serw-MX  [xml]  
 


    
 Categorias DeCS

C05 Doenças Musculoesqueléticas .
C05.116 Doenças Ósseas .
C05.116.198 Doenças Ósseas Metabólicas .
C05.116.198.709 Pseudo-Hipoparatireoidismo .
C05.116.198.816 Raquitismo .
C05.116.198.816.750 Distúrbio Mineral e Ósseo na Doença Renal Crônica .
C12 Doenças Urogenitais Masculinas .
C12.777 Doenças Urológicas .
C12.777.419 Nefropatias .
C12.777.419.795 Distúrbio Mineral e Ósseo na Doença Renal Crônica .
C13 Doenças Urogenitais Femininas e Complicações na Gravidez .
C13.351 Doenças Urogenitais Femininas .
C13.351.968 Doenças Urológicas .
C13.351.968.419 Nefropatias .
C13.351.968.419.795 Distúrbio Mineral e Ósseo na Doença Renal Crônica .
C16 Doenças e Anormalidades Congênitas, Hereditárias e Neonatais .
C16.320 Doenças Genéticas Inatas .
C16.320.565 Erros Inatos do Metabolismo .
C16.320.565.618 Erros Inatos do Metabolismo dos Metais .
C16.320.565.618.815 Pseudo-Hipoparatireoidismo .
C18 Doenças Nutricionais e Metabólicas .
C18.452 Doenças Metabólicas .
C18.452.104 Doenças Ósseas Metabólicas .
C18.452.104.709 Pseudo-Hipoparatireoidismo .
C18.452.104.816 Raquitismo .
C18.452.104.816.750 Distúrbio Mineral e Ósseo na Doença Renal Crônica .
C18.452.174 Distúrbios do Metabolismo do Cálcio .
C18.452.174.766 Pseudo-Hipoparatireoidismo .
C18.452.174.845 Raquitismo .
C18.452.174.845.750 Distúrbio Mineral e Ósseo na Doença Renal Crônica .
C18.452.648 Erros Inatos do Metabolismo .
C18.452.648.618 Erros Inatos do Metabolismo dos Metais .
C18.452.648.618.815 Pseudo-Hipoparatireoidismo .
C18.654 Transtornos Nutricionais .
C18.654.521 Desnutrição .
C18.654.521.500 Deficiências Nutricionais .
C18.654.521.500.133 Deficiência de Vitaminas .
C18.654.521.500.133.770 Deficiência de Vitamina D .
C18.654.521.500.133.770.734 Raquitismo .
C18.654.521.500.133.770.734.750 Distúrbio Mineral e Ósseo na Doença Renal Crônica .
C19 Doenças do Sistema Endócrino .
C19.642 Doenças das Paratireoides .
C19.642.355 Hiperparatireoidismo .
C19.642.355.239 Hiperparatireoidismo Primário .
C19.642.355.480 Hiperparatireoidismo Secundário .
C19.642.355.480.500 Distúrbio Mineral e Ósseo na Doença Renal Crônica .
C19.642.482 Hipoparatireoidismo .
C19.874 Doenças da Glândula Tireoide .
C19.874.397 Hipertireoidismo .
C19.874.482 Hipotireoidismo .
 
 Termos
 Sinônimos e Históricos
Documentos
LILACS e MDL
 
Hiperparatireoidismo .
Afecção caracterizada pela produção anormalmente elevada de HORMÔNIO PARATIREÓIDEO (ou HPT) que dispara respostas que elevam o nível de CÁLCIO no sangue. É caracterizado por HIPERCALCEMIA e REABSORÇÃO ÓSSEA eventualmente levando a doenças ósseas. O HIPERPARATIREOIDISMO PRIMÁRIO é causado por HIPERPLASIA paratireoidiana ou NEOPLASIAS DAS PARATIREOIDES. O HIPERPARATIREOIDISMO SECUNDÁRIO é aumentado pela secreção de HPT em resposta a HIPOCALCEMIA, causada geralmente por NEFROPATIAS crônicas. .
0.74
27912167
 
Hiperparatireoidismo Secundário .
Secreção anormalmente elevada do HORMÔNIO PARATIREÓIDEO, em resposta a HIPOCALCEMIA. Causado por FALÊNCIA RENAL crônica ou outras anormalidades no controle dos metabolismos ósseo e mineral, levando a várias DOENÇAS ÓSSEAS, como OSTEODISTROFIA RENAL. .
0.46
1485027
 
Hiperparatireoidismo Primário .
Afecção de liberação anormalmente elevada do HORMÔNIO PARATIREÓIDEO devido a uma HIPERPLASIA da paratireoide ou NEOPLASIAS DAS PARATIREOIDES. Caracteriza-se pela combinação de HIPERCALCEMIA, fosfatúria, maior síntese renal de 1,25-DIIDROXIVITAMINA D3 e maior REABSORÇÃO ÓSSEA. .
0.45
1012171
 
Hipoparatireoidismo .
Afecção causada por deficiência do HORMÔNIO PARATIREÓIDEO (ou HPT). É caracterizado por HIPOCALCEMIA (que leva a TETANIA) e hiperfosfatemia. A forma adquirida é devida a remoção ou lesão nas GLÂNDULAS PARATIREOIDES. A forma congênita é devida a mutação em genes como TBX1 (ver SÍNDROME DE DIGEORGE), CASR que codifica os RECEPTORES DE DETECÇÃO DE CÁLCIO, ou PTH que codifica hormônio paratireóideo. .
0.44
963671
 
Hipertireoidismo .
Hipersecreção dos HORMÔNIOS TIREÓIDEOS, produzidos pela GLÂNDULA TIREOIDE. Níveis elevados destes hormônios aceleram a taxa (ritmo) do METABOLISMO BASAL. .
0.42
60919664
 
Hipotireoidismo .
Hipotireoidismo Central .
Hipotireoidismo Secundário .
Hipotireoidismo Primário .
Síndrome resultante da secreção anormalmente baixa dos HORMÔNIOS TIREÓIDEOS da GLÂNDULA TIREOIDE, levando a uma diminuição do METABOLISMO BASAL. Em sua forma mais grave, ocorre o acúmulo de MUCOPOLISSACARÍDEOS na PELE, causando um EDEMA conhecido como MIXEDEMA. Pode ser primário ou secundário devido a outras doenças da HIPÓFISE ou disfunção do hipotálamo. .
0.37
92523840
 
Pseudo-Hipoparatireoidismo .
Síndrome hereditária clinicamente parecida com HIPOPARATIREOIDISMO. É caracterizada por HIPOCALCEMIA, HIPERFOSFATEMIA e dano ao desenvolvimento do esqueleto e causada por falha na resposta ao HORMÔNIO PARATIREOIDE, mais do que por deficiências propriamente ditas. Uma forma grave com resistência a múltiplos hormônios é denominada Tipo 1a e está associada com o alelo mutante de herança materna do gene que codifica pelo menos uma das SUBUNIDADES ALFA DE PROTEÍNAS DE LIGAÇÃO AO GTP. .
0.35
191300
 
Distúrbio Mineral e Ósseo na Doença Renal Crônica .
Distúrbio Mineral e Ósseo da Doença Renal Crônica .
Distúrbio Mineral e Ósseo-Doença Crônica do Rim .
Distúrbio Mineral e Ósseo-Doença Renal Crônica .
Distúrbio do Metabolismo Mineral e Ósseo Decorrente da Doença Renal Crônica .
Doença Crônica do Rim-Distúrbio Mineral e Ósseo .
Doença Crônica do Rim-Transtorno Mineral e Ósseo .
DMO-DRC .
CKD-MBD .
Doença Óssea na Doença Renal Crônica .
Doença Renal Crônica-Transtorno Mineral e Ósseo .
Doença Renal Crônica Associada à Doença Mineral Óssea .
Osteodistrofia Renal .
Raquitismo Renal .
Transtorno Mineral e Ósseo da Doença Renal Crônica .
Transtorno Mineral e Ósseo na Doença Renal Crônica .
Transtorno Mineral e Ósseo-Doença Crônica do Rim .
Descalcificação óssea ou desenvolvimento anormal do osso devido a NEFROPATIAS crônicas, nas quais a síntese da 1,25-DI-HIDROXIVITAMINA D 3 pelos rins está comprometida, levando a uma menor retroalimentação negativa sobre o HORMÔNIO PARATIREÓIDEO. O HIPERPARATIREOIDISMO SECUNDÁRIO resultante acarreta distúrbios ósseos. .
0.35
1123035