serw-MX  [xml]  
 


    
 Categorias DeCS

D27 Ações Químicas e Utilizações .
D27.505 Ações Farmacológicas .
D27.505.519 Mecanismos Moleculares de Ação Farmacológica .
D27.505.519.625 Neurotransmissores .
D27.505.519.625.050 Adrenérgicos .
D27.505.519.625.050.200 Antagonistas Adrenérgicos .
D27.505.519.625.120 Colinérgicos .
D27.505.519.625.120.140 Agonistas Colinérgicos .
D27.505.519.625.120.140.500 Agonistas Muscarínicos .
D27.505.519.625.120.140.700 Agonistas Nicotínicos .
D27.505.519.625.120.200 Antagonistas Colinérgicos .
D27.505.519.625.150 Dopaminérgicos .
D27.505.519.625.150.175 Antagonistas de Dopamina .
D27.505.519.625.725 Purinérgicos .
D27.505.519.625.725.400 Antagonistas Purinérgicos .
D27.505.696 Efeitos Fisiológicos de Drogas .
D27.505.696.577 Neurotransmissores .
D27.505.696.577.050 Adrenérgicos .
D27.505.696.577.050.200 Antagonistas Adrenérgicos .
D27.505.696.577.120 Colinérgicos .
D27.505.696.577.120.140 Agonistas Colinérgicos .
D27.505.696.577.120.140.500 Agonistas Muscarínicos .
D27.505.696.577.120.140.700 Agonistas Nicotínicos .
D27.505.696.577.120.200 Antagonistas Colinérgicos .
D27.505.696.577.150 Dopaminérgicos .
D27.505.696.577.150.175 Antagonistas de Dopamina .
D27.505.696.577.725 Purinérgicos .
D27.505.696.577.725.400 Antagonistas Purinérgicos .
 
 Termos
 Sinônimos e Históricos
Documentos
LILACS e MDL
 
Antagonistas Colinérgicos .
Antagonistas da Acetilcolina .
Agentes Anticolinérgicos .
Agentes Bloqueadores Colinérgicos .
Colinolíticos .
Antagonista Colinérgico .
Drogas que se ligam a RECEPTORES COLINÉRGICOS, mas não os ativam, bloqueando assim as ações da ACETILCOLINA ou de agonistas colinérgicos. .
0.89
914089
 
/antagonistas & inibidores .
/antagonistas e inibidores .
/antagonistas .
/inibidores .
Usado com compostos químicos, fármacos e substâncias endógenas para indicar substâncias ou agentes que neutralizam seus efeitos biológicos por qualquer mecanismo. .
0.71
 
Agonistas Colinérgicos .
Agonista Colinérgico .
Agonistas da Acetilcolina .
Drogas que se ligam a receptores colinérgicos ativando-os. .
0.70
182015
 
Antagonistas Adrenérgicos .
Agentes Bloqueadores Adrenérgicos .
Agentes Adrenérgico-Bloqueadores .
Adrenolíticos .
Agentes Antiadrenérgicos .
Fármacos que se ligam aos RECEPTORES ADRENÉRGICOS sem ativá-los. Os antagonistas adrenérgicos bloqueiam as ações dos transmissores adrenérgicos endógenos EPINEFRINA e NOREPINEFRINA. .
0.60
20990
 
Antagonistas Purinérgicos .
Drogas que se ligam a RECEPTORES PURINÉRGICOS e bloqueiam sua ativação. .
0.60
3429
 
Agonistas Nicotínicos .
Agonistas Colinérgicos Nicotínicos .
Drogas que se ligam a receptores colinérgicos nicotínicos ativando-os (RECEPTORES NICOTÍNICOS). Os agonistas nicotínicos agem sobre receptores nicotínicos pós-ganglionares, junções neuroefetoras no sistema nervoso periférico e receptores nicotínicos no sistema nervoso central. Drogas que funcionam como agentes bloqueadores despolarizantes neuromusculares estão incluídas neste grupo porque ativam os receptores nicotínicos, embora na clínica sejam usados para bloquear a transmissão nicotínica. .
0.58
296662
 
Agonistas Muscarínicos .
Agonistas Colinérgicos Muscarínicos .
Drogas que se ligam a receptores colinérgicos muscarínicos ativando-os (RECEPTORES MUSCARÍNICOS). Agonistas muscarínicos são os mais frequentemente usados quando se deseja aumentar o tônus da musculatura lisa, especialmente no trato gastrointestinal, na bexiga urinária e no olho. Também podem ser usados para diminuir o ritmo cardíaco. .
0.58
333673
 
Antagonistas de Dopamina .
Antagonistas dos Receptores de Dopamina .
Antagonistas Dopaminérgicos .
Drogas que se ligam, mas não ativam os RECEPTORES DA DOPAMINA, bloqueando assim as ações da dopamina ou de agonistas exógenos. Muitas drogas usadas no tratamento de transtornos psicóticos (AGENTES ANTIPSICÓTICOS) são antagonistas da dopamina, embora seus efeitos terapêuticos possam ser devido a ajustes encefálicos a longo prazo do que a efeitos agudos do bloqueio dos receptores da dopamina. Os antagonistas da dopamina têm sido usados para vários outros objetivos clínicos, inclusive como ANTIEMÉTICOS, no tratamento da síndrome de Tourette, e para soluço. O bloqueio do receptor da dopamina está associado com a SÍNDROME MALIGNA NEUROLÉPTICA. .
0.57
4510087