serw-MX  [xml]  
 


    
 Categorias DeCS

D08 Enzimas e Coenzimas .
D08.811 Enzimas .
D08.811.277 Hidrolases .
D08.811.277.300 Enzimas Ativadoras do Complemento .
D08.811.277.656 Peptídeo Hidrolases .
D08.811.277.656.300 Endopeptidases .
D08.811.277.656.300.760 Serina Endopeptidases .
D08.811.277.656.300.760.210 Fator I do Complemento .
D08.811.277.656.959 Serina Proteases .
D08.811.277.656.959.350 Serina Endopeptidases .
D08.811.277.656.959.350.210 Fator I do Complemento .
D12 Aminoácidos, Peptídeos e Proteínas .
D12.776 Proteínas .
D12.776.124 Proteínas Sanguíneas .
D12.776.124.486 Imunoproteínas .
D12.776.124.486.274 Proteínas do Sistema Complemento .
D12.776.124.486.274.045 Enzimas Ativadoras do Complemento .
D12.776.124.486.274.920 Proteínas Inativadoras do Complemento .
D12.776.124.486.274.920.325 Proteínas Inativadoras do Complemento C3b .
D12.776.124.486.274.920.325.200 Fator H do Complemento .
D12.776.124.486.274.920.325.210 Fator I do Complemento .
D12.776.124.486.274.930 Complexo de Ataque à Membrana do Sistema Complemento .
D12.776.124.790 Soroglobulinas .
D12.776.124.790.223 beta-Globulinas .
D12.776.124.790.223.200 Fator H do Complemento .
D12.776.377 Globulinas .
D12.776.377.715 Soroglobulinas .
D12.776.377.715.182 beta-Globulinas .
D12.776.377.715.182.200 Fator H do Complemento .
G12 Fenômenos do Sistema Imunológico .
G12.274 Ativação do Complemento .
G12.274.698 Via Clássica do Complemento .
G12.274.849 Lectina de Ligação a Manose da Via do Complemento .
 
 Termos
 Sinônimos e Históricos
Documentos
LILACS e MDL
 
Proteínas do Sistema Complemento .
Proteínas do Complemento .
Proteínas do Sistema de Complemento .
Complemento .
Glicoproteínas séricas que participam da ATIVAÇÃO DO COMPLEMENTO, mecanismo de defesa do hospedeiro que gera o COMPLEXO DE ATAQUE À MEMBRANA DO SISTEMA COMPLEMENTO. Estão incluídas as glicoproteínas das diversas vias de ativação do complemento (VIA CLÁSSICA DO COMPLEMENTO, VIA ALTERNATIVA DO COMPLEMENTO e via de complemento de lectina). .
0.83
14923653
 
Enzimas Ativadoras do Complemento .
Enzimas do Sistema Complemento .
Enzimas Ativadoras do Sistema Complemento .
Enzimas que ativam uma ou mais PROTEÍNAS DO SISTEMA COMPLEMENTO, levando à formação do COMPLEXO DE ATAQUE À MEMBRANA DO SISTEMA COMPLEMENTO, uma importante resposta na defesa do hospedeiro. São enzimas de diversas vias de ATIVAÇÃO DO COMPLEMENTO. .
0.65
21273
 
Fator I do Complemento .
Fator do Complemento I .
Fator I do Sistema Complemento .
Serina proteinase plasmática que cliva as cadeias alfa do C3b e C4b na presença dos cofatores FATOR H DO COMPLEMENTO e proteína de ligação C-4, respectivamente. É uma glicoproteína de 66 kDa que converte C3b em C3b inativo (iC3b) seguido da liberação de dois fragmentos, C3c (150 kDa) e C3dg (41 kDa). Foi anteriormente denominada KAF, C3bINF, ou enzima inativadora de 3b. .
0.62
0257
 
Fator H do Complemento .
Fator H .
Fator do Complemento H .
Fator H do Sistema Complemento .
Importante regulador solúvel da VIA ALTERNATIVA DO COMPLEMENTO. É uma glicoproteína de 139 kDa expressa no fígado e secretada no sangue. Liga-se ao COMPLEMENTO C3 e torna o iC3b (complemento 3b inativado) susceptível à clivagem pelo FATOR I DO COMPLEMENTO. O fator H do complemento também inibe a associação do C3B com o FATOR B DO COMPLEMENTO, formando a pró-enzima C3bB e promovendo a dissociação de Bb do complexo C3bBb (C3 CONVERTASE DA VIA ALTERNATIVA DO COMPLEMENTO). .
0.60
62089
 
Via Clássica do Complemento .
Via Clássica do Sistema Complemento .
Via Clássica de Ativação do Complemento .
Ativação do complemento iniciada pela ligação do COMPLEMENTO C1 ao COMPLEXO ANTÍGENO-ANTICORPO na subunidade do COMPLEMENTO C1Q. Isto leva à ativação sequencial das subunidades COMPLEMENTO C1R e COMPLEMENTO C1S. O C1s ativado cliva o COMPLEMENTO C4 e o COMPLEMENTO C2 formando a C3 CONVERTASE (C4B2A) clássica ligada à membrana e a subsequente C5CONVERTASE (C4B2A3B), levando à clivagem do COMPLEMENTO C5 e à montagem do COMPLEXO DE ATAQUE À MEMBRANA DE COMPLEMENTO. .
0.60
191785
 
Lectina de Ligação a Manose da Via do Complemento .
Lectina Ligante de Manose da Via do Complemento .
Lectina Ligante de Manose do Sistema Complemento .
Via da Lectina do Complemento .
Via da Lectina do Sistema Complemento .
Lectina Ligante de Manose da Via de Ativação do Complemento .
Via da Lectina Ligante de Manose da Via de Ativação do Sistema Complemento .
Via do Complemento da Lectina Ligante de Manana .
Via do Complemento da Lectina de Ligação a Manana .
Via do Complemento da Lectina Ligante de Manose .
Via da Lectina Ligante de Manose do Complemento .
Via da Lectina Ligante de Manose do Sistema Complemento .
Via da Lectina Ligante de Manose de Ativação do Sistema Complemento .
Via do Complemento-Lectina .
Via do Complemento da Lectina .
Via da Lectina Ligante de Manose de Ativação do Complemento .
Via de Complemento de Lectina de Ligação a Manana .
Via de Complemento de Lectina Ligante de Manose .
Via de Complemento de Lectina .
Via de Complemento de Lectina Ligante de Manana .
Via de Complemento de Lectina de Ligação a Manose .
Via de Complemento de Lectina de Ligação a Manano .
Via de Complemento de Lectina Ligante de Manano .
Ativação do complemento desencadeada pela interação de POLISSACARÍDEOS microbianos com LECTINA DE LIGAÇÃO A MANOSE sérica, resultando na ativação das SERINA PROTEASES ASSOCIADAS A PROTEÍNA DE LIGAÇÃO A MANOSE. Da mesma forma que na via clássica, as MASPs clivam o COMPLEMENTO C4 e o COMPLEMENTO C2 para formar a C3 CONVERTASE (C4B2A) e, em seguida, a C5 CONVERTASE (C4B2A3B), resultando na clivagem do COMPLEMENTO C5 e agrupamento do COMPLEXO DE ATAQUE À MEMBRANA DO SISTEMA COMPLEMENTO. .
0.56
2293
 
Complexo de Ataque à Membrana do Sistema Complemento .
Complexo de Ataque à Membrana .
Complexo C5b-9 do Complemento .
Complexo de Ataque à Membrana de Complemento .
Produto da cascata de ATIVAÇÃO DO COMPLEMENTO, independente da via, que forma canais que atravessam a membrana, causando ruptura da MEMBRANA CELULAR da célula-alvo e lise celular. É formado pelo agrupamento sequencial dos componentes terminais do complemento (COMPLEMENTO C5B, COMPLEMENTO C6, COMPLEMENTO C7, COMPLEMENTO C8 e COMPLEMENTO C9) na membrana alvo. O complexo resultante C5b-8poli-C9 é o "complexo de ataque à membrana" ou MAC. .
0.55
81863