serw-MX  [xml]  
 


    
 Categorias DeCS

D12 Aminoácidos, Peptídeos e Proteínas .
D12.776 Proteínas .
D12.776.467 Peptídeos e Proteínas de Sinalização Intercelular .
D12.776.467.150 Antígenos B7 .
D12.776.467.150.300 Antígeno B7-H1 .
D12.776.467.150.800 Proteína 2 Ligante de Morte Celular Programada 1 .
D12.776.543 Proteínas de Membrana .
D12.776.543.095 Antígenos B7 .
D12.776.543.095.300 Antígeno B7-H1 .
D12.776.543.095.800 Proteína 2 Ligante de Morte Celular Programada 1 .
D12.776.543.750 Receptores de Superfície Celular .
D12.776.543.750.690 Receptores de Morte Celular .
D12.776.543.750.705 Receptores Imunológicos .
D12.776.543.750.705.222 Receptores Coestimuladores e Inibidores de Linfócitos T .
D12.776.543.750.705.222.875 Receptor de Morte Celular Programada 1 .
D23 Fatores Biológicos .
D23.050 Antígenos .
D23.050.301 Antígenos de Superfície .
D23.050.301.264 Antígenos de Diferenciação .
D23.050.301.264.894 Antígenos de Diferenciação de Linfócitos T .
D23.050.301.264.894.790 Receptor de Morte Celular Programada 1 .
D23.050.301.285 Antígenos B7 .
D23.050.301.285.400 Antígeno B7-H1 .
D23.050.301.285.800 Proteína 2 Ligante de Morte Celular Programada 1 .
D23.101 Biomarcadores .
D23.101.100 Antígenos de Diferenciação .
D23.101.100.894 Antígenos de Diferenciação de Linfócitos T .
D23.101.100.894.790 Receptor de Morte Celular Programada 1 .
D23.529 Peptídeos e Proteínas de Sinalização Intercelular .
D23.529.168 Antígenos B7 .
D23.529.168.300 Antígeno B7-H1 .
D23.529.168.800 Proteína 2 Ligante de Morte Celular Programada 1 .
G04 Fenômenos Fisiológicos Celulares .
G04.146 Morte Celular .
G04.146.160 Apoptose .
 
 Termos
 Sinônimos e Históricos
Documentos
LILACS e MDL
 
Apoptose .
Morte Celular Programada .
Um dos mecanismos pelos quais ocorre a MORTE CELULAR (compare com NECROSE e AUTOFAGOCITOSE). A apoptose é o mecanismo responsável pela remoção fisiológica das células e parece ser intrinsecamente programada. É caracterizada por alterações morfológicas distintas no núcleo e no citoplasma, clivagem da cromatina em locais regularmente espaçados e clivagem endonucleolítica do DNA genômico (FRAGMENTAÇÃO DE DNA) em sítios internucleossômicos. Este modo de morte celular serve como um equilíbrio para a mitose no controle do tamanho dos tecidos animais e mediação nos processos patológicos associados com o crescimento tumoral. .
1.00
 
Receptor de Morte Celular Programada 1 .
Proteína de Morte Celular Programada 1 .
Receptor inibidor de LINFÓCITO T que possui especificidade para o ANTÍGENO CD274 e para a PROTEÍNA 2 LIGANTE DE MORTE CELULAR PROGRAMADA 1. A sinalização pelo receptor limita a proliferação da célula T e a síntese de INTERFERON GAMA. O receptor também pode desempenhar papel essencial na via reguladora que induz a TOLERÂNCIA PERIFÉRICA. .
0.82
82883
 
Morte Celular .
Término da capacidade celular para exercer funções vitais como o metabolismo, crescimento, reprodução, responsividade e adaptabilidade. .
0.77
21239730
 
Antígeno B7-H1 .
Proteína 1 Ligante de Morte Celular Programada 1 .
Antígeno CD274 .
Antígenos CD274 .
Ligante 1 de Morte Celular Programada 1 .
Proteína Imunitária Coestimuladora B7-H1 .
Proteína Imunitária Coestimuladora B7H1 .
Proteína Coestimuladora Imunitária B7-H1 .
Proteína Coestimuladora Imunitária B7H1 .
Proteína Coestimuladora da Resposta Imune B7-H1 .
Proteína Coestimuladora PD-L1 .
Antígeno inibitório B7 que possui os domínios de imunoglobulina dos tipos V e C2. Possui especificidade para o receptor de LINFÓCITOS T denominado RECEPTOR DE MORTE CELULAR PROGRAMADA 1 e fornece sinais negativos que controlam e inibem as respostas da célula T. É encontrado em níveis mais elevados em células tumorais, o que sugere seu papel potencial na EVASÃO TUMORAL. .
0.70
42269
 
Proteína 2 Ligante de Morte Celular Programada 1 .
Proteína 2 Ligante do Receptor Morte Celular Programada 1 .
Antígeno inibitório B7 que possui especificidade para o receptor de LINFÓCITOS T denominado RECEPTOR 1 MORTE CELULAR PROGRAMADA. Está intimamente relacionado ao antígeno CD274; entretanto, sua expressão é restrita às CÉLULAS DENDRÍTICAS e MACRÓFAGOS ativados. .
0.69
0336
 
Receptores de Morte Celular .
Receptores contendo Domínio de Morte .
Receptores com Domínio de Morte .
Receptores de Domínio de Morte .
Receptores de Domínios de Morte .
Receptores da Morte .
Receptores da Morte Celular .
Receptores de Morte .
Família de receptores da superfície celular que sinalizam por meio de um domínio conservado que se extende para o CITOPLASMA da célula. O domínio conservado é chamado de DOMÍNIO DE MORTE porque vários destes receptores estão envolvidos nas vias de sinalização da APOPTOSE. Várias PROTEÍNAS ADAPTADORAS DE SINALIZAÇÃO DE RECEPTORES DE DOMÍNIO DE MORTE podem se ligar a estes domínios dos receptores ativados e, por meio de uma complexa sequência de interações, ativar os mediadores apoptóticos, como as CASPASES. .
0.57
3609