serw-MX  [xml]  
 


    
 Categorias DeCS

D05 Substâncias Macromoleculares .
D05.500 Complexos Multiproteicos .
D05.500.945 Troponina .
D05.500.945.900 Troponina C .
D05.500.945.925 Troponina I .
D05.500.945.962 Troponina T .
D05.750 Polímeros .
D05.750.078 Biopolímeros .
D05.750.078.730 Proteínas dos Microfilamentos .
D05.750.078.730.825 Troponina .
D05.750.078.730.825.900 Troponina C .
D05.750.078.730.825.925 Troponina I .
D05.750.078.730.825.962 Troponina T .
D10 Lipídeos .
D10.532 Lipoproteínas .
D10.532.091 Apolipoproteínas .
D10.532.091.200 Apolipoproteínas A .
D10.532.091.200.100 Apolipoproteína A-I .
D12 Aminoácidos, Peptídeos e Proteínas .
D12.644 Peptídeos .
D12.644.276 Peptídeos e Proteínas de Sinalização Intercelular .
D12.644.276.937 Somatomedinas .
D12.644.276.937.400 Fator de Crescimento Insulin-Like I .
D12.776 Proteínas .
D12.776.070 Apoproteínas .
D12.776.070.400 Apolipoproteínas .
D12.776.070.400.200 Apolipoproteínas A .
D12.776.070.400.200.100 Apolipoproteína A-I .
D12.776.124 Proteínas Sanguíneas .
D12.776.124.862 Somatomedinas .
D12.776.124.862.400 Fator de Crescimento Insulin-Like I .
D12.776.157 Proteínas de Transporte .
D12.776.157.125 Proteínas de Ligação ao Cálcio .
D12.776.157.125.900 Troponina C .
D12.776.210 Proteínas Contráteis .
D12.776.210.500 Proteínas Musculares .
D12.776.210.500.910 Troponina .
D12.776.210.500.910.900 Troponina C .
D12.776.210.500.910.925 Troponina I .
D12.776.210.500.910.962 Troponina T .
D12.776.220 Proteínas do Citoesqueleto .
D12.776.220.525 Proteínas dos Microfilamentos .
D12.776.220.525.825 Troponina .
D12.776.220.525.825.900 Troponina C .
D12.776.220.525.825.925 Troponina I .
D12.776.220.525.825.962 Troponina T .
D12.776.467 Peptídeos e Proteínas de Sinalização Intercelular .
D12.776.467.937 Somatomedinas .
D12.776.467.937.400 Fator de Crescimento Insulin-Like I .
D12.776.521 Lipoproteínas .
D12.776.521.120 Apolipoproteínas .
D12.776.521.120.200 Apolipoproteínas A .
D12.776.521.120.200.100 Apolipoproteína A-I .
D23 Fatores Biológicos .
D23.529 Peptídeos e Proteínas de Sinalização Intercelular .
D23.529.937 Somatomedinas .
D23.529.937.400 Fator de Crescimento Insulin-Like I .
 
 Termos
 Sinônimos e Históricos
Documentos
LILACS e MDL
 
Troponina I .
Subunidade do complexo TROPONINA que inibe a atividade da ATPASE ACTOMIOSINA, de modo a romper as interações entre ACTINA e MIOSINA. Há três subtipos de troponina I: troponina I1, I2 e I3. A troponina I3 é específica do tecido cardíaco, enquanto que a troponina I1 e a I2 são subtipos esqueléticos. A troponina I3 é biomarcador (ver BIOMARCADORES) de CARDIOMIÓCITOS danificados e lesionados, estando as mutações no gene da troponina I3 associadas com CARDIOMIOPATIA HIPERTRÓFICA FAMILIAR. .
0.82
 
Troponina C .
Subunidade do complexo TROPONINA que se liga ao cálcio e ajuda a regular a contração muscular dependente de cálcio. Há dois subtipos de troponina C: C1 e C2. A troponina C1 é típica da musculatura cardíaca e esquelética, enquanto que a troponina C2 é da esquelética. A troponina C1 é um biomarcador (ver BIOMARCADORES) para MIÓCITOS CARDÍACOS danificados ou lesionados e mutações no gene da troponina C1 estão associadas com CARDIOMIOPATIA HIPERTRÓFICA FAMILIAR. .
0.42
 
Troponina .
Um dos menores componentes proteicos dos músculos esquelético e cardíaco. Atua como o componente ligante de cálcio em um complexo com beta-TROPOMIOSINA, ACTINA e MIOSINA, conferindo sensibilidade ao cálcio aos filamentos reticulados de actina e miosina. A troponina por si é um complexo de três proteínas reguladoras (TROPONINA C, TROPONINA I e TROPONINA T). .
0.42
 
Troponina T .
Subunidade do complexo TROPONINA que se liga à TROPOMIOSINA. Há três subtipos de troponina T: troponina T1, T2 e T3. A troponina T2 é específica para o tecido cardíaco, enquanto que as troponinas T2 e T3 são do subtipo esquelético. A troponina T2 é um biomarcador (ver BIOMARCADORES) de CARDIOMIÓCITOS lesionados ou danificados, e mutações no gene da troponina T2 estão associadas com CARDIOMIOPATIA HIPERTRÓFICA FAMILIAR. .
0.42
 
Apolipoproteína A-I .
Apo A-I .
Componente proteico mais abundante das LIPOPROTEÍNAS HDL. Esta proteína atua como aceptor do COLESTEROL liberado das células, promovendo o efluxo do colesterol para o HDL e depois para o FÍGADO, para ser excretado (transporte reverso do colesterol). Atua também como cofator da LECITINA COLESTEROL ACILTRANSFERASE, que forma ÉSTERES DE COLESTEROL nas partículas de HDL. As mutações no gene APOA1 causam deficiência de HDL, como na doença familiar de deficiência da alfa lipoproteína e em alguns pacientes com a DOENÇA DE TANGIER. .
0.33
 
Fator de Crescimento Insulin-Like I .
Fator de Crescimento Semelhante à Insulina I .
Fator de Crescimento Insulina-Símile I .
Fator I de Crescimento Semelhante à Insulina .
Fator I de Crescimento Similar à Insulina .
Fator de Crescimento Similar à Insulina Tipo I .
IGF-I .
Somatomedina C .
Peptídeo básico bem caracterizado supostamente secretado pelo fígado e circula no sangue. Tem atividades reguladora de crescimento (similar à insulina) e mitogênica. Este fator de crescimento possui uma principal (mas não absoluta) dependência do HORMÔNIO DE CRESCIMENTO. Acredita-se ser ativa principalmente em adultos, em contraste com o FATOR DE CRESCIMENTO INSULIN-LIKE II, que é o principal fator de crescimento fetal. .
0.31