serw-MX  [xml]  
 


    
 Categorias DeCS

C05 Doenças Musculoesqueléticas .
C05.116 Doenças Ósseas .
C05.116.198 Doenças Ósseas Metabólicas .
C05.116.198.371 Mucolipidoses .
C10 Doenças do Sistema Nervoso .
C10.228 Doenças do Sistema Nervoso Central .
C10.228.140 Encefalopatias .
C10.228.140.163 Encefalopatias Metabólicas .
C10.228.140.163.100 Encefalopatias Metabólicas Congênitas .
C10.228.140.163.100.435 Doenças por Armazenamento dos Lisossomos do Sistema Nervoso .
C10.228.140.163.100.435.590 Mucolipidoses .
C10.292 Doenças dos Nervos Cranianos .
C10.292.650 Doenças do Nervo Olfatório .
C11 Oftalmopatias .
C11.675 Doenças Orbitárias .
C11.675.349 Exoftalmia .
C11.675.349.500 Doença de Graves .
C16 Doenças e Anormalidades Congênitas, Hereditárias e Neonatais .
C16.320 Doenças Genéticas Inatas .
C16.320.565 Erros Inatos do Metabolismo .
C16.320.565.189 Encefalopatias Metabólicas Congênitas .
C16.320.565.189.435 Doenças por Armazenamento dos Lisossomos do Sistema Nervoso .
C16.320.565.189.435.590 Mucolipidoses .
C16.320.565.202 Erros Inatos do Metabolismo dos Carboidratos .
C16.320.565.202.670 Mucolipidoses .
C16.320.565.595 Doenças por Armazenamento dos Lisossomos .
C16.320.565.595.554 Doenças por Armazenamento dos Lisossomos do Sistema Nervoso .
C16.320.565.595.554.590 Mucolipidoses .
C18 Doenças Nutricionais e Metabólicas .
C18.452 Doenças Metabólicas .
C18.452.132 Encefalopatias Metabólicas .
C18.452.132.100 Encefalopatias Metabólicas Congênitas .
C18.452.132.100.435 Doenças por Armazenamento dos Lisossomos do Sistema Nervoso .
C18.452.132.100.435.590 Mucolipidoses .
C18.452.648 Erros Inatos do Metabolismo .
C18.452.648.189 Encefalopatias Metabólicas Congênitas .
C18.452.648.189.435 Doenças por Armazenamento dos Lisossomos do Sistema Nervoso .
C18.452.648.189.435.590 Mucolipidoses .
C18.452.648.202 Erros Inatos do Metabolismo dos Carboidratos .
C18.452.648.202.670 Mucolipidoses .
C18.452.648.595 Doenças por Armazenamento dos Lisossomos .
C18.452.648.595.554 Doenças por Armazenamento dos Lisossomos do Sistema Nervoso .
C18.452.648.595.554.590 Mucolipidoses .
C19 Doenças do Sistema Endócrino .
C19.874 Doenças da Glândula Tireoide .
C19.874.283 Bócio .
C19.874.283.605 Doença de Graves .
C19.874.397 Hipertireoidismo .
C19.874.397.370 Doença de Graves .
C20 Doenças do Sistema Imune .
C20.111 Doenças Autoimunes .
C20.111.555 Doença de Graves .
D10 Lipídeos .
D10.532 Lipoproteínas .
D10.532.091 Apolipoproteínas .
D10.532.091.200 Apolipoproteínas A .
D10.532.091.200.100 Apolipoproteína A-I .
D12 Aminoácidos, Peptídeos e Proteínas .
D12.776 Proteínas .
D12.776.070 Apoproteínas .
D12.776.070.400 Apolipoproteínas .
D12.776.070.400.200 Apolipoproteínas A .
D12.776.070.400.200.100 Apolipoproteína A-I .
D12.776.521 Lipoproteínas .
D12.776.521.120 Apolipoproteínas .
D12.776.521.120.200 Apolipoproteínas A .
D12.776.521.120.200.100 Apolipoproteína A-I .
E05 Técnicas de Pesquisa .
E05.318 Métodos Epidemiológicos .
E05.318.308 Coleta de Dados .
E05.318.308.980 Inquéritos e Questionários .
E05.318.308.980.438 Inquéritos Epidemiológicos .
E05.318.308.980.438.475 Indicadores Básicos de Saúde .
E05.318.308.980.438.475.456 Gravidade do Paciente .
E05.318.308.980.438.475.456.500 Índice de Gravidade de Doença .
E05.318.308.980.438.475.456.500.750 Escala Psicológica Aguda Simplificada .
G01 Fenômenos Físicos .
G01.060 Fenômenos Astronômicos .
G01.060.350 Gravitação .
N05 Qualidade, Acesso e Avaliação da Assistência à Saúde .
N05.715 Qualidade da Assistência à Saúde .
N05.715.360 Mecanismos de Avaliação da Assistência à Saúde .
N05.715.360.300 Coleta de Dados .
N05.715.360.300.800 Inquéritos e Questionários .
N05.715.360.300.800.438 Inquéritos Epidemiológicos .
N05.715.360.300.800.438.375 Indicadores Básicos de Saúde .
N05.715.360.300.800.438.375.364 Gravidade do Paciente .
N05.715.360.300.800.438.375.364.500 Índice de Gravidade de Doença .
N05.715.360.300.800.438.375.364.500.750 Escala Psicológica Aguda Simplificada .
N06 Meio Ambiente e Saúde Pública .
N06.850 Saúde Pública .
N06.850.520 Métodos Epidemiológicos .
N06.850.520.308 Coleta de Dados .
N06.850.520.308.980 Inquéritos e Questionários .
N06.850.520.308.980.438 Inquéritos Epidemiológicos .
N06.850.520.308.980.438.475 Indicadores Básicos de Saúde .
N06.850.520.308.980.438.475.364 Gravidade do Paciente .
N06.850.520.308.980.438.475.364.500 Índice de Gravidade de Doença .
N06.850.520.308.980.438.475.364.500.750 Escala Psicológica Aguda Simplificada .
VS1 Sistema de Vigilância Sanitária .
VS1.001 Política Nacional de Vigilância Sanitária .
VS1.001.003 Administração Sanitária .
VS1.001.003.001 Fiscalização Sanitária .
VS1.001.003.001.001 Inspeção Sanitária .
VS1.001.003.001.001.002 Produção de Produtos .
VS1.001.003.001.001.002.001 Controle de Qualidade .
VS1.001.003.001.001.002.001.005 Medição de Risco .
VS1.001.003.001.001.002.001.005.001 Grau de Risco .
VS1.001.003.001.001.002.001.005.001.001 Grau de Risco I .
 
 Termos
 Sinônimos e Históricos
Documentos
LILACS e MDL
 
Escala Psicológica Aguda Simplificada .
Sistema Prognóstico SAPS .
Escore Fisiológico Agudo Simplificado .
SAPS 2 .
SAPS 3 .
SAPS II .
SAPS III .
Sistema de classificação de gravidade de doença concebido para medir a gravidade da doença em pacientes maiores de 15 anos internados em unidades de terapia intensiva. .
0.78
 
Índice de Gravidade de Doença .
Índice de Severidade da Doença .
Níveis dentro de um grupo de diagnósticos estabelecidos por vários critérios de medição aplicados à gravidade do transtorno de um paciente. .
0.43
 
Mucolipidoses .
Doença da Célula I .
Lipomucopolissacaridose .
Polidistrofia de Pseudo-Hurler .
Síndrome de Mioclonia com Manchas Vermelho-Cereja .
Doença da Deficiência de Gangliosídeo Sialidase .
Mucolipidose .
Sialidose .
Síndrome de Mioclonia com Mancha Vermelho-Cereja .
DOENÇA DA DEFICIÊNCIA DE GANGLIOSÍDIO SIALIDASE .
DOENÇA DA CÉLULA-I .
Grupo de doenças metabólicas hereditárias caracterizadas pelo acúmulo de quantidades excessivas de mucopolissacarídeos ácidos, esfingolípideos e/ou glicolipídeos nas células viscerais e mesenquimais. Quantidades anormais de esfingolipídeos e glicolipídeos estão presentes no tecido neural. DEFICIÊNCIA INTELECTUAL e mudanças esqueléticas, notadamente disostose multiplex, ocorrem frequentemente. .
0.39
 
Gravitação .
Força G .
Estimulação da Gravidade .
Gravidade .
Aceleração produzida pela atração mútua entre duas massas, cuja magnitude é inversamente proporcional ao quadrado da distância [existente] entre os dois centros de massa. É também a força exercida pela Terra, lua ou outro planeta sobre um objeto próximo de sua superfície. .
0.38
 
Grau de Risco I .
Produtos de Risco I .
Risco I .
Corresponde à classificação de produtos que oferecem risco mínimo à saúde. .
0.37
 
Apolipoproteína A-I .
Apo A-I .
Componente proteico mais abundante das LIPOPROTEÍNAS HDL. Esta proteína atua como aceptor do COLESTEROL liberado das células, promovendo o efluxo do colesterol para o HDL e depois para o FÍGADO, para ser excretado (transporte reverso do colesterol). Atua também como cofator da LECITINA COLESTEROL ACILTRANSFERASE, que forma ÉSTERES DE COLESTEROL nas partículas de HDL. As mutações no gene APOA1 causam deficiência de HDL, como na doença familiar de deficiência da alfa lipoproteína e em alguns pacientes com a DOENÇA DE TANGIER. .
0.35
 
Gravidade do Paciente .
Avaliação da doença de um paciente, sua cronicidade, severidade e outros aspectos qualitativos. .
0.35
 
Doenças do Nervo Olfatório .
Doenças do I Nervo Craniano .
Doenças do I Par Craniano .
Doenças do Primeiro Nervo Craniano .
Doenças do primeiro nervo craniano (olfatório), normalmente caracterizadas por anosmia ou outras alterações dos sentidos de odor e sabor. A anosmia pode estar associada com NEOPLASIAS, INFECÇÕES DO SISTEMA NERVOSO CENTRAL, TRAUMA CRANIOCEREBRAL, transtornos hereditárias, toxinas, DOENÇAS METABÓLICAS, abuso por tabaco e outras afecções. .
0.35
 
Doença de Graves .
Doença de Basedow .
Bócio Exoftalmico .
Forma comum de hipertireoidismo associado com BÓCIO hiperplásico difuso. É um transtorno autoimune que produz anticorpos contra RECEPTORES DO HORMÔNIO TIREOESTIMULANTE. Estes autoanticorpos ativam o receptor de TSH, que por sua vez, estimula a GLÂNDULA TIREOIDE e a hipersecreção de HORMÔNIOS TIREÓIDEOS. Estes autoanticorpos também podem afetar os olhos (OFTALMOPATIA DE GRAVES) e a pele (dermopatia de Graves). .
0.35