serw-MX  [xml]  
 


    
 Categorias DeCS

B03 Bactérias .
D08 Enzimas e Coenzimas .
D08.811 Enzimas .
D08.811.399 Isomerases .
D08.811.399.403 DNA Topoisomerases .
D08.811.399.403.483 DNA Topoisomerases Tipo I .
D12 Aminoácidos, Peptídeos e Proteínas .
D12.776 Proteínas .
D12.776.157 Proteínas de Transporte .
D12.776.157.687 Proteínas de Ligação a Poli-ADP-Ribose .
D12.776.157.687.375 DNA Topoisomerases Tipo I .
D12.776.660 Proteínas Nucleares .
D12.776.660.720 Proteínas de Ligação a Poli-ADP-Ribose .
D12.776.660.720.375 DNA Topoisomerases Tipo I .
E01 Diagnóstico .
E01.370 Técnicas e Procedimentos Diagnósticos .
E01.370.225 Técnicas de Laboratório Clínico .
E01.370.225.875 Técnicas Microbiológicas .
E01.370.225.875.150 Técnicas Bacteriológicas .
E01.370.225.875.150.125 Técnicas de Tipagem Bacteriana .
E01.370.225.875.150.125.150 Tipagem de Bacteriófagos .
E05 Técnicas de Pesquisa .
E05.200 Técnicas de Laboratório Clínico .
E05.200.875 Técnicas Microbiológicas .
E05.200.875.150 Técnicas Bacteriológicas .
E05.200.875.150.125 Técnicas de Tipagem Bacteriana .
E05.200.875.150.125.150 Tipagem de Bacteriófagos .
SP4 Saúde Ambiental .
SP4.011 Ciência .
SP4.011.107 Microbiologia .
SP4.011.107.178 Bactérias .
 
 Termos
 Sinônimos e Históricos
Documentos
LILACS e MDL
 
Técnicas de Tipagem Bacteriana .
Tipagem de Bacteriocinas .
Biotipagem Bacteriana .
Tipagem Bacteriana .
Técnica de Tipagem Bacteriana .
Procedimentos para identificação de tipos e variedades de bactérias. Os sistemas de tipagem mais frequentemente empregados são TIPAGEM DE BACTERIÓFAGO e SOROTIPAGEM bem como tipagem de bacteriocinas e biotipagem. .
0.65
 
Tipagem de Bacteriófagos .
Tipagem de Fagos .
Técnica de tipagem bacteriana que faz uma diferenciação entre bactérias ou tipos de bactérias por sua susceptibilidade a um ou mais bacteriófagos. .
0.48
 
DNA Topoisomerases Tipo I .
Proteína de Quebra e Religação do DNA .
Proteína Nicking-Closing do DNA .
Enzima Relaxante do DNA .
Enzima de Relaxamento do DNA .
Proteína Relaxante do DNA .
Proteína de Relaxamento do DNA .
DNA Topoisomerase .
DNA Topoisomerase I .
Enzima Destorcedora do DNA .
Proteína Destorcedora do DNA .
Proteínas Destorcedoras do DNA .
Enzimas Destorcedoras do DNA .
DNA Topoisomerases Tipo I Eucarióticas .
DNA Topoisomerase I Eucariótica .
DNA Topoisomerases Tipo I Bacterianas .
Topoisomerase I Bacteriana .
DNA Topoisomerases Tipo I Arqueais .
DNA Topoisomerases Tipo I Archaeais .
PROTEÍNA QUE FECHA NICKS DO DNA .
PROTEÍNA ÔMEGA .
PROTEÍNA QUE FECHA "NICKS" DO DNA .
PROTEÍNA "NICKING-CLOSING" DO DNA .
DNA TOPOISOMERASE que catalisa a quebra, independente de ATP, de uma das duas fitas de DNA, seguida pela passagem da fita não quebrada através da quebra, e reajuntamento da fita quebrada. As enzimas DNA Topoisomerases Tipo I realiza reduzem o estresse topológico na estrutura do DNA através do relaxamento das voltas da super-hélice no DNA e dos anéis nodulares na hélice do DNA. .
0.45
 
Bactérias .
Bacteria .
Eubacteria .
Eubactérias .
Bactérias Deslizantes .
Esquizomicetos .
Bactérias Curvas e Espirais .
Bactéria Fototrófica .
Bactérias com Brotos e Apêndices .
Um dos três domínios da vida, também denominado Eubacterias (os outros são Eukarya e ARCHAEA). São micro-organismos procarióticos, unicelulares, com parede celular geralmente rígida. Multiplicam-se por divisão celular e apresentam três formas principais: redonda (cocos), bastonete (bacilos) e espiral (espiroquetas). Podem ser classificadas pela resposta ao OXIGÊNIO (aeróbicas, anaeróbicas, ou anaeróbicas facultativas), pelo modo de obter energia: quimiotróficas (via reação química) ou PROCESSOS FOTOTRÓFICOS (via reação com luz), quimiotróficas, pela fonte de energia química. As quimiolitotróficas (a partir de compostos inorgânicos) ou CRESCIMENTO QUIMIOAUTOTRÓFICO (a partir de compostos orgânicos), e pela fonte de CARBONO, NITROGÊNIO, etc. PROCESSOS HETEROTRÓFICOS (a partir de fontes orgânicas) e PROCESSOS AUTOTRÓFICOS (a partir de DIÓXIDO DE CARBONO). Podem também ser classificadas por serem coradas ou não (com base na estrutura da PAREDE CELULAR) pelo CRISTAL VIOLETA: Gram-positivas ou Gram-negativas. .
0.40