serw-MX  [xml]  
 


    
 Categorias DeCS

C14 Doenças Cardiovasculares .
C14.280 Cardiopatias .
C14.280.067 Arritmias Cardíacas .
C14.280.067.093 Arritmia Sinusal .
C14.280.067.093.249 Síndrome do Nó Sinusal .
C14.280.067.558 Bloqueio Cardíaco .
C14.280.067.558.536 Síndrome do Nó Sinusal .
C14.280.067.845 Taquicardia .
C14.280.067.845.695 Taquicardia Paroxística .
C14.280.067.845.787 Taquicardia Reciprocante .
C14.280.067.845.880 Taquicardia Supraventricular .
C14.280.067.845.880.315 Taquicardia Atrial Ectópica .
C14.280.067.845.880.845 Taquicardia Sinusal .
C14.280.067.845.940 Taquicardia Ventricular .
C14.280.123 Doença do Sistema de Condução Cardíaco .
C14.280.123.500 Bloqueio Cardíaco .
C14.280.123.500.536 Síndrome do Nó Sinusal .
C14.280.123.875 Taquicardia .
C14.280.123.875.695 Taquicardia Paroxística .
C14.280.123.875.787 Taquicardia Reciprocante .
C14.280.123.875.880 Taquicardia Supraventricular .
C14.280.123.875.880.315 Taquicardia Atrial Ectópica .
C14.280.123.875.880.845 Taquicardia Sinusal .
C14.280.123.875.940 Taquicardia Ventricular .
C23 Condições Patológicas, Sinais e Sintomas .
C23.550 Processos Patológicos .
C23.550.073 Arritmias Cardíacas .
C23.550.073.093 Arritmia Sinusal .
C23.550.073.093.249 Síndrome do Nó Sinusal .
C23.550.073.425 Bloqueio Cardíaco .
C23.550.073.425.440 Síndrome do Nó Sinusal .
C23.550.073.845 Taquicardia .
C23.550.073.845.695 Taquicardia Paroxística .
C23.550.073.845.787 Taquicardia Reciprocante .
C23.550.073.845.880 Taquicardia Supraventricular .
C23.550.073.845.880.315 Taquicardia Atrial Ectópica .
C23.550.073.845.880.845 Taquicardia Sinusal .
C23.550.073.845.940 Taquicardia Ventricular .
D12 Aminoácidos, Peptídeos e Proteínas .
D12.644 Peptídeos .
D12.644.276 Peptídeos e Proteínas de Sinalização Intercelular .
D12.644.276.812 Cininas .
D12.644.276.812.900 Taquicininas .
D12.644.400 Neuropeptídeos .
D12.644.400.800 Taquicininas .
D12.644.456 Oligopeptídeos .
D12.644.456.800 Taquicininas .
D12.776 Proteínas .
D12.776.467 Peptídeos e Proteínas de Sinalização Intercelular .
D12.776.467.812 Cininas .
D12.776.467.812.900 Taquicininas .
D12.776.631 Proteínas do Tecido Nervoso .
D12.776.631.650 Neuropeptídeos .
D12.776.631.650.800 Taquicininas .
D23 Fatores Biológicos .
D23.469 Mediadores da Inflamação .
D23.469.050 Autacoides .
D23.469.050.375 Cininas .
D23.469.050.375.850 Taquicininas .
D23.529 Peptídeos e Proteínas de Sinalização Intercelular .
D23.529.812 Cininas .
D23.529.812.900 Taquicininas .
 
 Termos
 Sinônimos e Históricos
Documentos
LILACS e MDL
 
Taquicardia .
Taquiarritmia .
Batimentos cardíacos anormalmente rápidos, geralmente com FREQUÊNCIA CARDÍACA acima de 100 batimentos por minuto para adultos. A taquicardia acompanhada por distúrbio na despolarização cardíaca (arritmia cardíaca) é chamada taquiarritmia. .
1.00
38717609
 
Taquicardia Sinusal .
Batimentos cardíacos rápidos simples causados por descarga rápida de impulsos do NÓ SINOATRIAL, geralmente entre 100 e 180 batidas/min em adultos. Caracteriza-se por um início e término gradual. A taquicardia sinusal é comum em lactentes, crianças, e adultos durante atividades físicas vigorosas. .
0.78
38702
 
Taquicardia Paroxística .
Batimentos cardíacos anormalmente rápidos com início e cessação súbitos. .
0.77
1103863
 
Taquicardia Reciprocante .
Taquicardia Recíproca .
Batimentos cardíacos rápidos anormais causados por condução reentrante sobre as vias acessórias entre os ÁTRIOS DO CORAÇÃO e os VENTRÍCULOS DO CORAÇÃO. O impulso também pode movimentar-se na direção contrária, como em alguns casos, os impulsos atriais movimentam-se para os ventrículos sobre as vias acessórias e voltam para os átrios sobre o FASCÍCULO ATRIOVENTRICULAR e o NÓ ATRIOVENTRICULAR. .
0.76
088
 
Taquicardia Ventricular .
Ritmo ventricular anormalmente rápido, normalmente acima de 150 batidas por minuto. É gerado dentro do ventrículo, abaixo do FASCÍCULO ATRIOVENTRICULAR, ou como formação de impulso autônomo ou condução de impulso reentrante. Dependendo da etiologia, o início da taquicardia ventricular pode ser paroxísmica (repentino) ou não paroxísmica, seus complexos de QRS amplos podem ser uniformes ou polimórficos, e o batimento ventricular pode ser independente do batimento atrial (dissociação AV). .
0.74
32712359
 
Síndrome do Nó Sinusal .
Síndrome Bradicardia-Taquicardia .
Síndrome do Nó Sinoatrial .
Síndrome do Seio Doente .
Síndrome do Seio Enfermo .
Disfunção do Nó Sinoatrial .
Síndrome do Nódulo Sinusal .
Afecção causada por disfunções relacionadas com o NÓ SINOATRIAL, inclusive geração de impulso (PARADA SINUSAL CARDÍACA) e condução de impulso (saída do bloqueio sinoatrial). Caracteriza-se por BRADICARDIA persistente, FIBRILAÇÃO ATRIAL crônica, e falência para retomar o ritmo do seio após CARDIOVERSÃO. Esta síndrome pode ser congênita ou adquirida, particularmente depois de correção cirúrgica para cardiopatias. .
0.72
572466
 
Taquicininas .
Família de peptídeos biologicamente ativos que compartilham uma sequência carboxiterminal comum, Phe-X-Gly-Leu-Met-NH2, em que X pode ser tanto um aminoácido aromático ou alifático ramificado. Encontram-se membros dessa família em mamíferos, anfíbios e moluscos. As taquicininas possuem diversas ações farmacológicas no sistema nervoso central e cardiovascular, geniturinário, respiratório, e sistema gastrintestinal, bem como nos tecidos glandulares. Tal diversidade de atividade se deve à existência de três ou mais subtipos de receptores de taquicininas. .
0.69
32447
 
Taquicardia Supraventricular .
Expressão genérica para qualquer taquicardia que se origina acima do nó de His. .
0.68
1625269
 
Taquicardia Atrial Ectópica .
Taquicardia Ectópica Atrial .
Batimentos cardíacos anormalmente rápidos originando um ou mais focos automáticos (marca-passos não sinusais) nos ÁTRIOS DO CORAÇÃO, mas fora do NÓ SINOATRIAL. Diferentemente do mecanismo de reentrada, a taquicardia automática acelera e gradualmente diminui a velocidade. O episódio é caracterizado por uma FREQUÊNCIA CARDÍACA entre 135 e menos que 200 batidas por minuto e durando 30 segundos ou mais. .
0.66
17947