serw-MX  [xml]  
 


    
 Categorias DeCS

C15 Doenças Sanguíneas e Linfáticas .
C15.378 Doenças Hematológicas .
C15.378.100 Transtornos da Coagulação Sanguínea .
C15.378.100.100 Transtornos Herdados da Coagulação Sanguínea .
C15.378.100.100.335 Deficiência do Fator XIII .
C15.378.100.141 Transtornos de Proteínas de Coagulação .
C15.378.100.141.335 Deficiência do Fator XIII .
C15.378.463 Transtornos Hemorrágicos .
C15.378.463.335 Deficiência do Fator XIII .
C16 Doenças e Anormalidades Congênitas, Hereditárias e Neonatais .
C16.320 Doenças Genéticas Inatas .
C16.320.099 Transtornos Herdados da Coagulação Sanguínea .
C16.320.099.335 Deficiência do Fator XIII .
C23 Condições Patológicas, Sinais e Sintomas .
C23.550 Processos Patológicos .
C23.550.260 Morte .
C23.550.260.224 Cadáver .
C23.550.260.224.617 Mudanças Depois da Morte .
D08 Enzimas e Coenzimas .
D08.811 Enzimas .
D08.811.277 Hidrolases .
D08.811.277.656 Peptídeo Hidrolases .
D08.811.277.656.300 Endopeptidases .
D08.811.277.656.300.760 Serina Endopeptidases .
D08.811.277.656.300.760.955 Venombina A .
D08.811.277.656.300.760.955.135 Batroxobina .
D08.811.277.656.959 Serina Proteases .
D08.811.277.656.959.350 Serina Endopeptidases .
D08.811.277.656.959.350.955 Venombina A .
D08.811.277.656.959.350.955.135 Batroxobina .
D12 Aminoácidos, Peptídeos e Proteínas .
D12.776 Proteínas .
D12.776.124 Proteínas Sanguíneas .
D12.776.124.125 Fatores de Coagulação Sanguínea .
D20 Misturas Complexas .
D20.888 Peçonhas .
D20.888.850 Venenos de Serpentes .
D20.888.850.960 Venenos de Víboras .
D20.888.850.960.200 Venenos de Crotalídeos .
D20.888.850.960.200.105 Batroxobina .
D23 Fatores Biológicos .
D23.113 Inibidores dos Fatores de Coagulação Sanguínea .
D23.119 Fatores de Coagulação Sanguínea .
D23.946 Toxinas Biológicas .
D23.946.833 Peçonhas .
D23.946.833.850 Venenos de Serpentes .
D23.946.833.850.960 Venenos de Víboras .
D23.946.833.850.960.200 Venenos de Crotalídeos .
D23.946.833.850.960.200.105 Batroxobina .
D27 Ações Químicas e Utilizações .
D27.505 Ações Farmacológicas .
D27.505.519 Mecanismos Moleculares de Ação Farmacológica .
D27.505.519.421 Moduladores de Fibrina .
G09 Fenômenos Fisiológicos Circulatórios e Respiratórios .
G09.188 Fenômenos Fisiológicos Sanguíneos .
G09.188.390 Hemostasia .
G09.188.390.150 Coagulação Sanguínea .
 
 Termos
 Sinônimos e Históricos
Documentos
LILACS e MDL
 
Coagulação Sanguínea .
Coagulação .
Processo de interação dos FATORES DE COAGULAÇÃO SANGUÍNEA que resulta em um coágulo insolúvel da FIBRINA . .
0.68
37433517
 
Fatores de Coagulação Sanguínea .
Fatores de Coagulação .
Substâncias endógenas, usualmente proteínas, que estão envolvidas no processo de coagulação sanguínea. .
0.40
10612101
 
Inibidores dos Fatores de Coagulação Sanguínea .
Substâncias, geralmente endógenas, que agem como inibidores da coagulação sanguínea. Podem afetar uma ou várias enzimas ao longo do processo. Este grupo também inibe enzimas envolvidas em outros processos além da coagulação sanguínea, como os do sistema complemento, do sistema de enzimas fibrinolíticas, dos eritrócitos e das bactérias. .
0.40
 
Deficiência do Fator XIII .
Deficiência do Fator 13 .
Deficiência do Fator Treze .
Deficiência do FATOR XIII na coagulação sanguinea ou fator estabilizador de fibrina (FSF, FEF) que impede a formação de coágulo sanguíneo e resulta em uma diátese hemorrágica clínica. .
0.38
3593
 
Mudanças Depois da Morte .
Adipocera .
Algor da Morte .
Alterações Pós-Morte .
Alterações Post-Mortem .
Alterações Post Mortem .
Mudanças Após a Morte .
Mudanças Pós-Morte .
Mudanças Post Mortem .
Mudanças Post-Mortem .
Sangue Coagulado .
Lividez Cadavérica .
Livor da Morte .
Alterações fisiológicas que ocorrem nos corpos após a morte. .
0.38
406749
 
Moduladores de Fibrina .
Agentes Moduladores de Fibrina .
Substâncias que afetam a função da FIBRINA no processo de COAGULAÇÃO SANGUÍNEA. São utilizados como COAGULANTES no tratamento de HEMORRAGIA ou ANTICOAGULANTES em caso de TROMBOSE. .
0.37
21
 
Batroxobina .
Defibrol .
Hemocoagulase .
DEFIBRASE .
REPTILASE DEF .
REPTILASE .
Enzima proteolítica obtida do veneno de ferro-de-lança (Bothrops atrox). É usada como agente de coagulação plasmática para o fibrinogênio e para a detecção dos produtos de degradação do fibrinogênio. A presença de heparina não interfere com o teste de coagulação. A henocoagulase é uma mistura contendo batroxobina e o ativador do fator X. EC 3.4.21.-. .
0.37
0425
 
Transtornos de Proteínas de Coagulação .
Deficiências de Fator de Coagulação Sanguínea .
Transtornos trombóticos e hemorrágicos, resultantes de anormalidades ou deficiências de proteínas de coagulação. .
0.36
16248