serw-MX  [xml]  
 


    
 Categorias DeCS

B01 Eucariotos .
B01.650 Plantas .
B01.650.940 Viridiplantae .
B01.650.940.800 Estreptófitas .
B01.650.940.800.575 Embriófitas .
B01.650.940.800.575.912 Traqueófitas .
B01.650.940.800.575.912.250 Magnoliopsida .
B01.650.940.800.575.912.250.198 Caryophyllanae .
B01.650.940.800.575.912.250.198.500 Caryophyllales .
B01.650.940.800.575.912.250.198.500.100 Amaranthaceae .
B01.650.940.800.575.912.250.198.500.100.666 Chenopodium .
B01.650.940.800.575.912.250.198.500.100.666.875 Chenopodium quinoa .
B01.650.940.800.575.912.250.456 Gentianales .
B01.650.940.800.575.912.250.456.937 Rubiaceae .
B01.650.940.800.575.912.250.456.937.250 Cinchona .
D02 Compostos Orgânicos .
D02.806 Quinonas .
D03 Compostos Heterocíclicos .
D03.132 Alcaloides .
D03.132.206 Alcaloides de Cinchona .
D03.132.206.636 Quinidina .
D03.132.206.719 Quinina .
D03.605 Compostos Heterocíclicos de Anel em Ponte .
D03.605.687 Quinuclidinas .
D03.605.687.637 Quinidina .
D03.605.687.762 Quinina .
D03.633 Compostos Heterocíclicos de Anéis Fundidos .
D03.633.100 Compostos Heterocíclicos com 2 Anéis .
D03.633.100.810 Quinolinas .
D03.633.100.810.699 Quinidina .
D03.633.100.810.762 Quinina .
D03.633.300 Compostos Heterocíclicos com 3 Anéis .
D03.633.300.046 Acridinas .
D03.633.300.046.250 Aminoacridinas .
D03.633.300.046.250.760 Quinacrina .
D08 Enzimas e Coenzimas .
D08.811 Enzimas .
D08.811.913 Transferases .
D08.811.913.696 Fosfotransferases .
HP4 Materia Medica .
HP4.018 Medicamento Homeopático .
HP4.018.189 Medicamento Homeopático C .
HP4.018.189.437 China officinalis .
 
 Termos
 Sinônimos e Históricos
Documentos
LILACS e MDL
 
Cinchona .
Casca Tanífera do Peru .
Quina .
Quina-do-Amazonas .
Gênero de árvores rubiáceas da América do Sul que produzem os tóxicos ALCALOIDES DE CINCHONA (suas cascas), QUININA, QUINIDINA, cinchonina, cinchonidina e outros que são utilizados para tratar MALÁRIA e ARRITMIAS CARDÍACAS. .
1.00
9221
 
Quinina .
Quinino .
Alcaloide extraído da casca da planta arbórea Cinchona. É usado como uma droga antimalárica, sendo o ingrediente ativo nos extratos da Cinchona usado para este fim desde antes de 1633. A quinina também é antipirética e analgésica e tem sido usada em preparações contra o resfriado comum com aquele propósito. Era de uso corrente como um agente amargo e flavorizante, e ainda é usada para o tratamento da babesiose. A quinina também é útil em alguns transtornos musculares, especialmente cãibras noturnas na perna e miotonia congênita, por causa dos seus efeitos diretos na membrana e nos canais de sódio do músculo. Os mecanismos dos seus efeitos antimaláricos não são bem compreendidos. .
0.86
705399
 
Fosfotransferases .
Transfosforilases .
ATP Fosfotransferases .
Quinases .
Cinases .
Grupo um tanto grande de enzimas, compreendendo não apenas aquelas que transferem fosfato, mas também difosfato, resíduos de nucleotídeos e outros. Também têm sido subdivididas de acordo com o grupo aceptor. EC 2.7. .
0.83
2613342
 
China officinalis .
Cinchona succirubra .
Quina Vermelha .
Quinquina .
Cinchona officinalis .
Quina Verdadeira .
Quina-Verdadeira .
Medicamento homeopático. Cinchona officinalis. Quina verdadeira. Abrev.: "chin.". Origem vegetal. Habitat original: Peru. Parte utilizada: casca. Nota: E.P.- Há estudo patogenético para esta substância. .
0.81
160
 
Chenopodium quinoa .
Quinoa .
Espécie de plantas (gênero Chenopodium) que são fonte de sementes comestíveis denominadas quinoa. Contém maquisterona A e outros ESTEROIDES (alguns deles apresentam atividade de ECDISTEROIDES sobre insetos). .
0.80
25234
 
Quinidina .
Isômero óptico da quinina, extraído da casca da árvore da CINCHONA e espécies similares de plantas. Este alcaloide deprime a excitabilidade dos músculos cardíaco e esquelético, bloqueando as correntes de sódio e de potássio através das membranas celulares. Prolonga os POTENCIAIS DE AÇÃO celulares, e diminui a automaticidade. A quinidina também bloqueia a neurotransmissão muscarínica e alfa-adrenérgica. .
0.75
405292
 
Quinacrina .
Mepacrina .
Derivado da acridina, anteriormente muito utilizado como antimalárico, mas superado pela cloroquina em anos recentes. Também tem sido utilizado como anti-helmíntico e no tratamento da giardíase e efusões malignas. É usado em experimentos de biologia celular como inibidor da fosfolipase A2. .
0.75
213001
 
Quinolinas .
0.74
6619073
 
Quinonas .
Anéis de hidrocarbonetos que contêm duas partes cetona em qualquer posição. Podem ser substituídos em qualquer posição exceto nos grupos cetonas. .
0.72
208357