serw-MX  [xml]  
 


    
 Categorias DeCS

B01 Eucariotos .
B01.650 Plantas .
B01.650.940 Viridiplantae .
B01.650.940.800 Estreptófitas .
B01.650.940.800.575 Embriófitas .
B01.650.940.800.575.912 Traqueófitas .
B01.650.940.800.575.912.250 Magnoliopsida .
B01.650.940.800.575.912.250.044 Anacardiaceae .
D03 Compostos Heterocíclicos .
D03.383 Compostos Heterocíclicos com 1 Anel .
D03.383.663 Piranos .
D03.383.663.283 Benzopiranos .
D03.383.663.283.446 Cumarínicos .
D03.383.663.283.446.794 Furocumarinas .
D03.383.663.283.446.794.300 Quelina .
D03.633 Compostos Heterocíclicos de Anéis Fundidos .
D03.633.100 Compostos Heterocíclicos com 2 Anéis .
D03.633.100.150 Benzopiranos .
D03.633.100.150.446 Cumarínicos .
D03.633.100.150.446.794 Furocumarinas .
D03.633.100.150.446.794.300 Quelina .
D03.633.300 Compostos Heterocíclicos com 3 Anéis .
D03.633.300.770 Furocumarinas .
D03.633.300.770.300 Quelina .
F02 Fenômenos Psicológicos .
F02.830 Psicofisiologia .
F02.830.816 Sensação .
F02.830.816.964 Visão Ocular .
G02 Fenômenos Químicos .
G02.111 Fenômenos Bioquímicos .
G02.111.820 Transdução de Sinais .
G02.111.820.480 Transdução de Sinal Luminoso .
G02.111.820.480.900 Visão Ocular .
G04 Fenômenos Fisiológicos Celulares .
G04.835 Transdução de Sinais .
G04.835.480 Transdução de Sinal Luminoso .
G04.835.480.900 Visão Ocular .
G11 Fenômenos Fisiológicos Musculoesqueléticos e Neurais .
G11.561 Fenômenos Fisiológicos do Sistema Nervoso .
G11.561.790 Sensação .
G11.561.790.964 Visão Ocular .
G14 Fenômenos Fisiológicos Oculares .
G14.935 Visão Ocular .
J01 Tecnologia, Indústria e Agricultura .
J01.637 Manufaturas .
J01.637.847 Produtos para o Abandono do Uso de Tabaco .
N04 Administração de Serviços de Saúde .
N04.590 Administração dos Cuidados ao Paciente .
N04.590.233 Assistência Integral à Saúde .
N04.590.233.727 Atenção Primária à Saúde .
N04.590.233.727.605 Recusa do Médico a Tratar .
N05 Qualidade, Acesso e Avaliação da Assistência à Saúde .
N05.300 Assistência à Saúde .
N05.300.100 Atitude do Pessoal de Saúde .
N05.300.100.675 Recusa do Médico a Tratar .
SP3 Estudos Populacionais em Saúde Pública .
SP3.001 População .
SP3.001.005 Relações Interpessoais .
SP3.001.005.030 Comportamento Social .
SP3.001.005.030.050 Fatores Sociológicos .
SP3.001.005.030.050.010 Cultura .
SP3.001.005.030.050.010.015 Cosmovisão .
VS4 Vigilância Sanitária Ambiental .
VS4.002 Vigilância em Saúde do Trabalhador .
 
 Termos
 Sinônimos e Históricos
Documentos
LILACS e MDL
 
Cosmovisão .
Concepção de Mundo .
Concepção do Mundo .
Concepção Global do Mundo .
Mundividência .
Weltanschauung .
Visão Abarcante do Mundo .
Visão Abrangente do Mundo .
Cosmovisões .
1. Maneira subjetiva de ver e entender o mundo, especialmente as relações humanas e os papéis dos indivíduos e o seu próprio na sociedade, assim como as respostas a questões filosóficas básicas, como a finalidade da existência humana, a existência de vida após a morte etc.; visão de mundo. 2. Modo particular de perceber o mundo, geralmente, tendo em conta as relações humanas, buscando entender questões filosóficas (existência humana, vida após a morte etc.); concepção ou visão de mundo. (Fonte: Dionário Online de Português. 7Graus. Disponível em: https://www.dicio.com.br/cosmovisao/) 3. É a orientação cognitiva fundamental de um indivíduo ou de toda uma sociedade. Essa orientação abrange tanto sua filosofia natural quanto os seus valores fundamentais, existenciais e normativos. E também seus postulados ou temas, emoções, e sua ética. Outro sentido do termo é o de uma imagem do mundo imposta ao povo de uma nação ou comunidade, isto é, uma ideologia. O termo é um calco linguístico da palavra de origem alemã que significa literalmente visão de mundo ou cosmovisão. Essa palavra alemã é adotada regularmente em diversas línguas para expressar esses significados. Suas origens etimológicas remetem ao século XVIII. Ela é um conceito fundamental na filosofia e epistemologia alemã e se refere à uma percepção de mundo ampla. Adicionalmente, ela se refere ao quadro de ideias e crenças pelas quais um indivíduo interpreta o mundo e interage com ele. (Fonte: Wikipedia em português. Disponível em: https://pt.wikipedia.org/wiki/Weltanschauung) .
0.89
70
 
Visão Ocular .
Visão .
Transdução Visual .
Processo no qual sinais luminosos são transformados por CÉLULAS FOTORRECEPTORAS em sinais elétricos que podem, então, ser transmitidos ao encéfalo. .
0.41
18718428
 
Vigilância em Saúde do Trabalhador .
VISAT .
Vigilância da Saúde do Trabalhador .
Compreende uma atuação contínua e sistemática, ao longo do tempo, no sentido de detectar, conhecer, pesquisar e analisar os fatores determinantes e condicionantes dos agravos à saúde relacionados aos processos e ambientes de trabalho, em seus aspectos tecnológico, social, organizacional e epidemiológico, com a finalidade de planejar, executar e avaliar intervenções sobre esses aspectos, de forma a eliminá-los ou controlá-los. .
0.39
870
 
Quelina .
Visamin .
Vasodilatador que também tem ação broncodilatadora. Tem sido empregado no tratamento da angina pectoris, no tratamento da asma e, em conjunto com a luz ultravioleta A, tem sido tentada no tratamento do vitiligo. .
0.36
0172
 
Produtos para o Abandono do Uso de Tabaco .
Produtos para o Abandono do Tabagismo .
Itens usados para por fim ao hábito do TABAGISMO. .
0.35
 
Recusa do Médico a Tratar .
Abandono do Paciente .
Abandono do Paciente pelo Médico .
Abandono do Paciente pelo Profissional de Saúde .
Paciente Abandonado .
Recusa do profissional de saúde em iniciar ou continuar o tratamento de um paciente ou grupo de pacientes. A recusa pode ser baseada em alguma razão, mas o risco de transmissão de doenças como no caso da AIDS é um motivo premente. .
0.34
872828
 
Anacardiaceae .
Anacardiáceas .
Abaraíba .
Aguaraibá-Guaçu .
Araroeira .
Aroeira .
Aroeira-do-Amazonas .
Aroeira-Folha-de-Salso .
Aroeira-Vermelha .
Corneíba .
Pimenteira do Peru .
Cotinus .
Lannea .
Lithrea .
Marula .
Pimenteira Brasileira .
Pimenteira da Califórnia .
Schinus .
Sclerocarya .
Spondias .
Lannae .
Família da planta "Sumagre" (ordem Sapindales, subclasse Rosidae e classe Magnoliopsida) cujas árvores, arbustos e trepadeiras tropicais e subtropicais possuem canais resinosos na casca. A seiva de muitas espécies é irritante para a pele. .
0.34
96431