serw-MX  [xml]  
 


    
 Categorias DeCS

B01 Eucariotos .
B01.050 Animais .
B01.050.150 Cordados .
B01.050.150.900 Vertebrados .
B01.050.150.900.649 Mamíferos .
B01.050.150.900.649.313 Eutérios .
B01.050.150.900.649.313.988 Primatas .
B01.050.150.900.649.313.988.700 Strepsirhini .
B01.650 Plantas .
B01.650.940 Viridiplantae .
B01.650.940.800 Estreptófitas .
B01.650.940.800.575 Embriófitas .
B01.650.940.800.575.912 Traqueófitas .
B01.650.940.800.575.912.250 Magnoliopsida .
B01.650.940.800.575.912.250.583 Lamiales .
B01.650.940.800.575.912.250.583.670 Orobanchaceae .
B01.650.940.800.575.912.250.583.670.875 Striga .
B03 Bactérias .
B03.300 Bactérias Formadoras de Endosporo .
B03.300.390 Bactérias Gram-Positivas Formadoras de Endosporo .
B03.300.390.400 Bacilos Gram-Positivos Formadores de Endosporo .
B03.300.390.400.810 Streptomycetaceae .
B03.300.390.400.810.768 Streptomyces .
B03.353 Firmicutes .
B03.353.750 Lactobacillales .
B03.353.750.737 Streptococcaceae .
B03.353.750.737.872 Streptococcus .
B03.370 Fusobactérias .
B03.370.700 Streptobacillus .
B03.440 Bactérias Gram-Negativas .
B03.440.450 Bacilos Gram-Negativos Anaeróbios Facultativos .
B03.440.450.700 Streptobacillus .
B03.510 Bactérias Gram-Positivas .
B03.510.024 Actinobacteria .
B03.510.024.049 Actinomycetales .
B03.510.024.049.775 Streptomycetaceae .
B03.510.024.049.775.775 Streptomyces .
B03.510.400 Cocos Gram-Positivos .
B03.510.400.800 Streptococcaceae .
B03.510.400.800.872 Streptococcus .
B03.510.415 Bactérias Gram-Positivas Formadoras de Endosporo .
B03.510.415.400 Bacilos Gram-Positivos Formadores de Endosporo .
B03.510.415.400.810 Streptomycetaceae .
B03.510.415.400.810.768 Streptomyces .
B03.510.460 Bacilos Gram-Positivos .
B03.510.460.410 Bacilos Gram-Positivos Formadores de Endosporo .
B03.510.460.410.810 Streptomycetaceae .
B03.510.460.410.810.768 Streptomyces .
B03.510.550 Lactobacillales .
B03.510.550.737 Streptococcaceae .
B03.510.550.737.872 Streptococcus .
C22 Doenças dos Animais .
C22.735 Doenças dos Primatas .
D13 Ácidos Nucleicos, Nucleotídeos e Nucleosídeos .
D13.150 Elementos Antissenso (Genética) .
D13.150.650 RNA Antissenso .
D13.150.650.319 MicroRNAs .
D13.444 Ácidos Nucleicos .
D13.444.735 RNA 12333 .
D13.444.735.150 RNA Antissenso .
D13.444.735.150.319 MicroRNAs .
D13.444.735.790 RNA não Traduzido .
D13.444.735.790.552 Pequeno RNA não Traduzido .
D13.444.735.790.552.500 MicroRNAs .
HP4 Materia Medica .
HP4.018 Medicamento Homeopático .
HP4.018.685 Medicamento Homeopático S .
HP4.018.685.799 Streptococcinum .
SP8 Desastres .
SP8.473 Risco .
SP8.473.654 Ameaças .
SP8.473.654.587 Meteorologia .
SP8.473.654.587.582 Nuvens .
SP8.473.654.587.582.488 Stratus .
SP8.473.654.587.582.494 Stratus .
 
 Termos
 Sinônimos e Históricos
Documentos
LILACS e MDL
 
Strepsirhini .
Indri .
Indriidae .
Lemuriformes .
Lemuroidea .
Prosimii .
Prossímios .
Subordem de PRIMATAS composta por cinco famílias: CHEIROGALEIDAE, Daubentoniidae, Indriidae, LEMURIDAE e LORISIDAE. .
1.00
0620
 
Doenças dos Primatas .
Doenças de animais da ordem dos PRIMATAS. Este termo inclui doenças de Haplorhini e Strepsirhini. .
0.48
15523
 
Striga .
Erva-de-Bruxa .
Gênero de plantas na família Orobanchaceae que parasitam raizes de outras plantas. Seus membros contêm flavonas, APIGENINA e LUTEOLINA. .
0.42
0120
 
MicroRNAs .
miRNA .
miRNAs .
RNA Temporário Pequeno .
RNA Pequeno Temporário .
Micro RNA .
Micro RNAs .
MicroRNA .
MicroRNA Primario .
pri-miRNA .
stRNA .
RNA Temporal Pequeno .
RNA Pequeno Temporal .
RNAs pequenos, de cadeia dupla, de codificação não proteica, com 21-25 nucleotídeos de extensão, gerados a partir transcritos do gene de microRNA de cadeia única pela mesma RIBONUCLEASE III, Dicer, que produz RNAs interferentes pequenos (RNA INTERFERENTE PEQUENO). Eles tornam-se parte do COMPLEXO DE INATIVAÇÃO INDUZIDO POR RNA e reprimem a tradução (TRADUÇÃO GENÉTICA) de RNA alvo por ligação a região 3'UTR homóloga como um par imperfeito. Os RNAs temporários pequenos (stRNAs), let-7 e lin-4, de C. elegans, são os primeiros 2 miRNAs encontrados, e são de uma classe de miRNAs envolvidos no controle do tempo de desenvolvimento. .
0.41
14950796
 
Streptomyces .
Gênero de bactérias que formam micélios aéreos não fragmentados. Muitas espécies foram identificadas, sendo algumas patogênicas. Este gênero é responsável por produzir a maioria dos AGENTES ANTIBACTERIANOS de valor prático. .
0.41
8816213
 
Streptococcus .
Gênero de bactérias cocoides Gram-positivas cujos organismos ocorrem aos pares ou em cadeias. Endosporos não são produzidos. Várias espécies existem como comensais ou parasitas do homem e animais, sendo que algumas espécies são altamente patogênicas. Algumas espécies são saprofíticas e ocorrem no ambiente natural. .
0.40
30618761
 
Estreptófitas .
Algas Verdes Estreptófitas e Plantas Terrestres .
Carofíceas e Embriófitas .
Charophyceae e Embryophyta .
Streptophyta .
Filo de plantas verdes que compreende as CAROFÍCEAS (algas verdes estreptófitas) e as EMBRIÓFITAS (plantas terrestres). .
0.40
087
 
Stratus .
Nuvem Stratus .
Estrato .
1) Nuvem baixa que varia em altitude, entre 0 e 2000 metros. 2) Camada de nuvens geralmente cinzenta, com base bastante uniforme, podendo dar lugar a garoa, prismas de gelo ou de neve granular. Quando o sol é visível através da camada, seu contorno é nitidamente visível e sua altitude varia de 100 a 6000 metros (Fonte: Ministério da Ação Social, Brasília, 1992) .
0.39
40
 
Streptococcinum .
Medicamento homeopático. Nosódio. Abrev.: "streptoc.". Origem animal. Substância utilizada: cultura de Streptococcus pyogenes. Nota: E.P.- Há estudo patogenético para esta substância. .
0.38
40
 
Streptobacillus .
Gênero de bactérias Gram-negativas, anaeróbicas facultativas (em forma de bastonete), que requerem SORO, LÍQUIDO ASCÍTICO ou SANGUE para o crescimento. Habitam a garganta e NASOFARINGE de ratos selvagens e de laboratório, causando uma forma de FEBRE POR MORDEDURA DE RATO no homem. .
0.37
4198