serw-MX  [xml]  
 


    
 Categorias DeCS

B04 Vírus .
B04.613 Vírus Oncogênicos .
B04.613.807 Retroviridae .
B04.613.807.200 Deltaretrovirus .
B04.613.807.200.725 Vírus 1 Linfotrópico T de Primatas .
B04.613.807.200.725.750 Vírus 1 Linfotrópico T de Símios .
B04.613.807.805 Retrovirus dos Símios .
B04.613.807.805.851 Vírus 1 Linfotrópico T de Símios .
B04.820 Vírus de RNA .
B04.820.650 Retroviridae .
B04.820.650.200 Deltaretrovirus .
B04.820.650.200.725 Vírus 1 Linfotrópico T de Primatas .
B04.820.650.200.725.755 Vírus 1 Linfotrópico T de Símios .
B04.820.650.805 Retrovirus dos Símios .
B04.820.650.805.851 Vírus 1 Linfotrópico T de Símios .
D08 Enzimas e Coenzimas .
D08.811 Enzimas .
D08.811.913 Transferases .
D08.811.913.696 Fosfotransferases .
D08.811.913.696.445 Nucleotidiltransferases .
D08.811.913.696.445.308 DNA Nucleotidiltransferases .
D08.811.913.696.445.308.300 DNA Polimerase Dirigida por DNA .
D08.811.913.696.445.308.300.225 DNA Polimerase I .
D12 Aminoácidos, Peptídeos e Proteínas .
D12.776 Proteínas .
D12.776.157 Proteínas de Transporte .
D12.776.157.125 Proteínas de Ligação ao Cálcio .
D12.776.157.125.050 Anexinas .
D12.776.157.125.050.100 Anexina A5 .
D12.776.631 Proteínas do Tecido Nervoso .
D12.776.631.750 Sinapsinas .
D12.776.744 Fosfoproteínas .
D12.776.744.840 Sinapsinas .
SP2 Atenção à Saúde .
SP2.031 Serviços de Saúde .
SP2.031.327 Serviços de Vigilância Sanitária .
SP9 Direito Sanitário .
SP9.160 Seguridade Social .
SP9.160.030 Sistema Único de Saúde .
SP9.160.030.030 Vigilância Sanitária .
VS1 Sistema de Vigilância Sanitária .
VS2 Vigilância Sanitária de Produtos .
VS2.004 Controle e Fiscalização de Saneantes .
VS3 Vigilância Sanitária de Serviços de Saúde .
 
 Termos
 Sinônimos e Históricos
Documentos
LILACS e MDL
 
Serviços de Vigilância Sanitária .
Serviços de monitoramento da qualidade de bens, produtos, serviços, procedimentos e atividades de interesse da saúde, do meio ambiente e ambiente do trabalho, organizados em cinco núcleos, que correspondem às áreas análogas, a saber: alimentos, meio ambiente, medicamentos, saúde do trabalhador e serviços de saúde. .
0.47
260
 
Vigilância Sanitária de Serviços de Saúde .
Controle e fiscalização dos serviços de saúde, visando controlar o funcionamento dos serviços, a prestação de serviços, os riscos físicos, químicos, biológicos e iatrogenias, e assegurar o exercício de boas práticas na atenção à saúde dos pacientes. .
0.46
290
 
Vigilância Sanitária .
Polícia Sanitária .
Controle Sanitário .
Entidade de Vigilância Sanitária Competente .
Plano Diretor de Vigilância Sanitária .
Conjunto de ações que permite reunir a informação indispensável para conhecer o comportamento ou a história natural das doenças, bem como detectar ou prever alterações de seus fatores condicionantes, com o fim de recomendar as medidas indicadas e eficientes que levem à prevenção e ao controle de determinados agravos (Lei 8.080, 19 de Setembro de 1990, Brasil). .
0.40
18190
 
Controle e Fiscalização de Saneantes .
Controle Sanitário de Saneantes .
Vigilância de Saneantes .
Controle e fiscalização dos processos referentes ao registro, produção, distribuição e comercialização dos produtos saneantes utilizados no tratamento da água, higienização e desinfecção, a fim de garantir a identidade, eficácia, qualidade e segurança apropriadas para o uso pretendido e requerido pelo registro. .
0.39
20
 
Sinapsinas .
Sinapsina I .
Sinapsina II .
Sinapsina III .
Proteína I .
Proteína III .
Família de proteínas associadas às vesículas sinápticas envolvidas na regulação de curto prazo da liberação de NEUROTRANSMISSORES. A sinapsina I, o membro predominante desta família, liga as VESÍCULAS SINÁPTICAS a FILAMENTOS DE ACTINA no terminal nervoso pré-sináptico. Essas interações são moduladas pela FOSFORILAÇÃO reversível da sinapsina I através de várias vias de transdução de sinal. A proteína também é um substrato para PROTEÍNAS QUINASES DEPENDENTES DE C-AMP e para PROTEÍNAS QUINASES DEPENDENTES DE CÁLCIO-CALMODULINA. Acredita-se que essas propriedades funcionais também sejam compartilhadas pela sinapsina II. .
0.38
01470
 
DNA Polimerase I .
DNA Polimerase I Dependente de DNA .
Pol I .
Fragmento Klenow .
DNA Polimerase alfa .
DNA polimerase dependente de DNA, caracterizada em procariotos, e que pode estar presente em organismos superiores. Tem tanto atividade de exonuclease 3'-5'quanto 5'-3', mas não pode usar o DNA de fita dupla nativo como molde-iniciador. Não é inibida por reagentes sulfidrílicos e é ativa tanto na síntese quanto no reparo do DNA. Ec 2.7.7.7. .
0.38
72958
 
Sistema de Vigilância Sanitária .
Compreende o conjunto de instituições, políticas e métodos que formam a estrutura organizacional-administrativa da área governamental de vigilância sanitária. .
0.37
250
 
Vigilância Sanitária de Produtos .
Refere-se ao controle e fiscalização de bens de consumo, que se relacionam direta ou indiretamente com a saúde, considerando todas as etapas e processos que envolvem a produção, armazenamento, circulação, transporte, comercialização e consumo, incluindo matérias-primas, coadjuvantes de tecnologias e equipamentos. .
0.37
220
 
Vírus 1 Linfotrópico T de Símios .
Vírus Linfotrópico de Células T dos Símios Tipo 1 .
Vírus Tipo I Linfotrópico-T dos Símios .
STLV-1 .
STLV-I .
Vírus Tipo I Linfotrópico T dos Símios .
Vírus 1 Linfotrópico T dos Símios .
STLV 19769 .
VÍRUS TIPO I T-LINFOTRÓPICO DOS SÍMIOS .
Espécie de VÍRUS T-LINFOTRÓPICO 2 DE PRIMATAS que é proximamente relacionado ao vírus HTLV-I humano. As características clínicas, hematológicas e histopatológicas da doença em macacos infectados por STLV são bastante similares às de leucemia de células T humana adulta. Os subgrupos incluem o subtipo do macaco verde africano (STLV-I-AGM), cuja sequência de nucleotídeos é 95 por cento homóloga com a do vírus HTLV-I, e o subtipo de macaco rhesus asiático (STLV-I-MM), cuja sequência de nucleotídeos é 90 por cento homóloga com a do VÍRUS 1 LINFOTRÓPICO T HUMANO. .
0.37
2180
 
Anexina A5 .
Anexina V .
Proteína Anticoagulante I de Placenta .
Ancorina CII .
Calfobindina I .
Endonexina II .
Lipocortina V .
PAP-I .
Proteína da família anexina isolada da PLACENTA humana e outros tecidos. Inibe a FOSFOLIPASE A2 citosólica e demonstra atividade anticoagulante. .
0.37
54472