CARD .
D12.776.476.075.358.124 Fator Apoptótico 1 Ativador de Proteases .
D12.776.476.075.429 Serina Peptidase 2 de Requerimento de Alta Temperatura A .
D12.776.521 Lipoproteínas .
D12.776.521.120 Apolipoproteínas .
D12.776.521.120.200 Apolipoproteínas A .
D12.776.575 Proteínas Mitocondriais .
D12.776.575.656 Serina Peptidase 2 de Requerimento de Alta Temperatura A .
D12.776.637 Proteínas Associadas à Doença de Parkinson .
D12.776.637.625 Serina Peptidase 2 de Requerimento de Alta Temperatura A .
SP4 Saúde Ambiental .
SP4.026 Esgotos .
SP4.026.287 Lodos (Saúde Ambiental) .
SP4.026.287.598 Lodos Ativados .
SP4.026.287.598.149 Lodos Ativados por Aeração Prolongada .
 
 Termos
 Sinônimos e Históricos
Documentos
LILACS e MDL
 
Serina Peptidase 2 de Requerimento de Alta Temperatura A .
Serina Peptidasa HtrA 2 .
Protease HtrA2 .
Serina Protease Omi .
Serina peptidase que contém um domínio PDZ C-terminal. Localiza-se na membrana mitocondrial e no espaço intermembranar, translocando-se para o citoplasma depois do estímulo de APOPTOSE, como o de irradiação UV. Promove a morte celular pela ligação a PROTEÍNAS INIBIDORAS DE APOPTOSE, as quais inibe, o que resulta em um aumento da atividade das CASPASES. Mutações no gene HTRA2 estão associadas com a DOENÇA DE PARKINSON do tipo 13. .
0.78
0280
 
Lodos Ativados por Aeração Prolongada .
C.A.O. .
Lodos Ativados por Tanques de Oxidação .
0.35
 
Apoptossomas .
Complexos proteicos multiméricos formados no CITOSSOL que desempenham um papel na ativação da APOPTOSE. Podem ocorrer na lesão mitocondrial (MITOCÔNDRIA) devido ao stress celular e na liberação de CITOCROMO C. O citocromo C citosólico associado com o FATOR APOPTÓTICO 1 ATIVADOR DE PROTEASES forma o complexo proteico apoptossomal. Os sinais apoptossômicos da apoptose ocorrem pela ligação e ativação específica de caspases initiadoras, como a CASPASE 9. .
0.34
0128
 
Apolipoproteínas A .
Apo-A .
Proteínas estruturais das alfa-lipoproteínas (LIPOPROTEÍNAS DE ALTA DENSIDADE), incluindo a APOLIPOPROTEÍNA A-I e a APOLIPOPROTEÍNA A-II. Podem modular a atividade da LECITINA COLESTEROL ACILTRANSFERASE. Pacientes portadores de aterosclerose possuem baixos níveis de apolipoproteína A. Estão ausentes ou presentes em concentrações plasmáticas extremamente baixas na DOENÇA DE TANGIER. .
0.33
433772
 
Fator Apoptótico 1 Ativador de Proteases .
Fator 1 Apoptótico Ativador de Proteases .
Fator 1 Apoptótico de Ativação de Proteases .
Fator Apoptótico 1 de Ativação de Proteases .
Fator Apoptótico 1 Ativador de Protease .
Fator 1 Ativador das Proteasas da Apoptose .
Fator 1 Apoptótico Ativador de Protease .
Fator 1 Apoptótico de Ativação de Protease .
Fator Apoptótico 1 de Ativação de Protease .
Proteína CARD adaptora de sinalização caracterizada por um DOMÍNIO CARD N-terminal e por REPETIÇÕES WD40 C-terminais. Desempenha papel na apoptose estimulada por mitocôndria (via intrínseca da APOPTOSE). Liga-se ao CITOCROMO C no CITOSSOL formando um complexo proteico apoptossômico (APOPTOSSOMAS), que ativa as CASPASES INICIADORAS, tal como a CASPASE 9. .
0.32
2832