serw-MX  [xml]  
 


    
 Categorias DeCS

B01 Eucariotos .
B01.650 Plantas .
B01.650.940 Viridiplantae .
B01.650.940.800 Estreptófitas .
B01.650.940.800.575 Embriófitas .
B01.650.940.800.575.912 Traqueófitas .
B01.650.940.800.575.912.250 Magnoliopsida .
B01.650.940.800.575.912.250.350 Euphorbiaceae .
B01.650.940.800.575.912.250.350.650 Ricinus .
C10 Doenças do Sistema Nervoso .
C10.228 Doenças do Sistema Nervoso Central .
C10.228.140 Encefalopatias .
C10.228.140.300 Transtornos Cerebrovasculares .
C10.228.140.300.275 Doenças de Pequenos Vasos Cerebrais .
C10.228.140.300.275.249 CADASIL .
C10.228.140.300.400 Demência Vascular .
C10.228.140.300.400.203 CADASIL .
C10.228.140.300.510 Doenças Arteriais Intracranianas .
C10.228.140.300.510.200 Doenças Arteriais Cerebrais .
C10.228.140.300.510.200.175 CADASIL .
C10.228.140.380 Demência .
C10.228.140.380.230 Demência Vascular .
C10.228.140.380.230.124 CADASIL .
C14 Doenças Cardiovasculares .
C14.907 Doenças Vasculares .
C14.907.253 Transtornos Cerebrovasculares .
C14.907.253.329 Doenças de Pequenos Vasos Cerebrais .
C14.907.253.329.249 CADASIL .
C14.907.253.560 Doenças Arteriais Intracranianas .
C14.907.253.560.200 Doenças Arteriais Cerebrais .
C14.907.253.560.200.175 CADASIL .
C16 Doenças e Anormalidades Congênitas, Hereditárias e Neonatais .
C16.320 Doenças Genéticas Inatas .
C16.320.129 CADASIL .
C23 Condições Patológicas, Sinais e Sintomas .
C23.550 Processos Patológicos .
C23.550.260 Morte .
C23.550.260.224 Cadáver .
C23.550.260.224.617 Mudanças Depois da Morte .
C23.550.260.224.617.839 Rigor Mortis .
D02 Compostos Orgânicos .
D02.092 Aminas .
D02.092.211 Aminas Biogênicas .
D02.092.211.415 Poliaminas Biogênicas .
D02.092.211.415.261 Cadaverina .
D02.092.782 Poliaminas .
D02.092.782.258 Diaminas .
D02.092.782.258.174 Cadaverina .
D08 Enzimas e Coenzimas .
D08.811 Enzimas .
D08.811.277 Hidrolases .
D08.811.277.450 Glicosídeo Hidrolases .
D08.811.277.450.430 N-Glicosil Hidrolases .
D08.811.277.450.430.700 Proteínas Inativadoras de Ribossomos .
D08.811.277.450.430.700.750 Proteínas Inativadoras de Ribossomos Tipo 2 .
D08.811.277.450.430.700.750.666 Ricina .
D12 Aminoácidos, Peptídeos e Proteínas .
D12.776 Proteínas .
D12.776.034 Albuminas .
D12.776.034.756 Ricina .
D12.776.503 Lectinas .
D12.776.503.499 Lectinas de Plantas .
D12.776.503.499.937 Ricina .
D12.776.765 Proteínas de Plantas .
D12.776.765.678 Lectinas de Plantas .
D12.776.765.678.906 Proteínas Inativadoras de Ribossomos Tipo 2 .
D12.776.765.678.906.750 Ricina .
I01 Ciências Sociais .
I01.240 Demografia .
I01.240.205 Censos .
N01 Características da População .
N01.224 Demografia .
N01.224.175 Censos .
N06 Meio Ambiente e Saúde Pública .
N06.850 Saúde Pública .
N06.850.505 Medidas em Epidemiologia .
N06.850.505.400 Demografia .
N06.850.505.400.225 Censos .
SH1 Gestão de Ciência, Tecnologia e Inovação em Saúde .
SH1.010 Políticas e Cooperação em Ciência, Tecnologia e Inovação .
SH1.010.020 Cooperação Internacional .
SH1.010.020.060 Redes de Informação de Ciência e Tecnologia .
SH1.010.020.060.040 Rede de Indicadores de Ciência e Tecnologia Ibero-Americana e Interamericana .
SP3 Estudos Populacionais em Saúde Pública .
SP3.061 Demografia .
SP3.061.127 Armazenamento e Recuperação da Informação .
SP3.061.127.068 Censos .
SP4 Saúde Ambiental .
SP4.001 Saúde .
SP4.001.037 Desastres .
SP4.001.037.418 Saneamento em Desastres .
SP4.001.037.418.554 Cadáver .
SP4.011 Ciência .
SP4.011.127 Ciências Sociais .
SP4.011.127.413 Demografia .
SP4.011.127.413.629 Estatística como Assunto .
SP4.011.127.413.629.850 Censos .
SP4.031 Resíduos .
SP4.031.317 Resíduos Sólidos .
SP4.031.317.883 Resíduos Orgânicos .
SP4.031.317.883.509 Cadáver .
SP4.051 Aspectos Gerais .
SP4.051.482 Censos .
Z01 Localizações Geográficas .
Z01.107 Américas .
Z01.107.169 América Central .
Z01.107.169.238 Costa Rica .
 
 Termos
 Sinônimos e Históricos
Documentos
LILACS e MDL
 
Mudanças Depois da Morte .
Adipocera .
Algor da Morte .
Alterações Pós-Morte .
Alterações Post-Mortem .
Alterações Post Mortem .
Mudanças Após a Morte .
Mudanças Pós-Morte .
Mudanças Post Mortem .
Mudanças Post-Mortem .
Sangue Coagulado .
Lividez Cadavérica .
Livor da Morte .
Alterações fisiológicas que ocorrem nos corpos após a morte. .
0.79
406749
 
Cadáver .
Doador Cadáver .
Corpo morto, geralmente corpo humano. .
0.46
119235505
 
Rigor Mortis .
Rigidez Cadavérica .
Rigidez muscular que se desenvolve no cadáver normalmente entre 4 a 10 horas após a morte e dura 3 ou 4 dias. .
0.45
11256
 
Cadaverina .
Diamina de odor fétido formada pela descarboxilação bacteriana da lisina. .
0.42
11092
 
Costa Rica .
País na AMÉRICA CENTRAL que faz limites com o Mar do Caribe e o Oceano Pacífico Norte, entre a NICARÁGUA e o PANAMÁ. .
0.40
52873175
 
Ricina .
Lectina de Ricinus communis .
Lectina da Semente do Rícino .
Lectina da Semente da Mamona .
Lectina do Rícino .
LECTINA DA MAMONA .
Fototoxina proteica derivada das sementes de Ricinus communis, a planta do óleo de rícino. Aglutina células, é proteolítica e causa inflamação letal e hemorragia se ingerida. .
0.39
112697
 
Ricinus .
Carrapateira .
Mamona .
Mamoneira .
Planta do Óleo de Mamona .
Planta do Óleo de Rícino .
Rícino .
Ricinus africanus .
Gênero de plantas da família EUPHORBIACEAE. A semente de Ricinus communis é a SEMENTE DE RÍCINO que é fonte do ÓLEO DE MAMONA, RICINA e outras LECTINAS. .
0.38
 
CADASIL .
Arteriopatia cerebral, familiar mapeada no cromossomo 19q12 e caracterizada pela presença de depósitos granulares nas ARTÉRIAS CEREBRAIS pequenas, acarretando um derrame cerebral isquêmico, PARALISIA PSEUDOBULBAR e infartos múltiplos subcorticais (INFARTO CEREBRAL). CADASIL é um acrônimo de Arteriopatia Cerebral Autossômica Dominante com Infartos Subcorticais e Leucoencefalopatia. CADASIL se distingue da DOENÇA DE BINSWANGER pela presença de ENXAQUECA COM AURA e, de modo geral, pela ausência de antecedentes de HIPERTENSÃO arterial. (Tradução livre do original: Bradley et al, Neurology in Clinical Practice, 2000, p1146) .
0.35
14670
 
Censos .
Censo .
Censo Demográfico .
Censo de População .
Recenseamento .
Cadastro .
Cadastramento .
Cadastro de Profissionais .
Enumerações das populações que geralmente registra a identidade de todas as pessoas em cada local da moradia com idade ou data de nascimento, sexo, profissão, nacionalidade, estado civil, renda, relação com o chefe de família, informações sobre a residência, educação, grau de instrução, dados relacionados coma a saúde (por ex., invalidez permanente) etc. O censo ou "contagem de pessoas" é mencionado várias vezes no Velho Testamento. Entre os Romanos, os censos eram intimamente relacionados com a contagem das tropas antes e depois de uma batalha e provavelmente uma necessidade militar. (Tradução livre do original: Last, A Dictionary of Epidemiology, 3d ed; Garrison, An Introduction to the History of Medicine, 4th ed, p66, p119) Censo e lista ou catálogo estatístico que relaciona os nomes de pessoas ou coisas das propriedades imóveis rurais e urbanas. (Tradução livre do original: Diccionario de la Lengua Española edición electrónica, 2000) .
0.35
4382903
 
Rede de Indicadores de Ciência e Tecnologia Ibero-Americana e Interamericana .
RICYT .
A Rede de Indicadores de Ciência e Tecnologia - Ibero-Americana e Interamericana - (RICYT), da qual participam todos os países da América, junto com Espanha e Portugal, surgiu a partir de uma proposta do Primer Taller Iberoamericano sobre Indicadores de Ciencia y Tecnologia, realizado na Argentina no final de 1994. A RICYT foi adotada pelo Programa Iberoamericano de Ciencia y Tecnologia para o Desarrollo (CYTED) como rede ibero-americana e pela Organização dos Estados Americanos (OEA) como rede interamericana. Seu início efetivo se deu no final de abril de 1995. Atualmente, a principal mantenedora da rede é a Organización de Estados Iberoamericanos (OEI), através do Observatorio Iberoamericano de la Ciencia, la Tecnologia y la Sociedad, do Centro de Altos Estudios Universitarios (OEI/CAEU). Conta também com o apoio da Agencia Española de Cooperación Internacional para el Desarrollo (AECID). A RICYT participa como membro observador do Grupo NESTI, da Organización para la Cooperación y el Desarrollo Económico (OCDE). Assim mesmo, trabalha-se em conjunto com outros organismos internacionais, tais como o Instituto de Estatística da UNESCO, o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), a Comisión Económica para América Latina y el Caribe (CEPAL), a Secretaria Ejecutiva del Convenio Andrés Bello (SECAB), o Caribbean Council for Science and Technology (CCST) e a Comisión para el Desarrollo Científico y Tecnológico de Centro América y Panamá (CTCAP). (Tradução livre do original: http://www.ricyt.org/index.php?option=com_content&view=article&id=11&Itemid=9) .
0.35
10