serw-MX  [xml]  
 


    
 Categorias DeCS

B01 Eucariotos .
B01.650 Plantas .
B01.650.940 Viridiplantae .
B01.650.940.800 Estreptófitas .
B01.650.940.800.575 Embriófitas .
B01.650.940.800.575.912 Traqueófitas .
B01.650.940.800.575.912.250 Magnoliopsida .
B01.650.940.800.575.912.250.341 Ericales .
B01.650.940.800.575.912.250.341.937 Ericaceae .
B01.650.940.800.575.912.250.341.937.774 Vaccinium .
C02 Viroses .
C02.256 Infecções por Vírus de DNA .
C02.256.743 Infecções por Poxviridae .
C02.256.743.929 Vaccinia .
D12 Aminoácidos, Peptídeos e Proteínas .
D12.776 Proteínas .
D12.776.828 Proteínas Recombinantes .
D12.776.828.868 Vacinas Sintéticas .
D12.776.828.868.910 Vacinas de DNA .
D20 Misturas Complexas .
D20.215 Produtos Biológicos .
D20.215.894 Vacinas .
D20.215.894.135 Vacinas Bacterianas .
D20.215.894.135.225 Vacinas contra Cólera .
D20.215.894.815 Vacinas Combinadas .
D20.215.894.830 Vacinas de Produtos Inativados .
D20.215.894.865 Vacinas Sintéticas .
D20.215.894.865.910 Vacinas de DNA .
D20.215.894.899 Vacinas Virais .
D23 Fatores Biológicos .
D23.050 Antígenos .
D23.050.865 Vacinas Sintéticas .
D23.050.865.910 Vacinas de DNA .
E02 Terapêutica .
E02.095 Terapia Biológica .
E02.095.465 Imunomodulação .
E02.095.465.425 Imunoterapia .
E02.095.465.425.400 Imunização .
E02.095.465.425.400.530 Imunoterapia Ativa .
E02.095.465.425.400.530.890 Vacinação .
E05 Técnicas de Pesquisa .
E05.478 Técnicas Imunológicas .
E05.478.550 Imunização .
E05.478.550.600 Imunoterapia Ativa .
E05.478.550.600.890 Vacinação .
N02 Instituições de Saúde, Recursos Humanos e Serviços .
N02.421 Serviços de Saúde .
N02.421.726 Serviços Preventivos de Saúde .
N02.421.726.758 Prevenção Primária .
N02.421.726.758.310 Imunização .
N02.421.726.758.310.890 Vacinação .
N06 Meio Ambiente e Saúde Pública .
N06.850 Saúde Pública .
N06.850.780 Prática de Saúde Pública .
N06.850.780.200 Controle de Doenças Transmissíveis .
N06.850.780.200.425 Imunização .
N06.850.780.200.425.900 Vacinação .
N06.850.780.680 Prevenção Primária .
N06.850.780.680.310 Imunização .
N06.850.780.680.310.890 Vacinação .
SP4 Saúde Ambiental .
SP4.001 Saúde .
SP4.001.012 Doença Ambiental .
SP4.001.012.178 Vacinação .
SP8 Desastres .
SP8.946 Administração de Desastres .
SP8.946.819 Prevenção e Mitigação .
SP8.946.819.838 Imunização .
SP8.946.819.838.803 Vacinação .
VS2 Vigilância Sanitária de Produtos .
VS2.002 Controle de Medicamentos e Entorpecentes .
VS2.002.001 Preparações Farmacêuticas .
VS2.002.001.010 Produtos Biológicos .
VS2.002.001.010.002 Vacinas .
 
 Termos
 Sinônimos e Históricos
Documentos
LILACS e MDL
 
Vacinas .
Vacina .
Suspensões de micro-organismos atenuados ou mortos (bactérias, vírus, fungos, protozoários), proteínas antigênicas, construções sintéticas ou outros derivados biomoleculares administrados para prevenção, abrandamento ou tratamento de doenças infecciosas ou outras. .
1.00
 
Vacinação .
Imunização Ativa .
Administração de vacinas para estimulação da resposta imune do hospedeiro. Isto inclui qualquer preparação que objetive a profilaxia imunológica ativa. .
0.85
 
Vaccinium .
Airelas .
Arandos .
Mirtilos .
România (Planta) .
Vacínio .
Vaccinium cylindraceum .
Vaccinium padifolium .
Gênero de plantas (família ERICACEAE) conhecido por espécies de frutas comestíveis. .
0.83
 
Vaccinia .
Vacínia .
Reação cutânea e ocasionalmente sistêmica associada com a vacinação em que se usou a VACINA ANTIVARIÓLICA. .
0.83
 
Vacinas de DNA .
Vacinas de DNA Descoberto .
Vacinas de Ácido Nucleico .
Vacinas de Polinucleotídeo .
Vacinas de DNA Recombinante .
VACINAS DE POLINUCLEOTÍDIO .
Vetores de DNA recombinantes encodificando antígenos administrados para prevenção e tratamento da doença. As células hospedeiras incorporam o DNA, expressam o antígeno, e apresentam-no ao sistema imunológico de maneira similar às quais tal passo ocorreria durante uma infecção natural. Isso induz respostas imunológicas humorais e celulares contra os antígenos encodificados. O vetor é chamado DNA nu porque não há necessidade de formulações complexas ou agentes de expedição; o plasmídeo é injetado em salina ou em outros tampões. .
0.73
 
Vacinas Virais .
Suspensões de vírus atenuados ou mortos administradas para prevenção ou tratamento de doença viral infecciosa. .
0.72
 
Vacinas de Produtos Inativados .
Vacinas Inativadas .
Vacinas Mortas .
Vacinas de Microrganismos Inativados .
Vacinas de Microrganismos Mortos .
Vacinas em que os componentes infecciosos dos ácidos nucleicos microbianos foram destruídos por tratamento químico ou físico (p. ex., formalina, beta-propiolactona, radiação gama) sem afetar a antigenicidade ou a imunogenicidade do envelope viral ou das proteínas da membrana externa bacteriana. .
0.69
 
Vacinas Combinadas .
Duas ou mais vacinas [administradas] em uma única forma de dosagem. .
0.69
 
Vacinas contra Cólera .
Vacinas de Cólera .
Vacinas Anticólera .
VACINA CONTRA CÓLERA .
Vacinas ou candidatos a vacinas usados para impedir infecção com VIBRIO CHOLERAE. A vacina original contra cólera consiste em bactérias mortas, mas agora existem outras espécies de vacinas. .
0.68