serw-MX  [xml]  
 


    
 Categorias DeCS

C02 Viroses .
C02.782 Infecções por Vírus de RNA .
C02.782.815 Infecções por Retroviridae .
C02.782.815.200 Infecções por Deltaretrovirus .
C02.782.815.200.470 Infecções por HTLV-I .
C02.782.815.200.470.710 Paraparesia Espástica Tropical .
C10 Doenças do Sistema Nervoso .
C10.228 Doenças do Sistema Nervoso Central .
C10.228.228 Infecções do Sistema Nervoso Central .
C10.228.228.618 Mielite .
C10.228.228.618.500 Paraparesia Espástica Tropical .
C10.228.854 Doenças da Medula Espinal .
C10.228.854.525 Mielite .
C10.228.854.525.700 Paraparesia Espástica Tropical .
D08 Enzimas e Coenzimas .
D08.811 Enzimas .
D08.811.520 Liases .
D08.811.520.300 Liases de Carbono-Enxofre .
D08.811.520.300.500 Lactoilglutationa Liase .
D10 Lipídeos .
D10.532 Lipoproteínas .
D10.532.091 Apolipoproteínas .
D10.532.091.200 Apolipoproteínas A .
D10.532.091.200.100 Apolipoproteína A-I .
D12 Aminoácidos, Peptídeos e Proteínas .
D12.776 Proteínas .
D12.776.070 Apoproteínas .
D12.776.070.400 Apolipoproteínas .
D12.776.070.400.200 Apolipoproteínas A .
D12.776.070.400.200.100 Apolipoproteína A-I .
D12.776.124 Proteínas Sanguíneas .
D12.776.124.270 Fibrina .
D12.776.395 Glicoproteínas .
D12.776.395.550 Glicoproteínas de Membrana .
D12.776.395.550.489 Antígenos de Histocompatibilidade Classe I .
D12.776.395.550.509 Antígenos de Histocompatibilidade Classe II .
D12.776.521 Lipoproteínas .
D12.776.521.120 Apolipoproteínas .
D12.776.521.120.200 Apolipoproteínas A .
D12.776.521.120.200.100 Apolipoproteína A-I .
D12.776.543 Proteínas de Membrana .
D12.776.543.550 Glicoproteínas de Membrana .
D12.776.543.550.439 Antígenos de Histocompatibilidade Classe I .
D12.776.543.550.440 Antígenos de Histocompatibilidade Classe II .
D23 Fatores Biológicos .
D23.050 Antígenos .
D23.050.285 Antígenos de Neoplasias .
D23.050.285.050 Antígenos Glicosídicos Associados a Tumores .
D23.050.301 Antígenos de Superfície .
D23.050.301.500 Antígenos de Histocompatibilidade .
D23.050.301.500.100 Antígenos de Histocompatibilidade Classe I .
D23.050.301.500.400 Antígenos de Histocompatibilidade Classe II .
D23.050.550 Epitopos .
D23.050.550.325 Antígenos Glicosídicos Associados a Tumores .
D23.050.705 Isoantígenos .
D23.050.705.552 Antígenos de Histocompatibilidade .
D23.050.705.552.100 Antígenos de Histocompatibilidade Classe I .
D23.050.705.552.410 Antígenos de Histocompatibilidade Classe II .
D23.101 Biomarcadores .
D23.101.140 Biomarcadores Tumorais .
D23.101.140.075 Antígenos Glicosídicos Associados a Tumores .
G05 Fenômenos Genéticos .
G05.360 Estruturas Genéticas .
G05.360.340 Genoma .
G05.360.340.024 Componentes Genômicos .
G05.360.340.024.340 Genes .
G05.360.340.024.340.610 Complexo Principal de Histocompatibilidade .
G05.360.340.024.340.610.595 Genes MHC Classe I .
G05.360.340.024.380 Loci Gênicos .
G05.360.340.024.380.500 Complexo Principal de Histocompatibilidade .
G05.360.340.024.380.500.595 Genes MHC Classe I .
G12 Fenômenos do Sistema Imunológico .
G12.500 Fenômenos Imunogenéticos .
G12.500.500 Complexo Principal de Histocompatibilidade .
G12.500.500.595 Genes MHC Classe I .
 
 Termos
 Sinônimos e Históricos
Documentos
LILACS e MDL
 
Antígenos Glicosídicos Associados a Tumores .
Antígenos Glicosídicos Associados ao Câncer .
Antígenos Carboidratos Associados a Tumores .
Antígenos CA .
ANTÍGENOS CARBOIDRATOS ASSOCIADOS AO CÂNCER .
Antígenos glicosídicos expressos por tecidos malignos. Estes antígenos são úteis como marcadores tumorais e podem ser quantificados no soro com anticorpos monoclonais por meio da técnica de radioimunoensaio. .
0.57
275102
 
Antígenos de Histocompatibilidade Classe I .
Antígenos Classe I .
Glicoproteínas de membrana que consistem de uma subunidade alfa e uma subunidade beta de BETA 2-MICROGLOBULINA. Em humanos, genes altamente polimórficos no CROMOSSOMO 6 codificam as subunidades alfa dos antígenos classe I e desempenham um papel importante na determinação da especificidade dos antígenos de superfície. Antígenos de classe I são encontrados na maioria das células nucleadas e são geralmente detectadas por meio de sua reatividade com aloantissoro. Estes antígenos são reconhecidos durante a REJEIÇÃO DE ENXERTO e restringem a lise, mediada por células, de células infectadas por vírus. .
0.46
4217922
 
Lactoilglutationa Liase .
Glioxalase I .
Metilglioxalase .
Lactoil Glutationa Liase .
Enzima que catalisa a interconversão de metilglioxal e lactato, com glutationa servindo de coenzima. EC 4.4.1.5. .
0.42
31091
 
Genes MHC Classe I .
Genes Classe I .
Genes H-2 de Classe I .
Genes H-2 Classe I .
Genes Classe I do Complexo H2 .
Genes do Complexo H2 de Classe I .
Genes HLA de Classe I .
Genes HLA Classe I .
Genes do Complexo HLA Classe I .
Genes do Complexo HLA de Classe I .
Genes Classe I do Complexo HLA .
Genes MHC de Classe I .
Genes do MHC Classe I .
Genes MHC da Classe I .
Genes do Complexo de Histocompatibilidade Classe I .
Genes do Complexo de Histocompatibilidade (MHC) Classe I .
Genes Classe I do Complexo de Histocompatibilidade (MHC) .
Genes Classe I do Complexo Principal de Histocompatibilidade (MHC) .
Genes do Complexo de Histocompatibilidade Principal Classe I .
Loci genéticos dos complexos de histocompatibilidade principal de vertebrados, que codificam características polimórficas não relacionadas com a responsividade imune ou com a atividade do complemento, p.ex., genes dos loci B (galinha), DLA (cão), GPLA (cobaia), H-2 (camundongo), RT-1 (rato), e HLA classe A, -B e -C (humanos). .
0.40
354059
 
Fibrina .
Antitrombina I .
Proteína derivada do FIBRINOGÊNIO na presença de TROMBINA, que forma parte do coágulo sanguíneo. .
0.40
9912888
 
Paraparesia Espástica Tropical .
Paraplegia Espástica Tropical .
Paraparesia Tropical Espástica .
Mielopatia Associada ao HTLV-I .
Mieloneuropatia paralítica e subaguda que ocorre de modo endêmico em áreas tropicais, como Caribe, Colômbia, Índia e África, bem como nas regiões sudoeste do Japão. Está associada com infecções por VÍRUS I DA LEUCEMIA DE CÉLULAS T HUMANAS. As manifestações clínicas incluem uma fraqueza espástica lentamente progressiva das pernas, aumento dos reflexos, sinais de Babinski, incontinência e perda das sensações vibratória e de posição. Lesões necróticas, de desmielinização e inflamatórias podem ser encontradas na medula espinhal ao exame patológico. (Tradução livre do original: Adams et al., Principles of Neurology, 6th ed, p1239) .
0.38
 
Antígenos de Histocompatibilidade Classe II .
Antígenos Tipo Ia .
Antígenos Similares a Ia .
Antígenos de Resposta Imune .
Antígenos Classe II .
Antígenos Ia .
Antígenos Ia-like .
Antígenos Imuno-Associados .
Antígenos de Resposta Imune Associados .
Grandes glicoproteínas (alfa e beta) transmembranas ligadas não covalentemente. As duas cadeias podem ser polimórficas embora haja mais variação estrutural nas cadeias beta. Os antígenos classe II no homem são chamados ANTÍGENOS HLA-D e são codificados por um gene do cromossomo 6. Nos camundongos, dois genes (IA e IE) do cromossomo 17 codificam os antígenos H-2. Os antígenos são encontrados nos linfócitos B, nos macrófagos, nas células da epiderme, e no esperma e acredita-se que mediem a competência celular e sua cooperação na resposta imune. O termo antígenos IA era usado para se referir somente às proteínas codificadas pelos genes IA no camundongo, mas agora é usado como termo genérico para qualquer antígeno de histocompatibilidade classe II. .
0.38
11221458
 
Apolipoproteína A-I .
Apo A-I .
Componente proteico mais abundante das LIPOPROTEÍNAS HDL. Esta proteína atua como aceptor do COLESTEROL liberado das células, promovendo o efluxo do colesterol para o HDL e depois para o FÍGADO, para ser excretado (transporte reverso do colesterol). Atua também como cofator da LECITINA COLESTEROL ACILTRANSFERASE, que forma ÉSTERES DE COLESTEROL nas partículas de HDL. As mutações no gene APOA1 causam deficiência de HDL, como na doença familiar de deficiência da alfa lipoproteína e em alguns pacientes com a DOENÇA DE TANGIER. .
0.38
507940