serw-MX  [xml]  
 


    
 Categorias DeCS

C05 Doenças Musculoesqueléticas .
C05.116 Doenças Ósseas .
C05.116.198 Doenças Ósseas Metabólicas .
C05.116.198.371 Mucolipidoses .
C10 Doenças do Sistema Nervoso .
C10.228 Doenças do Sistema Nervoso Central .
C10.228.140 Encefalopatias .
C10.228.140.163 Encefalopatias Metabólicas .
C10.228.140.163.100 Encefalopatias Metabólicas Congênitas .
C10.228.140.163.100.435 Doenças por Armazenamento dos Lisossomos do Sistema Nervoso .
C10.228.140.163.100.435.590 Mucolipidoses .
C10.292 Doenças dos Nervos Cranianos .
C10.292.650 Doenças do Nervo Olfatório .
C16 Doenças e Anormalidades Congênitas, Hereditárias e Neonatais .
C16.320 Doenças Genéticas Inatas .
C16.320.565 Erros Inatos do Metabolismo .
C16.320.565.189 Encefalopatias Metabólicas Congênitas .
C16.320.565.189.435 Doenças por Armazenamento dos Lisossomos do Sistema Nervoso .
C16.320.565.189.435.590 Mucolipidoses .
C16.320.565.202 Erros Inatos do Metabolismo dos Carboidratos .
C16.320.565.202.670 Mucolipidoses .
C16.320.565.595 Doenças por Armazenamento dos Lisossomos .
C16.320.565.595.554 Doenças por Armazenamento dos Lisossomos do Sistema Nervoso .
C16.320.565.595.554.590 Mucolipidoses .
C18 Doenças Nutricionais e Metabólicas .
C18.452 Doenças Metabólicas .
C18.452.132 Encefalopatias Metabólicas .
C18.452.132.100 Encefalopatias Metabólicas Congênitas .
C18.452.132.100.435 Doenças por Armazenamento dos Lisossomos do Sistema Nervoso .
C18.452.132.100.435.590 Mucolipidoses .
C18.452.648 Erros Inatos do Metabolismo .
C18.452.648.189 Encefalopatias Metabólicas Congênitas .
C18.452.648.189.435 Doenças por Armazenamento dos Lisossomos do Sistema Nervoso .
C18.452.648.189.435.590 Mucolipidoses .
C18.452.648.202 Erros Inatos do Metabolismo dos Carboidratos .
C18.452.648.202.670 Mucolipidoses .
C18.452.648.595 Doenças por Armazenamento dos Lisossomos .
C18.452.648.595.554 Doenças por Armazenamento dos Lisossomos do Sistema Nervoso .
C18.452.648.595.554.590 Mucolipidoses .
D05 Substâncias Macromoleculares .
D05.750 Polímeros .
D05.750.078 Biopolímeros .
D05.750.078.730 Proteínas dos Microfilamentos .
D05.750.078.730.475 Miosinas .
D05.750.078.730.475.470 Miosina Tipo I .
D08 Enzimas e Coenzimas .
D08.811 Enzimas .
D08.811.277 Hidrolases .
D08.811.277.040 Hidrolases Anidrido Ácido .
D08.811.277.040.025 Adenosina Trifosfatases .
D08.811.277.040.025.193 Proteínas Motores Moleculares .
D08.811.277.040.025.193.750 Miosinas .
D08.811.277.040.025.193.750.500 Miosina Tipo I .
D08.811.277.352 Esterases .
D08.811.277.352.335 Desoxirribonucleases .
D08.811.277.352.335.350 Endodesoxirribonucleases .
D08.811.277.352.335.350.250 Desoxirribonuclease I .
D08.811.913 Transferases .
D08.811.913.555 Transferases de Grupo de Um Carbono .
D08.811.913.555.500 Metiltransferases .
D08.811.913.555.500.800 Metiltransferases de Proteína .
D08.811.913.555.500.800.750 Proteína-Arginina N-Metiltransferases .
D12 Aminoácidos, Peptídeos e Proteínas .
D12.644 Peptídeos .
D12.644.360 Peptídeos e Proteínas de Sinalização Intracelular .
D12.644.360.420 Proteínas Quimiotáticas Aceptoras de Metil .
D12.776 Proteínas .
D12.776.097 Proteínas de Bactérias .
D12.776.097.533 Proteínas Quimiotáticas Aceptoras de Metil .
D12.776.210 Proteínas Contráteis .
D12.776.210.500 Proteínas Musculares .
D12.776.210.500.600 Miosinas .
D12.776.210.500.600.465 Miosina Tipo I .
D12.776.220 Proteínas do Citoesqueleto .
D12.776.220.525 Proteínas dos Microfilamentos .
D12.776.220.525.475 Miosinas .
D12.776.220.525.475.470 Miosina Tipo I .
D12.776.476 Peptídeos e Proteínas de Sinalização Intracelular .
D12.776.476.420 Proteínas Quimiotáticas Aceptoras de Metil .
D12.776.543 Proteínas de Membrana .
D12.776.543.750 Receptores de Superfície Celular .
D12.776.543.750.054 Proteínas Quimiotáticas Aceptoras de Metil .
D13 Ácidos Nucleicos, Nucleotídeos e Nucleosídeos .
D13.444 Ácidos Nucleicos .
D13.444.735 RNA 12333 .
D13.444.735.757 RNA de Transferência .
D13.444.735.757.700 RNA de Transferência Aminoácido-Específico .
D13.444.735.757.700.525 RNA de Transferência de Metionina .
G03 Metabolismo .
G03.171 Biotransformação .
G03.171.450 Inativação Metabólica .
G03.171.450.500 Desentoxicação Metabólica Fase I .
G03.787 Farmacocinética .
G03.787.225 Biotransformação .
G03.787.225.450 Inativação Metabólica .
G03.787.225.450.500 Desentoxicação Metabólica Fase I .
G07 Fenômenos Fisiológicos .
G07.690 Fenômenos Farmacológicos e Toxicológicos .
G07.690.725 Farmacocinética .
G07.690.725.225 Biotransformação .
G07.690.725.225.450 Inativação Metabólica .
G07.690.725.225.450.500 Desentoxicação Metabólica Fase I .
 
 Termos
 Sinônimos e Históricos
Documentos
LILACS e MDL
 
Doenças Metabólicas .
Tesaurismose .
Termo genérico para doenças causadas por um processo metabólico anormal. Pode ser congênito devido à anormalidade enzimática herdada (ERROS INATOS DO METABOLISMO) ou adquirido devido à doença de um órgão endócrino ou insuficiência de um órgão metabolicamente importante tal como o fígado. .
0.45
4449686
 
Proteína-Arginina N-Metiltransferases .
Proteína Arginina Metiltransferase .
Proteína-Arginina N-Metiltransferase .
Proteína Metilase I .
Proteína Metiltransferase I .
Enzimas que catalisam a metilação de resíduos de arginina das proteínas, originando N-mono- e N,N-dimetilarginina. Esta enzima é encontrada em muitos órgãos, principalmente cérebro e baço. .
0.45
01244
 
Mucolipidoses .
Doença da Célula I .
Lipomucopolissacaridose .
Polidistrofia de Pseudo-Hurler .
Síndrome de Mioclonia com Manchas Vermelho-Cereja .
Doença da Deficiência de Gangliosídeo Sialidase .
Mucolipidose .
Sialidose .
Síndrome de Mioclonia com Mancha Vermelho-Cereja .
DOENÇA DA DEFICIÊNCIA DE GANGLIOSÍDIO SIALIDASE .
DOENÇA DA CÉLULA-I .
Grupo de doenças metabólicas hereditárias caracterizadas pelo acúmulo de quantidades excessivas de mucopolissacarídeos ácidos, esfingolípideos e/ou glicolipídeos nas células viscerais e mesenquimais. Quantidades anormais de esfingolipídeos e glicolipídeos estão presentes no tecido neural. DEFICIÊNCIA INTELECTUAL e mudanças esqueléticas, notadamente disostose multiplex, ocorrem frequentemente. .
0.42
11967
 
RNA de Transferência de Metionina .
tRNA Iniciador .
tRNA Metionina Específico .
tRNAm Metionina Específica .
RNA de Transferência Iniciador .
tRNA(m)Met .
tRNAMet .
tRNA(f)Met .
tRNA(i)Met .
RNA de transferência específico para transportar metionina aos sítios nos ribossomos. Durante o início da síntese proteica, o RNA de transferência (f)Met em células procarióticas e RNA de transferência (i)Met em células eucarióticas liga-se ao códon iniciador (CÓDON DE INICIAÇÃO). .
0.41
1952
 
Doenças do Nervo Olfatório .
Doenças do I Nervo Craniano .
Doenças do I Par Craniano .
Doenças do Primeiro Nervo Craniano .
Doenças do primeiro nervo craniano (olfatório), normalmente caracterizadas por anosmia ou outras alterações dos sentidos de odor e sabor. A anosmia pode estar associada com NEOPLASIAS, INFECÇÕES DO SISTEMA NERVOSO CENTRAL, TRAUMA CRANIOCEREBRAL, transtornos hereditárias, toxinas, DOENÇAS METABÓLICAS, abuso por tabaco e outras afecções. .
0.41
534
 
Proteínas Quimiotáticas Aceptoras de Metil .
MACP-I .
MACP-II .
Proteína Quimiotática 1 Aceptora de Metil .
Proteína Quimiotática 2 Aceptora de Metil .
Proteína Quimiotática 3 Aceptora de Metil .
Proteína Quimiotática I Aceptora de Metil .
Proteína Quimiotática II Aceptora de Metil .
Proteína Quimiotática III Aceptora de Metil .
Proteína Quimiotática 1 Aceitadora de Metil .
Proteína Quimiotática 2 Aceitadora de Metil .
Proteína Quimiotática 3 Aceitadora de Metil .
Proteína Quimiotática I Aceitadora de Metil .
Proteína Quimiotática II Aceitadora de Metil .
Proteína Quimiotática III Aceitadora de Metil .
Proteínas Quimiotáticas Aceitadoras de Metil .
Proteínas Quimiotáticas de Aceitação de Metil .
Proteínas transmembrana sensitivas receptoras que são componentes centrais de sistemas quimiotáticos de várias espécies de bactérias móveis que incluem ESCHERICHIA COLI e SALMONELLA TYPHIMURIUM. Proteínas quimiotáticas aceptoras de metil devem o seu nome ao processo de adaptação sensorial que envolve a metilação em vários resíduos de glutamil no seu domínio citoplasmático. As proteínas quimiotáticas aceptoras de metil desencadeiam respostas quimiotáticas através de gradientes químicos espaciais, fazendo com que os organismos se movam ao encontro de estímulos favoráveis ou contra estímulos tóxicos. .
0.40
0882
 
Desoxirribonuclease I .
DNase I .
Estreptodornase .
Enzima capaz de hidrolisar o DNA altamente polimerizado rompendo as ligações fosfodiéster, preferencialmente as adjacentes a um nucleotídeo de pirimidina. Catalisa a clivagem endonucleolítica do DNA fornecendo os produtos finais 5'-fosfodi- e oligonucleotídeo. A enzima tem preferência por DNA de fita dupla. .
0.40
106589
 
Desentoxicação Metabólica Fase I .
Fase I da Desentoxicação Metabólica .
Funcionalização de substâncias exógenas para prepará-las para a conjugação da DESINTOXICAÇÃO FASE II. As enzimas da fase I incluem as enzimas do CITOCROMO P450 e algumas OXIDOREDUCTASES. A indução excessiva da fase I em detrimento da desintoxicação fase II leva a um aumento dos níveis de RADICAIS LIVRES que podem induzir o CÂNCER e outros danos celulares. A indução ou antagonismo da desintoxicação fase I é a base de várias INTERAÇÕES MEDICAMENTOSAS. .
0.40
0351
 
Miosina Tipo I .
Miosina I .
Miosina Ia .
Miosina Ib .
Miosina Tipe I .
Subclasse de miosinas, geralmente encontrada associada com estruturas membranosas ricas em actina, como os filopódios. Os membros da família de miosina tipo I são ubiquamente expressos em eucariontes. As cadeias pesadas de miosina tipo I perderam a estrutura espiral formando as sequências em suas caudas, portanto não dimerizam. .
0.39
1348