serw-MX  [xml]  
 


    
 Categorias DeCS

D26 Preparações Farmacêuticas .
D26.650 Excipientes Farmacêuticos .
D26.650.700 Veículos Farmacêuticos .
D26.650.700.419 Excipientes .
D27 Ações Químicas e Utilizações .
D27.720 Usos Especializados de Substâncias Químicas .
D27.720.744 Excipientes Farmacêuticos .
D27.720.744.770 Veículos Farmacêuticos .
D27.720.744.770.419 Excipientes .
E02 Terapêutica .
E02.760 Assistência ao Paciente .
E02.760.928 Tempo para o Tratamento .
E02.760.952 Suspensão de Tratamento .
E02.887 Retratamento .
N02 Instituições de Saúde, Recursos Humanos e Serviços .
N02.421 Serviços de Saúde .
N02.421.585 Assistência ao Paciente .
N02.421.585.928 Tempo para o Tratamento .
N02.421.585.952 Suspensão de Tratamento .
V03 Características dos Estudos .
V03.175 Estudo Clínico .
V03.175.250 Ensaio Clínico .
V03.175.250.500 Ensaio Clínico Controlado .
VS3 Vigilância Sanitária de Serviços de Saúde .
VS3.003 Assistência à Saúde .
VS3.003.001 Assistência ao Paciente .
VS3.003.001.006 Terapêutica .
 
 Termos
 Sinônimos e Históricos
Documentos
LILACS e MDL
 
Suspensão de Tratamento .
Desligamento de Aparelhos .
Remoção de Aparelhos .
Interrupção de Cuidados .
Interrupção do Tratamento .
Retirada de Cuidados .
Contenção do Tratamento .
Suspensão ou retirada de um ou mais tratamentos específicos, frequentemente (mas não necessariamente) tratamentos para prolongar a vida de um paciente (ou de um sujeito da pesquisa como parte de um protocolo de pesquisa). Este conceito é diferente de RECUSA DO MÉDICO A TRATAR, em que a ênfase recai na recusa de profissionais (ou de uma instituição de saúde) que se recusam a tratar um paciente (ou grupo de pacientes) quando este (ou seu representante) solicita tratamento. O termo 'suspensão de tratamento' para prolongamento da vida é geralmente indexado apenas como EUTANÁSIA PASSIVA, a menos que a distinção entre suspensão e retirada de tratamento ou o assunto de suspensão paliativa (ao invés de tratamento curativo) esteja em discussão. .
0.84
6310430
 
/terapia .
/gerenciamento da doença .
/terapêutica .
/tratamento .
Usado com doenças para intervenções terapêuticas, exceto cirurgia, dietoterapia, farmacoterapia e radioterapia, para as quais existem qualificadores específicos. Usado também para terapias múltiplas. .
0.42
 
Terapêutica .
Ação Terapêutica .
Ações Terapêuticas .
Medida Terapêutica .
Medidas Terapêuticas .
Procedimento Curativo .
Procedimentos Curativos .
Procedimento de Terapia .
Procedimentos de Terapia .
Procedimento de Tratamento .
Procedimento Terapêutico .
Procedimentos de Tratamento .
Procedimentos Terapêuticos .
Terapia .
Terapias .
Tratamento .
Tratamentos .
Propriedade Terapêutica .
ECLETICISMO .
Procedimentos com interesse no tratamento curativo ou preventivo de doenças. .
0.42
16675170
 
Ensaio Clínico Controlado .
Ensaio Terapêutico .
Ensaio Clínico Controlado [Tipo de Publicação] .
Trabalho que relata um ensaio clínico envolvendo um ou mais tratamentos experimentais, pelo menos um tratamento controle, resultados determinados para avaliar a intervenção estudada, e um método não tendencioso para designar pacientes aos tratamentos experimentais. O tratamento pode ser com drogas, dispositivos, ou procedimentos estudados para eficácia diagnóstica, terapêutica, ou profilática. Os métodos de controle incluem placebos, medicamento ativo, não tratamento, formas de dosagem e regimes, comparações de históricos clínicos, etc. Quando a distribuição aleatória com técnicas matemáticas, como o uso de uma tábua de números aleatórios, é utilizada para designar pacientes para tratamentos experimentais ou de controle, o ensaio se caracteriza como sendo um ENSAIO CLÍNICO CONTROLADO ALEATÓRIO. .
0.39
00
 
Retratamento .
Tratamento da mesma doença em um paciente, com a repetição do mesmo agente ou procedimento após tratamento inicial, ou com uma medida adicional ou alternativa, ou subsequente. Não abrange tratamentos que requerem mais de uma administração de um agente ou regime terapêutico. O retratamento é geralmente utilizado com referência a uma modalidade diferente, quando a original foi inadequada, prejudicial ou não obteve sucesso. .
0.37
1907455
 
Tempo para o Tratamento .
Tempo para Início do Tratamento .
Tempo até o Tratamento .
Intervalo para o Tratamento .
Intervalo de tempo entre o aparecimento de sintomas e o recebimento da terapia. .
0.37
443090
 
Excipientes .
Excipiente .
Agentes Estabilizantes Farmacêuticos .
Agentes de Suspensão Farmacêuticos .
Agentes Estabilizantes .
Agentes de Suspensão .
Agentes Estabilizadores .
Substâncias geralmente inertes adicionadas a uma prescrição para garantir uma consistência satisfatória para a formulação. Estas incluem aglutinantes, matrizes, bases ou diluentes usados em pílulas, comprimidos, cremes, pomadas, etc. .
0.37
359762