serw-MX  [xml]  
 


    
 Categorias DeCS

B01 Eucariotos .
B01.050 Animais .
B01.050.500 Invertebrados .
B01.050.500.408 Equinodermos .
B01.050.500.408.560 Pepinos-do-Mar .
B01.050.500.408.560.700 Stichopus .
D02 Compostos Orgânicos .
D02.455 Hidrocarbonetos .
D02.455.426 Hidrocarbonetos Cíclicos .
D02.455.426.559 Hidrocarbonetos Aromáticos .
D02.455.426.559.847 Hidrocarbonetos Aromáticos Policíclicos .
D02.455.426.559.847.562 Naftacenos .
D02.455.426.559.847.562.050 Antraciclinas .
D02.455.426.559.847.562.050.650 Plicamicina .
D04 Compostos Policíclicos .
D04.615 Hidrocarbonetos Aromáticos Policíclicos .
D04.615.562 Naftacenos .
D04.615.562.050 Antraciclinas .
D04.615.562.050.650 Plicamicina .
D08 Enzimas e Coenzimas .
D08.811 Enzimas .
D08.811.913 Transferases .
D08.811.913.696 Fosfotransferases .
D08.811.913.696.445 Nucleotidiltransferases .
D08.811.913.696.445.308 DNA Nucleotidiltransferases .
D08.811.913.696.445.308.300 DNA Polimerase Dirigida por DNA .
D08.811.913.696.445.308.300.225 DNA Polimerase I .
D09 Carboidratos .
D09.408 Glicosídeos .
D09.408.051 Aminoglicosídeos .
D09.408.051.059 Antraciclinas .
D09.408.051.059.650 Plicamicina .
D12 Aminoácidos, Peptídeos e Proteínas .
D12.776 Proteínas .
D12.776.157 Proteínas de Transporte .
D12.776.157.125 Proteínas de Ligação ao Cálcio .
D12.776.157.125.050 Anexinas .
D12.776.157.125.050.100 Anexina A5 .
D12.776.157.464 Proteínas Associadas a Gotículas Lipídicas .
D12.776.157.464.500 Perilipinas .
D12.776.157.464.500.500 Perilipina-1 .
D12.776.157.464.500.875 Perilipina-3 .
D12.776.157.464.500.906 Perilipina-4 .
D12.776.631 Proteínas do Tecido Nervoso .
D12.776.631.750 Sinapsinas .
D12.776.744 Fosfoproteínas .
D12.776.744.840 Sinapsinas .
D13 Ácidos Nucleicos, Nucleotídeos e Nucleosídeos .
D13.695 Nucleotídeos .
D13.695.578 Polinucleotídeos .
D13.695.578.550 Polirribonucleotídeos .
D13.695.578.550.650 Poli I .
 
 Termos
 Sinônimos e Históricos
Documentos
LILACS e MDL
 
Plicamicina .
Ácido Aureólico .
Mitramicina .
Antibiótico tricíclico pentaglicosídico de linhagens de Streptomyces, que inibe a síntese de RNA e de proteínas, aderindo-se ao RNA. É usado como corante fluorescente e agente antineoplásico, especialmente em tumores ósseos e testiculares. A plicamicina também é usada para reduzir a hipercalcemia, especialmente aquela devida a doenças malignas. .
0.43
2905
 
DNA Polimerase I .
DNA Polimerase I Dependente de DNA .
Pol I .
Fragmento Klenow .
DNA Polimerase alfa .
DNA polimerase dependente de DNA, caracterizada em procariotos, e que pode estar presente em organismos superiores. Tem tanto atividade de exonuclease 3'-5'quanto 5'-3', mas não pode usar o DNA de fita dupla nativo como molde-iniciador. Não é inibida por reagentes sulfidrílicos e é ativa tanto na síntese quanto no reparo do DNA. Ec 2.7.7.7. .
0.42
72958
 
Perilipina-1 .
Perilipina .
Perilipina A .
Perilipina B .
Proteína PERI .
Proteína Perilipina .
Proteína Perilipina A .
Proteína Perilipina B .
Proteína Plin .
Proteína de gotículas lipídicas expressa principalmente por ADIPÓCITOS de TECIDO ADIPOSO BRANCO e do TECIDO ADIPOSO MARROM. Colocaliza-se com MACRÓFAGOS e CÉLULAS ESPUMOSAS de lesões ateroscleróticas e estabiliza as GOTÍCULAS LIPÍDICAS por meio da inibição da atividade da ESTEROL ESTERASE. Também pode proteger os TRIGLICERÍDEOS da hidrólise dentro da MEMBRANA PLASMÁTICA e modulam, assim, a atividade da colesterol ester hidrolase (ver ESTEROL ESTERASE). .
0.41
0454
 
Anexina A5 .
Anexina V .
Proteína Anticoagulante I de Placenta .
Ancorina CII .
Calfobindina I .
Endonexina II .
Lipocortina V .
PAP-I .
Proteína da família anexina isolada da PLACENTA humana e outros tecidos. Inibe a FOSFOLIPASE A2 citosólica e demonstra atividade anticoagulante. .
0.41
54472
 
Poli I .
Inosina Polinucleotídeos .
Ácidos Poli-Inosínicos .
INOSINA POLINUCLEOTÍDIOS .
Grupo de ribonucleotídeos inosina nos quais os resíduos fosfato de cada ribonucleotídeo inosina atuam como pontes formando ligações diéster entre as moléculas de ribose. .
0.41
0266
 
Perilipinas .
Proteínas PAT .
Proteínas Perilipina-Adipofilina-TIP47 .
Proteínas Perilipinas .
Proteínas PLIN .
Família de proteínas associadas a gotículas lipídicas de vertebrados e insetos. Consistem de um domínio PAT N terminal conservado (uma região em alfa hélice de aproximadamente 110 aminoácidos), uma região repetitiva de hendecâmeros e regiões hidrofóbicas de ligação a lipídeos ou feixes de 4 hélices perto de suas regiões C terminais. Perilipinas localizam-se transiente ou constitutivamente em GOTÍCULAS LIPÍDICAS nos ADIPÓCITOS e CÉLULAS ESPUMOSAS, especialmente em regiões adjacentes à MEMBRANA PLASMÁTICA e ao RETÍCULO ENDOPLASMÁTICO. São críticas para a síntese e homeostase de gotículas lipídicas, bem como para a regulação do metabolismo de lipídeos. Variações genéticas nas perilipinas têm sido associadas com ATEROSCLEROSE, OBESIDADE e DIABETES MELLITUS. .
0.40
19
 
Sinapsinas .
Sinapsina I .
Sinapsina II .
Sinapsina III .
Proteína I .
Proteína III .
Família de proteínas associadas às vesículas sinápticas envolvidas na regulação de curto prazo da liberação de NEUROTRANSMISSORES. A sinapsina I, o membro predominante desta família, liga as VESÍCULAS SINÁPTICAS a FILAMENTOS DE ACTINA no terminal nervoso pré-sináptico. Essas interações são moduladas pela FOSFORILAÇÃO reversível da sinapsina I através de várias vias de transdução de sinal. A proteína também é um substrato para PROTEÍNAS QUINASES DEPENDENTES DE C-AMP e para PROTEÍNAS QUINASES DEPENDENTES DE CÁLCIO-CALMODULINA. Acredita-se que essas propriedades funcionais também sejam compartilhadas pela sinapsina II. .
0.39
 
Stichopus .
Gênero de PEPINOS-DO-MAR (família Stichopodidae), grandes, epibentônicos, cultivados comercialmente no sudeste da Ásia para alimentação. .
0.39
0202
 
Perilipina-3 .
Perilipina 3 .
Proteína 1 de Ligação ao Receptor de Manose 6-Fosfato .
Proteína de Ligação ao Receptor de Manose 6-Fosfato de 47kDa .
Proteína de 47 kDa de Ligação ao MPR .
Proteína de 47kDa de Ligação ao Receptor de Manose 6-Fosfato .
Proteína de Ligação ao MPR de 47 kDa .
Proteína Perilipina 3 .
Proteína Placentária 17 .
Proteína PLIN3 .
Proteína TIP de 47 kDa .
Proteína TIP47 .
Proteína TIP47 de Seleção de Carga .
Perilipina que se localiza em GOTÍCULAS LIPÍDICAS, CITOPLASMA, ENDOSSOMOS e MEMBRANA PLASMÁTICA, especialmente em MACRÓFAGOS. Age como um transportador de ácidos graxos soltos às gotículas lipídicas promovendo, assim, sua biogênese e crescimento. Também é necessária no transporte do RECEPTOR DE MANOSE-6-FOSFATO (ver RECEPTOR IGF TIPO 2) dos endossomos até a REDE TRANS-GOLGI. Sua estrutura consiste de quatro feixes em hélice que interagem com a superfície hidrofóbica lipídica das gotículas. .
0.38
0122
 
Perilipina-4 .
Perilipina 4 .
Proteína Perilipina 4 .
Proteína Plin4 .
Proteína S3-12 .
Proteína perilipina caracterizada por uma grande região de repetição hendecâmera que forma cinco alfa hélices adjacentes. É expressa principalmente no TECIDO ADIPOSO BRANCO e ADIPÓCITOS em diferenciação, bem como no músculo esquelético e no coração. É solúvel no citoplasma mas se relocaliza na superfície das GOTÍCULAS LIPÍDICAS sob altas concentrações lipídicas. .
0.38
019