serw-MX  [xml]  
 


    
 Categorias DeCS

A08 Sistema Nervoso .
A08.186 Sistema Nervoso Central .
A08.186.211 Encéfalo .
B01 Eucariotos .
B01.650 Plantas .
B01.650.940 Viridiplantae .
B01.650.940.800 Estreptófitas .
B01.650.940.800.575 Embriófitas .
B01.650.940.800.575.912 Traqueófitas .
B01.650.940.800.575.912.250 Magnoliopsida .
B01.650.940.800.575.912.250.583 Lamiales .
B01.650.940.800.575.912.250.583.520 Lamiaceae .
B01.650.940.800.575.912.250.583.520.455 Lycopus .
C10 Doenças do Sistema Nervoso .
C10.228 Doenças do Sistema Nervoso Central .
C10.228.140 Encefalopatias .
C10.228.140.199 Lesões Encefálicas .
C10.228.140.199.444 Lesões Encefálicas Traumáticas .
C10.228.140.199.444.250 Concussão Encefálica .
C10.228.140.430 Encefalite .
C10.900 Traumatismos do Sistema Nervoso .
C10.900.300 Traumatismos Craniocerebrais .
C10.900.300.087 Lesões Encefálicas .
C10.900.300.087.235 Lesões Encefálicas Traumáticas .
C10.900.300.087.235.250 Concussão Encefálica .
C10.900.300.350 Traumatismos Cranianos Fechados .
C10.900.300.350.300 Concussão Encefálica .
C26 Ferimentos e Lesões .
C26.915 Traumatismos do Sistema Nervoso .
C26.915.300 Traumatismos Craniocerebrais .
C26.915.300.200 Lesões Encefálicas .
C26.915.300.200.194 Lesões Encefálicas Traumáticas .
C26.915.300.200.194.250 Concussão Encefálica .
C26.915.300.450 Traumatismos Cranianos Fechados .
C26.915.300.450.500 Concussão Encefálica .
C26.974 Ferimentos não Penetrantes .
C26.974.382 Traumatismos Cranianos Fechados .
C26.974.382.200 Concussão Encefálica .
D02 Compostos Orgânicos .
D02.092 Aminas .
D02.092.877 Compostos de Amônio Quaternário .
D02.092.877.883 Compostos de Trimetil Amônio .
D02.092.877.883.077 Betaína .
D02.675 Oniocompostos .
D02.675.276 Compostos de Amônio Quaternário .
D02.675.276.125 Betaína .
D12 Aminoácidos, Peptídeos e Proteínas .
D12.644 Peptídeos .
D12.644.400 Neuropeptídeos .
D12.644.400.575 Peptídeos Opioides .
D12.644.400.575.281 Encefalinas .
D12.776 Proteínas .
D12.776.631 Proteínas do Tecido Nervoso .
D12.776.631.650 Neuropeptídeos .
D12.776.631.650.575 Peptídeos Opioides .
D12.776.631.650.575.281 Encefalinas .
E01 Diagnóstico .
E01.370 Técnicas e Procedimentos Diagnósticos .
E01.370.376 Técnicas de Diagnóstico Neurológico .
E01.370.376.300 Eletroencefalografia .
E01.370.376.300.150 Ondas Encefálicas .
E01.370.405 Eletrodiagnóstico .
E01.370.405.245 Eletroencefalografia .
E01.370.405.245.287 Ondas Encefálicas .
G07 Fenômenos Fisiológicos .
G07.265 Fenômenos Eletrofisiológicos .
G07.265.087 Ondas Encefálicas .
G11 Fenômenos Fisiológicos Musculoesqueléticos e Neurais .
G11.561 Fenômenos Fisiológicos do Sistema Nervoso .
G11.561.127 Ondas Encefálicas .
N03 Economia e Organizações de Saúde .
N03.706 Controle Social Formal .
N03.706.110 Credenciamento .
N03.706.110.510 Licenciamento .
N05 Qualidade, Acesso e Avaliação da Assistência à Saúde .
N05.700 Garantia da Qualidade dos Cuidados de Saúde .
N05.700.200 Credenciamento .
N05.700.200.450 Licenciamento .
SP9 Direito Sanitário .
SP9.030 Direito Administrativo .
SP9.030.010 Administração Pública .
SP9.030.010.010 Atos Administrativos .
SP9.030.010.010.090 Licenciamento .
 
 Termos
 Sinônimos e Históricos
Documentos
LILACS e MDL
 
Concussão Encefálica .
Comoção Cerebral .
Concussão Cerebral .
Comoção Encefálica .
Termo não específico usado para descrever alterações transitórias ou perda de consciência após traumatismos cranianos fechados. A duração da INCONSCIÊNCIA geralmente dura alguns segundos, porém podendo persistir por várias horas. As concussões podem ser classificadas como leve, intermediária e severa. Os períodos prolongados de inconsciência (geralmente definidos como maior que 6 horas de duração) podem ser referidos como COMA PÓS-TRAUMATISMO DA CABEÇA. (Tradução livre do original: Rowland, Merritt's Textbook of Neurology, 9th ed, p418) .
0.52
 
Encéfalo .
1) A parte do SISTEMA NERVOSO CENTRAL contida no CRÂNIO. O encéfalo embrionário surge do TUBO NEURAL, sendo composto de três partes principais, incluindo o PROSENCÉFALO (cérebro anterior), o MESENCÉFALO (cérebro médio) e o ROMBENCÉFALO (cérebro posterior). O encéfalo desenvolvido consiste em CÉREBRO, CEREBELO e outras estruturas do TRONCO ENCEFÁLICO. 2) Conjunto de órgãos do sistema nervoso central que compreende o cérebro, o cerebelo, a protuberância anular (ou ponte de Varólio) e a medula oblonga, estando todos contidos na caixa craniana e protegidos pela meninges e pelo líquido cefalorraquidiano. É a maior massa de tecido nervoso do organismo e contém bilhões de células nervosas. Seu peso médio, em um adulto, é da ordem de 1.360 g, nos homens e 1.250 g nas mulheres. Embriologicamente, corresponde ao conjunto de prosencéfalo, mesencéfalo e rombencéfalo. Seu crescimento é rápido entre o quinto ano de vida e os vinte anos. Na velhice diminui de peso. Inglês: encephalon, brain. (Rey, L. 1999. Dicionário de Termos Técnicos de Medicina e Saúde, 2a. ed. Editora Guanabara Koogan S.A. Rio de Janeiro) .
0.44
 
Ondas Encefálicas .
Ondas Cerebrais .
Oscilações semelhantes a ondas da diferença de potencial elétrico entre as partes do cérebro gravadas por eletroencefalografia. .
0.42
92645
 
Licenciamento .
Autorização Formal .
Concessão de Licenças .
Licenciado .
Licença para Pessoal Institucional .
Licença .
Licenças .
Permissão Formal .
Habilitação Formal .
Permissões .
Autorização .
Permissão .
A autoridade legal ou permissão formal de autoridades para continuar certas atividades que por lei ou regulamento requerem tal permissão. Pode ser aplicado a licenciamento de instituições como também de indivíduos. .
0.42
785969
 
Betaína .
Licina .
Oxineurina .
Composto encontrado na natureza que levantou interesse por seu papel na osmorregulação. Como droga, o cloridrato de betaína foi utilizado como fonte de ácido clorídrico no tratamento da hipocloridria. Betaína foi também utilizada no tratamento de doenças hepáticas, da hipercalemia, da homocistinuria e em distúrbios gastrointestinais. (Tradução livre do original: Martindale, The Extra Pharmacopoeia, 30th ed, p1341) .
0.41
123066
 
Encefalinas .
Uma das três principais famílias de peptídeos opioides endógenos. As encefalinas são pentapeptídeos que se encontram amplamente distribuídos nos sistemas nervosos central e periférico e na medula da adrenal. .
0.41
148739
 
Encefalite .
Inflamação do Encéfalo .
Síndrome de Rasmussen .
Inflamação do ENCÉFALO produzida por infecção, processos autoimunes, toxinas e outras afecções. As infecções virais (ver ENCEFALITE VIRAL) são causas relativamente frequentes desta afecção. .
0.40
31212908
 
Lycopus .
Lícopo .
Marroio-d'Água .
Lycopus americanus .
Erva-Consólida .
Gênero de plantas (família LAMIACEAE) contendo ácido rosmarínico e diterpenoides isopimarana que tem sido utilizado na medicina popular para HIPERTIREOIDISMO. .
0.40
231
 
Lesões Encefálicas .
Lesões Cerebrais .
Lesão Cerebral .
Lesão Encefálica .
Lacerações Encefálicas .
Lacerações Cerebrais .
Lesões agudas e crônicas (ver também LESÃO ENCEFÁLICA) ao encéfalo, incluindo os hemisférios cerebrais, CEREBELO e TRONCO CEREBRAL. As manifestações clínicas dependem da natureza da lesão. O trauma difuso ao encéfalo é frequentemente associado com LESÃO AXONAL DIFUSA ou COMA PÓS-TRAUMÁTICO. As lesões localizadas podem estar associadas com MANIFESTAÇÕES NEUROCOMPORTAMENTAIS; HEMIPARESIA ou outras deficiências neurológicas focais. .
0.39
49145638