serw-MX  [xml]  
 


    
 Categorias DeCS

A19 Estruturas Fúngicas .
A19.530 Cápsulas Fúngicas .
B01 Eucariotos .
B01.300 Fungos .
B04 Vírus .
B04.352 Micovírus .
D27 Ações Químicas e Utilizações .
D27.505 Ações Farmacológicas .
D27.505.954 Usos Terapêuticos .
D27.505.954.122 Anti-Infecciosos .
D27.505.954.122.136 Antifúngicos .
E01 Diagnóstico .
E01.370 Técnicas e Procedimentos Diagnósticos .
E01.370.225 Técnicas de Laboratório Clínico .
E01.370.225.875 Técnicas Microbiológicas .
E01.370.225.875.220 Contagem de Colônia Microbiana .
E05 Técnicas de Pesquisa .
E05.200 Técnicas de Laboratório Clínico .
E05.200.875 Técnicas Microbiológicas .
E05.200.875.220 Contagem de Colônia Microbiana .
SP4 Saúde Ambiental .
SP4.011 Ciência .
SP4.011.107 Microbiologia .
SP4.011.107.203 Fungos .
SP8 Desastres .
SP8.473 Risco .
SP8.473.981 Vulnerabilidade a Desastres .
SP8.473.981.797 Emergências Complexas .
SP8.473.981.797.837 Sabotagem .
 
 Termos
 Sinônimos e Históricos
Documentos
LILACS e MDL
 
Antifúngicos .
Agentes Antimicóticos .
Agentes Antifúngicos .
Antimicóticos .
Fungicidas Terapêuticos .
Antibióticos Antimicóticos .
Substâncias que destroem fungos ao suprimir sua capacidade para crescer ou se reproduzir. Diferem dos FUNGICIDAS INDUSTRIAIS porque são defensores contra os fungos presentes em tecidos humanos ou de outros animais. .
0.92
127149166
 
/microbiologia .
/bactérias .
/fungos .
/bacteriologia .
/micologia .
/rickettsia .
Usado com órgãos, animais, plantas superiores e doenças para estudos microbiológicos. Para parasitos usa-se /parasitologia e para vírus, /virologia. .
0.45
 
Fungos .
Bolor .
Fungi .
Fungos Filamentosos .
Bolores .
Mofo 4393 .
Mofos .
Zygomycota .
Zygomycotina .
Algas e Fungos .
Reino de organismos eucarióticos e heterotróficos que vivem parasitariamente como sáprobios, incluindo COGUMELOS, LEVEDURAS, fuligens, bolores ou mofos, etc. Reproduzem-se sexuada ou assexuadamente e possuem ciclos de vida que variam de simples a complexo. Os fungos filamentosos, geralmente conhecidos como 'mofo', referem-se àqueles que crescem como colônias multicelulares. .
0.45
143433285
 
Estruturas Fúngicas .
Componentes Fúngicos .
Estruturas Micóticas .
Estruturas dos Fungos .
Partes dos fungos. .
0.41
571
 
Contagem de Colônia Microbiana .
Contagem de Diluição em Ágar .
Ensaio de Unidades Formadoras de Colônias Microbianas .
Contagem de Fungos .
Contagem em Placa Derramada .
Contagem de Viáveis pelo Método de Incorporação .
Contagem em Placa pelo Método de Incorporação .
Contagem de Viáveis em Placa Derramada .
Contagem de Viáveis por Plaqueamento em Profundidade .
Contagem pelo Método de Pour-Plate .
Contagem de Esporos .
Contagem de Viáveis por Plaqueamento em Superfície .
Contagem de Viáveis por Superfície .
Contagem em Placa por Esgotamento por Meio de Estrias Superficiais .
Contagem de Esporas .
Enumeração por contagem direta de CÉLULAS ou ESPOROS viáveis isolados de bactérias, archaea ou fungos capazes de crescerem em MEIOS DE CULTURA sólidos. O método é usado rotineiramente por microbiologistas ambientais para quantificar organismos no AR, ALIMENTOS E ÁGUA; por clínicos, para medir a resistência microbiana dos pacientes e no teste de medicamentos antimicrobianos. .
0.37
54632536
 
Cápsulas Fúngicas .
Cápsulas de Fungos .
Camada extracelular externa à parede celular de um fungo composta por polissacarídeos. Pode ter um papel protetor, entre outros. .
0.36
132
 
Sabotagem .
Ação deliberada sancionada pela lei, que consiste em prejudicar, destruir ou entorpecer temporária ou definitivamente o funcionamento de instalações ou de serviços fundamentais para a subsistência da comunidade ou para sua defesa, com o fim de provocar transtornos na vida econômica de um país ou afetar sua capacidade de defesa. .
0.36
00
 
Micovírus .
Vírus de Fungos .
Vírus Fúngicos .
Vírus que infectam espécies de FUNGOS. .
0.34
149