serw-MX  [xml]  
 


    
 Categorias DeCS

C01 Infecções Bacterianas e Micoses .
C01.252 Infecções Bacterianas .
C01.252.354 Infecções Oculares Bacterianas .
C01.539 Infecção .
C01.539.375 Infecções Oculares .
C01.539.375.354 Infecções Oculares Bacterianas .
C11 Oftalmopatias .
C11.294 Infecções Oculares .
C11.294.354 Infecções Oculares Bacterianas .
D08 Enzimas e Coenzimas .
D08.811 Enzimas .
D08.811.277 Hidrolases .
D08.811.277.352 Esterases .
D08.811.277.352.335 Desoxirribonucleases .
D08.811.277.352.335.350 Endodesoxirribonucleases .
D08.811.277.352.335.350.250 Desoxirribonuclease I .
D08.811.399 Isomerases .
D08.811.399.403 DNA Topoisomerases .
D08.811.399.403.483 DNA Topoisomerases Tipo I .
D08.811.913 Transferases .
D08.811.913.696 Fosfotransferases .
D08.811.913.696.445 Nucleotidiltransferases .
D08.811.913.696.445.308 DNA Nucleotidiltransferases .
D08.811.913.696.445.308.300 DNA Polimerase Dirigida por DNA .
D08.811.913.696.445.308.300.225 DNA Polimerase I .
D12 Aminoácidos, Peptídeos e Proteínas .
D12.644 Peptídeos .
D12.644.276 Peptídeos e Proteínas de Sinalização Intercelular .
D12.644.276.937 Somatomedinas .
D12.644.276.937.400 Fator de Crescimento Insulin-Like I .
D12.776 Proteínas .
D12.776.124 Proteínas Sanguíneas .
D12.776.124.862 Somatomedinas .
D12.776.124.862.400 Fator de Crescimento Insulin-Like I .
D12.776.157 Proteínas de Transporte .
D12.776.157.125 Proteínas de Ligação ao Cálcio .
D12.776.157.125.050 Anexinas .
D12.776.157.125.050.100 Anexina A5 .
D12.776.157.687 Proteínas de Ligação a Poli-ADP-Ribose .
D12.776.157.687.375 DNA Topoisomerases Tipo I .
D12.776.467 Peptídeos e Proteínas de Sinalização Intercelular .
D12.776.467.937 Somatomedinas .
D12.776.467.937.400 Fator de Crescimento Insulin-Like I .
D12.776.660 Proteínas Nucleares .
D12.776.660.720 Proteínas de Ligação a Poli-ADP-Ribose .
D12.776.660.720.375 DNA Topoisomerases Tipo I .
D13 Ácidos Nucleicos, Nucleotídeos e Nucleosídeos .
D13.695 Nucleotídeos .
D13.695.578 Polinucleotídeos .
D13.695.578.550 Polirribonucleotídeos .
D13.695.578.550.650 Poli I .
D23 Fatores Biológicos .
D23.529 Peptídeos e Proteínas de Sinalização Intercelular .
D23.529.937 Somatomedinas .
D23.529.937.400 Fator de Crescimento Insulin-Like I .
SP4 Saúde Ambiental .
SP4.001 Saúde .
SP4.001.012 Doença Ambiental .
SP4.001.012.168 Infecções Bacterianas .
 
 Termos
 Sinônimos e Históricos
Documentos
LILACS e MDL
 
Infecções Bacterianas .
Doenças Bacterianas .
Doenças por Bactérias .
Infecções por Bactérias .
Infecções por bactérias, gerais ou inespecíficas. .
0.50
 
DNA Topoisomerases Tipo I .
Proteína de Quebra e Religação do DNA .
Proteína Nicking-Closing do DNA .
Enzima Relaxante do DNA .
Enzima de Relaxamento do DNA .
Proteína Relaxante do DNA .
Proteína de Relaxamento do DNA .
DNA Topoisomerase .
DNA Topoisomerase I .
Enzima Destorcedora do DNA .
Proteína Destorcedora do DNA .
Proteínas Destorcedoras do DNA .
Enzimas Destorcedoras do DNA .
DNA Topoisomerases Tipo I Eucarióticas .
DNA Topoisomerase I Eucariótica .
DNA Topoisomerases Tipo I Bacterianas .
Topoisomerase I Bacteriana .
DNA Topoisomerases Tipo I Arqueais .
DNA Topoisomerases Tipo I Archaeais .
PROTEÍNA QUE FECHA NICKS DO DNA .
PROTEÍNA ÔMEGA .
PROTEÍNA QUE FECHA "NICKS" DO DNA .
PROTEÍNA "NICKING-CLOSING" DO DNA .
DNA TOPOISOMERASE que catalisa a quebra, independente de ATP, de uma das duas fitas de DNA, seguida pela passagem da fita não quebrada através da quebra, e reajuntamento da fita quebrada. As enzimas DNA Topoisomerases Tipo I realiza reduzem o estresse topológico na estrutura do DNA através do relaxamento das voltas da super-hélice no DNA e dos anéis nodulares na hélice do DNA. .
0.48
124416
 
Fator de Crescimento Insulin-Like I .
Fator de Crescimento Semelhante à Insulina I .
Fator de Crescimento Insulina-Símile I .
Fator I de Crescimento Semelhante à Insulina .
Fator I de Crescimento Similar à Insulina .
Fator de Crescimento Similar à Insulina Tipo I .
IGF-I .
Somatomedina C .
Peptídeo básico bem caracterizado supostamente secretado pelo fígado e circula no sangue. Tem atividades reguladora de crescimento (similar à insulina) e mitogênica. Este fator de crescimento possui uma principal (mas não absoluta) dependência do HORMÔNIO DE CRESCIMENTO. Acredita-se ser ativa principalmente em adultos, em contraste com o FATOR DE CRESCIMENTO INSULIN-LIKE II, que é o principal fator de crescimento fetal. .
0.47
25431382
 
DNA Polimerase I .
DNA Polimerase I Dependente de DNA .
Pol I .
Fragmento Klenow .
DNA Polimerase alfa .
DNA polimerase dependente de DNA, caracterizada em procariotos, e que pode estar presente em organismos superiores. Tem tanto atividade de exonuclease 3'-5'quanto 5'-3', mas não pode usar o DNA de fita dupla nativo como molde-iniciador. Não é inibida por reagentes sulfidrílicos e é ativa tanto na síntese quanto no reparo do DNA. Ec 2.7.7.7. .
0.43
72958
 
Infecções Bacterianas e Micoses .
Infecções Bacterianas e Fúngicas .
Infecções Fúngicas e Bacterianas .
Micoses e Infecções Bacterianas .
Infecções por Bactérias e Fungos .
Infecções causadas por bactérias e fungos, gerais, específicas ou inespecíficas. .
0.43
19290
 
Desoxirribonuclease I .
DNase I .
Estreptodornase .
Enzima capaz de hidrolisar o DNA altamente polimerizado rompendo as ligações fosfodiéster, preferencialmente as adjacentes a um nucleotídeo de pirimidina. Catalisa a clivagem endonucleolítica do DNA fornecendo os produtos finais 5'-fosfodi- e oligonucleotídeo. A enzima tem preferência por DNA de fita dupla. .
0.43
106589
 
Anexina A5 .
Anexina V .
Proteína Anticoagulante I de Placenta .
Ancorina CII .
Calfobindina I .
Endonexina II .
Lipocortina V .
PAP-I .
Proteína da família anexina isolada da PLACENTA humana e outros tecidos. Inibe a FOSFOLIPASE A2 citosólica e demonstra atividade anticoagulante. .
0.42
54472
 
Poli I .
Inosina Polinucleotídeos .
Ácidos Poli-Inosínicos .
INOSINA POLINUCLEOTÍDIOS .
Grupo de ribonucleotídeos inosina nos quais os resíduos fosfato de cada ribonucleotídeo inosina atuam como pontes formando ligações diéster entre as moléculas de ribose. .
0.42
0266
 
Infecções Oculares Bacterianas .
Infecções Bacterianas do Olho .
As infecções no olho interno ou externo causadas por micro-organismos que pertencem a várias famílias de bactérias. Alguns dos gêneros mais frequentemente encontrados são Haemophilus, Neisseria, Staphylococcus, Streptococcus e Chlamydia. .
0.41