serw-MX  [xml]  
 


    
 Categorias DeCS

A08 Sistema Nervoso .
A08.637 Neuroglia .
A08.637.500 Neurópilo .
A08.675 Neurônios .
A08.675.703 Neurópilo .
A11 Células .
A11.650 Neuroglia .
A11.650.500 Neurópilo .
A11.671 Neurônios .
A11.671.685 Neurópilo .
C04 Neoplasias .
C04.557 Neoplasias por Tipo Histológico .
C04.557.580 Neoplasias de Tecido Nervoso .
C04.557.580.600 Neoplasias da Bainha Neural .
C04.557.580.600.610 Neuroma .
D12 Aminoácidos, Peptídeos e Proteínas .
D12.644 Peptídeos .
D12.644.400 Neuropeptídeos .
D12.644.400.500 Neuropeptídeo Y .
D12.776 Proteínas .
D12.776.543 Proteínas de Membrana .
D12.776.543.750 Receptores de Superfície Celular .
D12.776.543.750.590 Neuropilinas .
D12.776.543.750.720 Receptores de Neurotransmissores .
D12.776.543.750.720.600 Receptores de Neuropeptídeos .
D12.776.543.750.750 Receptores de Peptídeos .
D12.776.543.750.750.555 Receptores de Neuropeptídeos .
D12.776.631 Proteínas do Tecido Nervoso .
D12.776.631.650 Neuropeptídeos .
D12.776.631.650.500 Neuropeptídeo Y .
F03 Transtornos Mentais .
F03.080 Transtornos de Ansiedade .
F03.080.550 Transtornos Neuróticos .
F03.650 Transtornos Neuróticos .
 
 Termos
 Sinônimos e Históricos
Documentos
LILACS e MDL
 
Neuropeptídeos .
NEUROPEPTÍDIOS .
Peptídeos liberados por NEURÔNIOS como mensageiros intracelulares. Muitos neuropeptídeos também são hormônios liberados por células não neuronais. .
0.69
7624491
 
Receptores de Neuropeptídeos .
RECEPTORES DE NEUROPEPTÍDIOS .
Receptores de superfície celular que se ligam especificamente a neuropeptídeos específicos com alta afinidade e desencadeiam alterações intracelulares influenciando o comportamento celular. Muitos neuropeptídeos também são hormônios fora do sistema nervoso. .
0.54
62495
 
Neuropeptídeo Y .
Peptídeo Imunorreativo Similar ao Neuropeptídeo Y .
NEUROPEPTÍDIO Y .
PEPTÍDIO IMUNOREATIVO SIMILAR AO NEUROPEPTÍDIO Y .
PEPTÍDIO IMUNOREATIVO SEMELHANTE AO NEUROPEPTÍDIO Y .
Peptídeo de 36 aminoácidos presente em diversos órgãos e neurônios noradrenérgicos simpáticos. Tem atividade vasoconstritora e natridiurética, regula o fluxo sanguíneo local, a secreção glandular e atividade do músculo liso. O peptídeo também estimula o comportamento de ingestão de líquidos e sólidos e influencia a secreção de hormônios pituitários. .
0.49
239771
 
Transtornos Neuróticos .
Neurose .
Psiconeurose .
Transtornos cujos sintomas trazem sofrimento para o indivíduo e são reconhecidos por ele como sendo inaceitáveis. As relações sociais podem ser imensamente afetadas, mas geralmente permanecem dentro de limites aceitáveis. O transtorno é relativamente duradouro e recorrente se não for tratado. .
0.48
32512085
 
Neuroma .
Tumor que cresce de um nervo ou é constituído principalmente de células nervosas e fibras nervosas. Muitas lesões antigamente chamadas neuromas atualmente recebem nomes mais específicos, tais como ganglioneuroma, neurilemoma ou neurofibroma. (Dorland, 28a ed) .
0.48
672255
 
Neurópilo .
Neuropilo .
Neuropilos .
Neurópilos .
Densa e intrincada rede de fibras nervosas amielínicas composta de processos gliais, fibrilas, terminais sinápticos, axônios e dendritos dispersos entre as células nervosas da substância cinzenta no sistema nervoso central. .
0.47
4929
 
Neuropilinas .
Neuropilina .
Neuropilinas são receptores de superfície celular de 140 KDa (presentes nos vertebrados) que se ligam às moléculas sinalizadoras neuronais durante o desenvolvimento neural, crescimento axonal e modula a angiogênese mediada por VEGF. A NEUROPILINA-1 e NEUROPILINA-2 diferem em suas especificidades de ligação e são distribuídas complementarmente em regiões do desenvolvimento do sistema nervoso. As neuropilinas são receptores para as SEMAFORINAS CLASSE 3 secretadas, bem como, para os fatores de crescimento das células vasculares endoteliais e podem formar hetero ou homodímeros. Também podem interagir sinergicamente com plexinas e com RECEPTORES DE VEGF para formar os complexos de receptores com afinidades e especificidades distintas. A especificidade de ligação da neuropilina é determinada por CUB e por domínios semelhantes aos fatores de coagulação na porção extracelular da molécula, enquanto que, o domínio MAM é essencial para a TRANSDUÇÃO DE SINAL. .
0.46
0188