serw-MX  [xml]  
 


    
 Categorias DeCS

D05 Substâncias Macromoleculares .
D05.500 Complexos Multiproteicos .
D05.500.890 Sistemas de Translocação de Proteínas .
D05.500.890.500 Sistemas de Secreção Bacterianos .
D05.500.890.500.500 Sistemas de Secreção Tipo I .
D08 Enzimas e Coenzimas .
D08.811 Enzimas .
D08.811.277 Hidrolases .
D08.811.277.352 Esterases .
D08.811.277.352.335 Desoxirribonucleases .
D08.811.277.352.335.350 Endodesoxirribonucleases .
D08.811.277.352.335.350.250 Desoxirribonuclease I .
D08.811.913 Transferases .
D08.811.913.696 Fosfotransferases .
D08.811.913.696.445 Nucleotidiltransferases .
D08.811.913.696.445.308 DNA Nucleotidiltransferases .
D08.811.913.696.445.308.300 DNA Polimerase Dirigida por DNA .
D08.811.913.696.445.308.300.225 DNA Polimerase I .
D08.811.913.696.620 Fosfotransferases (Aceptor do Grupo Álcool) .
D08.811.913.696.620.682 Proteínas Quinases .
D08.811.913.696.620.682.725 Proteínas Tirosina Quinases .
D08.811.913.696.620.682.725.400 Receptores Proteína Tirosina Quinases .
D08.811.913.696.620.682.725.400.185 Receptor IGF Tipo 1 .
D12 Aminoácidos, Peptídeos e Proteínas .
D12.644 Peptídeos .
D12.644.276 Peptídeos e Proteínas de Sinalização Intercelular .
D12.644.276.937 Somatomedinas .
D12.644.276.937.400 Fator de Crescimento Insulin-Like I .
D12.776 Proteínas .
D12.776.124 Proteínas Sanguíneas .
D12.776.124.862 Somatomedinas .
D12.776.124.862.400 Fator de Crescimento Insulin-Like I .
D12.776.467 Peptídeos e Proteínas de Sinalização Intercelular .
D12.776.467.937 Somatomedinas .
D12.776.467.937.400 Fator de Crescimento Insulin-Like I .
D12.776.543 Proteínas de Membrana .
D12.776.543.750 Receptores de Superfície Celular .
D12.776.543.750.630 Receptores Proteína Tirosina Quinases .
D12.776.543.750.630.468 Receptor IGF Tipo 1 .
D12.776.543.750.750 Receptores de Peptídeos .
D12.776.543.750.750.400 Receptores de Fatores de Crescimento .
D12.776.543.750.750.400.780 Receptores de Somatomedina .
D12.776.543.750.750.400.780.400 Receptor IGF Tipo 1 .
D23 Fatores Biológicos .
D23.529 Peptídeos e Proteínas de Sinalização Intercelular .
D23.529.937 Somatomedinas .
D23.529.937.400 Fator de Crescimento Insulin-Like I .
L01 Ciência da Informação .
L01.313 Informática .
L01.313.500 Informática Médica .
L01.313.500.750 Aplicações da Informática Médica .
L01.313.500.750.300 Sistemas de Informação .
L01.313.500.750.300.361 Sistemas de Informação em Saúde .
SP4 Saúde Ambiental .
SP4.011 Ciência .
SP4.011.127 Ciências Sociais .
SP4.011.127.428 Ciência da Informação .
SP4.011.127.428.794 Sistemas de Informação .
 
 Termos
 Sinônimos e Históricos
Documentos
LILACS e MDL
 
Fator de Crescimento Insulin-Like I .
Fator de Crescimento Semelhante à Insulina I .
Fator de Crescimento Insulina-Símile I .
Fator I de Crescimento Semelhante à Insulina .
Fator I de Crescimento Similar à Insulina .
Fator de Crescimento Similar à Insulina Tipo I .
IGF-I .
Somatomedina C .
Peptídeo básico bem caracterizado supostamente secretado pelo fígado e circula no sangue. Tem atividades reguladora de crescimento (similar à insulina) e mitogênica. Este fator de crescimento possui uma principal (mas não absoluta) dependência do HORMÔNIO DE CRESCIMENTO. Acredita-se ser ativa principalmente em adultos, em contraste com o FATOR DE CRESCIMENTO INSULIN-LIKE II, que é o principal fator de crescimento fetal. .
0.47
 
Sistemas de Secreção Tipo I .
Sistemas de secreção de bactérias Gram-negativas que translocam efetores em uma única etapa por meio das membranas internas e externas. A secreção em uma etapa é realizada por um canal que passa pelo CITOPLASMA, através da membrana interna, pelo PERIPLASMA e pelo ESPAÇO EXTRACELULAR. A especificidade dos sistemas de secreção do tipo I é determinada pela especificidade dos três subcomponentes que formam o canal - um transportador de ATP (TRANSPORTADORES DE CASSETES DE LIGAÇÃO DE ATP), uma proteína de fusão de membrana (PROTEÍNAS DE FUSÃO DE MEMBRANA) e uma proteína da parte exterior da membrana (PROTEÍNAS DA MEMBRANA BACTERIANA EXTERNA). .
0.46
 
Sistemas de Informação .
Sistema de Informação .
Sistemas de Dados .
Sistemas de Apoio a Informação .
Sistemas de Informação de Atendimento de Emergência .
Sistemas de Recuperação de Informação .
Administração de Sistemas de Informação .
Grupo integrado de arquivos, procedimentos e equipamentos para o armazenamento, manipulação e recuperação de informações. .
0.46
 
Sistemas de Informação em Saúde .
Sistema de Informação da Atenção à Saúde .
Sistemas de Informação da Atenção à Saúde .
Sistema de Informação da Saúde .
Sistemas de Informação da Saúde .
Sistema de Informação de Saúde .
Sistemas de Informação de Saúde .
Sistema de Informação de Atenção à Saúde .
Sistemas de Informação de Atenção à Saúde .
Sistema de Informação em Saúde .
Sistema de Informação em Cuidados de Saúde .
Sistemas de Informação em Cuidados de Saúde .
Sistema de Informação na Área da Saúde .
Sistemas de Informação na Área da Saúde .
Sistemas de Informação sobre Sangue .
Sistema de Informações em Saúde .
Sistemas de Informações em Saúde .
SINAN .
Sistema de Informação de Agravo de Notificação .
Sistema de Informação de Agravos de Notificação .
Sistema Nacional de Agravo de Notificação .
Sistema Nacional de Agravos de Notificação .
Sistemas de Informação de Agravo de Notificação .
Sistemas de Informação de Agravos de Notificação .
Sistema de Informações de Agravos de Notificação .
Sistema de Informações de Agravos de Notificação (SINAN) .
Sistema para a coleta ou processamento de dados a partir de várias fontes e que usa a informação para a execução de políticas em serviços de saúde, bem como para o seu gerenciamento. Pode ter versões eletrônicas ou em papel. (Tradução livre do original: http://web.worldbank.org/WBSITE/EXTERNAL/TOPICS/EXTHEALTHNUTRITIONANDPOPULATION/EXTHSD/0,,contentMDK:22239824~menuPK:376799~pagePK:148956~piPK:216618~theSitePK:376793,00.html. http://www.who.int/healthinfo/systems/en/) .
0.45
 
DNA Polimerase I .
DNA Polimerase I Dependente de DNA .
Pol I .
Fragmento Klenow .
DNA Polimerase alfa .
DNA polimerase dependente de DNA, caracterizada em procariotos, e que pode estar presente em organismos superiores. Tem tanto atividade de exonuclease 3'-5'quanto 5'-3', mas não pode usar o DNA de fita dupla nativo como molde-iniciador. Não é inibida por reagentes sulfidrílicos e é ativa tanto na síntese quanto no reparo do DNA. Ec 2.7.7.7. .
0.45
 
Receptor IGF Tipo 1 .
Receptor de IGF Tipo 1 .
Receptor de IGF-I .
Receptor de Fator I de Crescimento Similar a Insulina .
Receptor de Fator Tipo 1 de Crescimento Similar a Insulina .
RECEPTORES FCI-I .
RECEPTORES DE SOMATOMEDINA C .
RECEPTORES DE FATOR I DE CRESCIMENTO SIMILAR A INSULINA .
RECEPTOR FCI TIPO 1 .
RECEPTOR FCI TIPO I .
RECEPTOR IGF TIPO I .
Receptor de proteína-tirosina quinase que está intimamente relacionado em estrutura ao RECEPTOR DE INSULINA. Embora normalmente citado como receptor de IGF-I, liga-se tanto a IGF-I como IGF-II com alta afinidade. É constituído de um tetrâmero de duas subunidades alfa e duas beta que são derivadas da clivagem de uma única proteína precursora. A subunidade beta contém um domínio intrínseco de tirosina quinase. .
0.44
 
Desoxirribonuclease I .
DNase I .
Estreptodornase .
Enzima capaz de hidrolisar o DNA altamente polimerizado rompendo as ligações fosfodiéster, preferencialmente as adjacentes a um nucleotídeo de pirimidina. Catalisa a clivagem endonucleolítica do DNA fornecendo os produtos finais 5'-fosfodi- e oligonucleotídeo. A enzima tem preferência por DNA de fita dupla. .
0.44