serw-MX  [xml]  
 


    
 Categorias DeCS

B04 Vírus .
B04.123 Bacteriófagos .
B04.123.831 Fagos de Staphylococcus .
C01 Infecções Bacterianas e Micoses .
C01.252 Infecções Bacterianas .
C01.252.410 Infecções por Bactérias Gram-Positivas .
C01.252.410.868 Infecções Estafilocócicas .
D04 Compostos Policíclicos .
D04.345 Compostos Macrocíclicos .
D04.345.566 Peptídeos Cíclicos .
D04.345.566.802 Estreptograminas .
D04.345.566.802.875 Virginiamicina .
D08 Enzimas e Coenzimas .
D08.811 Enzimas .
D08.811.277 Hidrolases .
D08.811.277.352 Esterases .
D08.811.277.352.335 Desoxirribonucleases .
D08.811.277.352.335.350 Endodesoxirribonucleases .
D08.811.277.352.335.350.500 Nuclease do Micrococo .
D08.811.277.352.355 Endonucleases .
D08.811.277.352.355.325 Endodesoxirribonucleases .
D08.811.277.352.355.325.500 Nuclease do Micrococo .
D08.811.277.352.355.350 Endorribonucleases .
D08.811.277.352.355.350.500 Nuclease do Micrococo .
D08.811.277.352.700 Ribonucleases .
D08.811.277.352.700.350 Endorribonucleases .
D08.811.277.352.700.350.500 Nuclease do Micrococo .
D08.811.277.656 Peptídeo Hidrolases .
D08.811.277.656.300 Endopeptidases .
D08.811.277.656.300.174 Coagulase .
D08.811.277.656.300.760 Serina Endopeptidases .
D08.811.277.656.300.760.955 Venombina A .
D08.811.277.656.300.760.955.135 Batroxobina .
D08.811.277.656.959 Serina Proteases .
D08.811.277.656.959.350 Serina Endopeptidases .
D08.811.277.656.959.350.955 Venombina A .
D08.811.277.656.959.350.955.135 Batroxobina .
D12 Aminoácidos, Peptídeos e Proteínas .
D12.644 Peptídeos .
D12.644.641 Peptídeos Cíclicos .
D12.644.641.802 Estreptograminas .
D12.644.641.802.875 Virginiamicina .
D12.776 Proteínas .
D12.776.097 Proteínas de Bactérias .
D12.776.097.181 Coagulase .
D12.776.097.820 Proteína Estafilocócica A .
D20 Misturas Complexas .
D20.215 Produtos Biológicos .
D20.215.894 Vacinas .
D20.215.894.691 Toxoides .
D20.215.894.691.681 Toxoide Estafilocócico .
D20.888 Peçonhas .
D20.888.850 Venenos de Serpentes .
D20.888.850.960 Venenos de Víboras .
D20.888.850.960.200 Venenos de Crotalídeos .
D20.888.850.960.200.105 Batroxobina .
D23 Fatores Biológicos .
D23.050 Antígenos .
D23.050.161 Antígenos de Bactérias .
D23.050.161.821 Proteína Estafilocócica A .
D23.946 Toxinas Biológicas .
D23.946.833 Peçonhas .
D23.946.833.850 Venenos de Serpentes .
D23.946.833.850.960 Venenos de Víboras .
D23.946.833.850.960.200 Venenos de Crotalídeos .
D23.946.833.850.960.200.105 Batroxobina .
 
 Termos
 Sinônimos e Históricos
Documentos
LILACS e MDL
 
Coagulase .
Estafilocoagulase .
Fator Aglutinante Estafilococico .
Enzimas causadoras de coagulação no plasma, formando um complexo com a PROTROMBINA humana. Coagulases são produzidas por alguns STAPHYLOCOCCUS e YERSINIA PESTIS. Os estafilococos produzem dois tipos de coagulase: estafilocoagulase, uma coagulase livre que produz coagulação verdadeira do plasma, e fator estafilocócico de agregação, uma coagulase ligada à parede celular, que induz agregação de células em presença de fibrinogênio. .
1.00
1323127
 
Virginiamicina .
Estafilomicina .
ESTREPTOGRAMINA .
VIRGINIAMICINA FATOR S1 .
Complexo antibiótico polipeptídico cíclico do Streptomyces virginiae, S. Ioidensis, S. mitakaensis, S. pristina-spiralis, S. ostreogriseus e outros. Constituído por dois componentes principais, o virginiamicina fator M1 e o virginiamicina fator S1. É utilizada para tratar infecções por organismos Gram-positivos e como promotor do crescimento em bovinos, suínos e aves domésticas. .
0.55
91174
 
Nuclease do Micrococo .
Nuclease do Estafilococo .
Enzima que catalisa a clivagem endonucleolítica aos produtos finais 3'-fosfomononucleotídeo e 3'-fosfoligonucleotídeo. Pode causar hidrólise de fita dupla ou simples de DNA ou de RNA. EC 3.1.31.1. .
0.55
62544
 
Proteína Estafilocócica A .
Proteína A .
Proteína presente na parede celular de muitas linhagens de Staphylococcus aureus. A proteína liga-se seletivamente à região Fc da IMUNOGLOBULINA G humana normal e derivada de mieloma. Ela induz a atividade de anticorpo e pode causar reações de hipersensibilidade devido à liberação de histamina; também tem sido utilizada como marcador de antígeno de superfície celular e na avaliação clínica da função do linfócito B. .
0.52
234372
 
Fagos de Staphylococcus .
Fagos Estafilocócicos .
Vírus cujo hospedeiro é Staphylococcus. .
0.51
31323
 
Infecções Estafilocócicas .
Infecção por Staphylococcus aureus .
Infecção por Strep do Grupo A .
Infecção Streptocócica do Grupo A .
Infecções Streptocócicas do Grupo A .
Infecção por Strep do Grupo B .
Infecção Streptocócica do Grupo B .
Infecções Streptocócicas do Grupo B .
As infecções por bactérias do gênero STAPHYLOCOCCUS. .
0.50
 
Batroxobina .
Defibrol .
Hemocoagulase .
DEFIBRASE .
REPTILASE DEF .
REPTILASE .
Enzima proteolítica obtida do veneno de ferro-de-lança (Bothrops atrox). É usada como agente de coagulação plasmática para o fibrinogênio e para a detecção dos produtos de degradação do fibrinogênio. A presença de heparina não interfere com o teste de coagulação. A henocoagulase é uma mistura contendo batroxobina e o ativador do fator X. EC 3.4.21.-. .
0.49
0425
 
Toxoide Estafilocócico .
0.49
0445