serw-MX  [xml]  
 


    
 Categorias DeCS

A02 Sistema Musculoesquelético .
A02.835 Esqueleto .
A02.835.232 Osso e Ossos .
A02.835.232.043 Ossos da Extremidade Inferior .
A02.835.232.043.825 Ossos Pélvicos .
A02.835.232.043.825.548 Ísquio .
C06 Doenças do Sistema Digestório .
C06.405 Gastroenteropatias .
C06.405.205 Gastroenterite .
C06.405.205.265 Colite .
C06.405.205.265.115 Colite Isquêmica .
C06.405.469 Enteropatias .
C06.405.469.158 Doenças do Colo .
C06.405.469.158.188 Colite .
C06.405.469.158.188.115 Colite Isquêmica .
C06.405.469.656 Isquemia Mesentérica .
C06.844 Doenças Peritoneais .
C06.844.460 Isquemia Mesentérica .
C10 Doenças do Sistema Nervoso .
C10.228 Doenças do Sistema Nervoso Central .
C10.228.140 Encefalopatias .
C10.228.140.300 Transtornos Cerebrovasculares .
C10.228.140.300.150 Isquemia Encefálica .
C14 Doenças Cardiovasculares .
C14.280 Cardiopatias .
C14.280.647 Isquemia Miocárdica .
C14.907 Doenças Vasculares .
C14.907.253 Transtornos Cerebrovasculares .
C14.907.253.092 Isquemia Encefálica .
C14.907.286 Colite Isquêmica .
C14.907.549 Isquemia Mesentérica .
C14.907.585 Isquemia Miocárdica .
C23 Condições Patológicas, Sinais e Sintomas .
C23.550 Processos Patológicos .
C23.550.513 Isquemia .
E04 Procedimentos Cirúrgicos Operatórios .
E04.936 Transplante .
E04.936.337 Isquemia Fria .
E04.936.932 Isquemia Quente .
E05 Técnicas de Pesquisa .
E05.760 Preservação Biológica .
E05.760.833 Preservação de Tecido .
E05.760.833.445 Isquemia Fria .
 
 Termos
 Sinônimos e Históricos
Documentos
LILACS e MDL
 
Isquemia .
Hipoperfusão do SANGUE através de um órgão (ou tecido) causado por uma CONSTRIÇÃO PATOLÓGICA, obstrução de seus VASOS SANGUÍNEOS ou ainda ausência de CIRCULAÇÃO SANGUÍNEA. .
1.00
98545560
 
Isquemia Quente .
Tecido ou órgão que permanece na temperatura fisiológica durante a diminuição da perfusão de SANGUE ou na ausência de suprimento sanguíneo. Durante o TRANSPLANTE DE ÓRGÃOS começa quando o órgão atinge a temperatura fisiológica antes da conclusão da ANASTOMOSE CIRÚRGICA e termina com o restabelecimento da CIRCULAÇÃO SANGUÍNEA no tecido. .
0.83
18905
 
Isquemia Fria .
Isquemia Induzida por Frio .
Esfriamento de um tecido ou órgão durante a diminuição da perfusão de SANGUE ou na ausência de suprimento sanguíneo. O tempo de isquemia fria durante o TRANSPLANTE DE ÓRGÃOS começa quando o órgão é resfriado com uma solução de perfusão fria após a OBTENÇÃO DE ÓRGÃOS para a cirurgia e termina quando o tecido atinge a temperatura fisiológica durante os procedimentos do implante. .
0.76
21727
 
Isquemia Encefálica .
Isquemia Cerebral .
Encefalopatia Isquêmica .
Redução localizada do fluxo sanguíneo em tecidos encefálicos, devido à obstrução arterial ou hipoperfusão sistêmica. Ocorre frequentemente em conjunto com a HIPÓXIA ENCEFÁLICA. A isquemia prolongada está associada com INFARTO ENCEFÁLICO. .
0.73
59143711
 
Isquemia Mesentérica .
Isquemia Arterial Mesentérica Oclusiva .
Isquemia Mesentérica não Oclusiva .
Trombose Aguda Arterial Mesentérica .
Trombose Aguda de Artéria Mesentérica .
Trombose Venosa Mesentérica .
Trombose de Veia Mesentérica .
Êmbolo Agudo Arterial Mesentérico .
Êmbolo Agudo na Artéria Mesentérica .
Lesão tecidual isquêmica produzida por perfusão insuficiente do tecido intestinal pela CIRCULAÇÃO ESPLÂNCNICA (isto é, ARTÉRIA CELÍACA, ARTÉRIA MESENTÉRICA SUPERIOR, ARTÉRIA MESENTÉRICA INFERIOR e VEIAS MESENTÉRICAS). Pode progredir a partir de ISQUEMIA, EDEMA e GANGRENA da parede do intestino para PERITONITE e falência cardiovascular. .
0.71
31573
 
Ísquio .
Ísquion .
Um dos três ossos que compõem o osso da coxa da cintura pélvica. Em tetrápodes, que é a parte da pélvis, que projecta para trás no lado ventral, e em primatas, que suporta o peso do animal sentado. .
0.71
16988
 
Colite Isquêmica .
Inflamação do COLO devido ISQUEMIA (colo) resultante de alterações na circulação sistêmica ou vasculatura local. .
0.70
35922
 
Isquemia Miocárdica .
Cardiopatia Isquêmica .
Doença Isquêmica do Coração .
Transtorno da função cardíaca causado por fluxo sanguíneo insuficiente ao tecido muscular do coração. A diminuição do fluxo sanguíneo pode ser devido ao estreitamento das artérias coronárias (DOENÇA DA ARTÉRIA CORONARIANA), à obstrução por um trombo (TROMBOSE CORONARIANA), ou menos comum, ao estreitamento difuso de arteríolas e outros vasos pequenos dentro do coração. A interrupção grave do suprimento sanguíneo ao tecido miocárdico pode resultar em necrose do músculo cardíaco (INFARTO DO MIOCÁRDIO). .
0.69
123835625