serw-MX  [xml]  
 


    
 Categorias DeCS

B01 Eucariotos .
B01.050 Animais .
B01.050.150 Cordados .
B01.050.150.900 Vertebrados .
B01.050.150.900.248 Aves 1344 .
B01.050.150.900.248.050 Anseriformes .
B01.050.150.900.248.050.350 Gansos .
B01.050.150.900.248.617 Aves Domésticas .
B01.050.150.900.248.617.492 Gansos .
B01.650 Plantas .
B01.650.940 Viridiplantae .
B01.650.940.800 Estreptófitas .
B01.650.940.800.575 Embriófitas .
B01.650.940.800.575.912 Traqueófitas .
B01.650.940.800.575.912.250 Magnoliopsida .
B01.650.940.800.575.912.250.198 Caryophyllanae .
B01.650.940.800.575.912.250.198.500 Caryophyllales .
B01.650.940.800.575.912.250.198.500.100 Amaranthaceae .
B01.650.940.800.575.912.250.198.500.100.666 Chenopodium .
D08 Enzimas e Coenzimas .
D08.811 Enzimas .
D08.811.913 Transferases .
D08.811.913.696 Fosfotransferases .
D08.811.913.696.445 Nucleotidiltransferases .
D08.811.913.696.445.308 DNA Nucleotidiltransferases .
D08.811.913.696.445.308.300 DNA Polimerase Dirigida por DNA .
D08.811.913.696.445.308.300.225 DNA Polimerase I .
D08.811.913.696.620 Fosfotransferases (Aceptor do Grupo Álcool) .
D08.811.913.696.620.500 Fosfatidilinositol 3-Quinases .
D12 Aminoácidos, Peptídeos e Proteínas .
D12.776 Proteínas .
D12.776.157 Proteínas de Transporte .
D12.776.157.125 Proteínas de Ligação ao Cálcio .
D12.776.157.125.050 Anexinas .
D12.776.157.125.050.100 Anexina A5 .
D12.776.631 Proteínas do Tecido Nervoso .
D12.776.631.750 Sinapsinas .
D12.776.744 Fosfoproteínas .
D12.776.744.840 Sinapsinas .
D13 Ácidos Nucleicos, Nucleotídeos e Nucleosídeos .
D13.695 Nucleotídeos .
D13.695.578 Polinucleotídeos .
D13.695.578.550 Polirribonucleotídeos .
D13.695.578.550.650 Poli I .
F03 Transtornos Mentais .
F03.875 Transtornos Somatoformes .
F03.875.375 Transtornos Autoinduzidos .
G01 Fenômenos Físicos .
G01.249 Partículas Elementares .
G01.249.600 Mésons .
 
 Termos
 Sinônimos e Históricos
Documentos
LILACS e MDL
 
Gansos .
Ganso .
Qualquer das grandes aves aquáticas da ordem Anseriformes, especialmente as do gênero Anser (gansos cinzas) e Branta (gansos pretos). São maiores que patos, porém menores que cisnes, preferem ÁGUA DOCE e ocorrem principalmente no hemisfério norte. .
0.54
 
Chenopodium .
Vulvária .
Pé-de-Ganso .
Gênero de plantas da família CHENOPODIACEAE. .
0.47
3118
 
Mésons .
Mésons-mu .
Muons .
Mésons-pi .
Pions .
Partículas elementares de vida curta encontradas na radiação cósmica ou produzidas por desintegração nuclear. Sua massa está entre aquelas dos prótons e elétrons, podendo ser negativos, positivos ou neutros. Os mesons pi (píons) são mais pesados que os mesons mu (múons) e foram propostos para radioterapia do câncer porque sua captura e desintegração pela matéria produz uma radiação secundária poderosa, mas de vida curta. .
0.42
1170
 
DNA Polimerase I .
DNA Polimerase I Dependente de DNA .
Pol I .
Fragmento Klenow .
DNA Polimerase alfa .
DNA polimerase dependente de DNA, caracterizada em procariotos, e que pode estar presente em organismos superiores. Tem tanto atividade de exonuclease 3'-5'quanto 5'-3', mas não pode usar o DNA de fita dupla nativo como molde-iniciador. Não é inibida por reagentes sulfidrílicos e é ativa tanto na síntese quanto no reparo do DNA. Ec 2.7.7.7. .
0.40
72958
 
Anexina A5 .
Anexina V .
Proteína Anticoagulante I de Placenta .
Ancorina CII .
Calfobindina I .
Endonexina II .
Lipocortina V .
PAP-I .
Proteína da família anexina isolada da PLACENTA humana e outros tecidos. Inibe a FOSFOLIPASE A2 citosólica e demonstra atividade anticoagulante. .
0.39
 
Poli I .
Inosina Polinucleotídeos .
Ácidos Poli-Inosínicos .
INOSINA POLINUCLEOTÍDIOS .
Grupo de ribonucleotídeos inosina nos quais os resíduos fosfato de cada ribonucleotídeo inosina atuam como pontes formando ligações diéster entre as moléculas de ribose. .
0.39
0266
 
Sinapsinas .
Sinapsina I .
Sinapsina II .
Sinapsina III .
Proteína I .
Proteína III .
Família de proteínas associadas às vesículas sinápticas envolvidas na regulação de curto prazo da liberação de NEUROTRANSMISSORES. A sinapsina I, o membro predominante desta família, liga as VESÍCULAS SINÁPTICAS a FILAMENTOS DE ACTINA no terminal nervoso pré-sináptico. Essas interações são moduladas pela FOSFORILAÇÃO reversível da sinapsina I através de várias vias de transdução de sinal. A proteína também é um substrato para PROTEÍNAS QUINASES DEPENDENTES DE C-AMP e para PROTEÍNAS QUINASES DEPENDENTES DE CÁLCIO-CALMODULINA. Acredita-se que essas propriedades funcionais também sejam compartilhadas pela sinapsina II. .
0.38
01470
 
Transtornos Autoinduzidos .
Pseudodemência .
Pseudopsicose .
Síndrome de Ganser .
Transtornos Auto-Induzidos .
Transtornos caracterizados por sintomas físicos ou psicológicos que não são reais, genuínos ou naturais. .
0.37
371313
 
Fosfatidilinositol 3-Quinases .
PI-3 Quinase .
Fosfatidilinositol-3-OH Quinase .
PtdIns 3-Quinase .
Fosfotransferases que catalisam a conversão de 1-fosfatidilinositol a 1-fosfatidilinositol 3-fosfato. Muitos membros desta classe de enzimas estão envolvidos na TRANSDUÇÃO DE SINAL MEDIADA POR RECEPTOR e na regulação do transporte de vesículas na célula. As fosfatidilinositol 3-quinases têm sido classificadas de acordo com a especificidade do substrato e com o modo de ação na célula. .
0.37
1730744